7 maneiras de fugir das distrações e ser mais focado no home office

mapodile/ Getty Images
mapodile/ Getty Images

Trabalhar em atividades similares simultaneamente ajuda a preservar o foco e a atenção

Um dos meus clientes está procurando emprego. Como muitos outros, ele tem um negócio que dá algum lucro, mas insuficiente para substituir um trabalho em tempo integral. Então, ele está tentando tocar seu negócio, fazendo consultorias e procurando um emprego. Tudo ao mesmo tempo. Além disso, sua esposa também está passando por uma transição de carreira. Com isso, os dois estão tentando balancear suas atividades profissionais, enquanto trabalham em home office.

Mesmo que as especificidades de sua carreira e de seu ambiente de trabalho sejam diferentes das do meu cliente, você provavelmente entende muito bem essa enxurrada de atividades que ele enfrenta ao mesmo tempo. A cada dia, mais uma miscelânea de tarefas a serem realizadas aparecem, com vários objetivos, cada um exigindo mais tempo e atenção que o outro.

LEIA MAIS: 7 dicas para ter sucesso em um trabalho que você nunca fez antes

Então, como você pode ser produtivo quando tem tanto o que fazer?

Veja na galeria de imagens a seguir sete maneiras de controlar as distrações e se concentrar melhor no trabalho e na sua carreira:

  • 1.Setorize seus objetivos

    Você deve ter ouvido o conselho setorizar suas atividades –por exemplo, atender certas ligações e responder e-mails de uma vez em um momento específico ou cumprir certos objetivos em uma só vez. As atividades similares feitas em conjunto e de uma só vez, permitem que você ganhe impulso em uma determinada tarefa e evite trocar de foco novamente. Quando você alterna afazeres diferentes, tem de constantemente se reorientar, tanto em atenção como em energia –mesmo que pareça só alguns minutos, esse tempo pode afetá-lo com o passar do tempo.

    Da mesma forma, dedicar um dia ou bloco de tempo separado para cada grande meta, economiza os custos da mudança para cada atividade diferente. No caso do meu cliente, ele reservava dias e momentos específicos para trabalhar em seu negócio original, para buscar emprego e para cada cliente de consultoria. Ele também poderia destinar blocos de tempo de duas a três horas todos os dias para cada objetivo diferente. Fazer a mudança de foco em dias tem a vantagem de reduzir a perda de energia em geral, já que você passa o dia inteiro focado em apenas um de seus objetivos. No entanto, mudar durante o dia tem a vantagem de poder trabalhar em cada um de seus objetivos com mais frequência. E, para algo como procurar emprego, em que você deseja responder rapidamente a mensagens ou anúncios, é preferível distribuí-la por vários dias.

    Se você não tem certeza do que é melhor para você, tente as duas abordagens em um determinado período de tempo –digamos duas semanas cada– e observe em qual instância você é mais produtivo. Você também pode medir seu sucesso em quando se sentir mais energizado e capaz de manter um nível alto de concentração.

    mapodile/ Getty Images
  • 2. Defina métricas de sucesso e tenha um cronograma

    Tente ambas as abordagens durante duas semanas e meça os resultados por tarefas concluídas, nível de energia e capacidade de concentração. Isso é uma boa maneira de definir métricas de sucesso e ter um cronograma com antecedência. Você precisa de uma definição clara de sucesso e de prazos para se manter no caminho certo. Caso contrário, está simplesmente jogando seu tempo no lixo.

    Outro exemplo de métrica de sucesso e cronograma é estabelecer um lucro mensal a ser atingido ou conseguir um novo cliente antes que um projeto atual termine. E, para busca de emprego, pode ser identificar cinco novas empresas para mandar currículo ou agendar três reuniões com pessoas que estão bem conectadas sua área.

    Danilo Andjus/ Getty Images
  • 3. Tenha um botão de desligar

    Se você achar que está fora do caminho, deve dedicar mais tempo a esse objetivo e/ou mudar sua abordagem (não se esqueça de que isso significa que você terá que fazer ajustes em suas outras metas!). Mas a que ponto as coisas devem chegar para que você abandone totalmente uma meta?

    Tenha um botão de desligar –ou seja, definir quando você vai parar de fazer algo completamente– parece muito radical. No entanto, também pode ser libertador, porque você sempre pode decidir tentar novamente mais tarde ou reiniciar uma meta quando tiver uma nova ideia de como abordá-la. O objetivo do botão de desligar, é ter um bom resultado mesmo com inação ou ações improdutivas. Se você não tiver um botão de controle, então suas métricas de sucesso e/ou cronograma não estão claramente definidos.

    Simon Ritzmann/ Getty Images
  • 4. Expanda o que funciona

    Se, como meu cliente, você está fazendo malabarismos com várias atividades possíveis, ter um botão de desligar para cada um deles é fundamental pois, de certo modo, você precisará aumentar seus esforços nas atividades que estão tendo retorno. E o tempo, a energia e o foco nesses esforços aumentados precisam vir de algum lugar –ou seja, de seus outros objetivos. Se você está procurando ser freelancer e tem um emprego em tempo integral, você vai chegar a um ponto em que suas demandas de trabalho estarão aumentando e seus formulários de emprego não serão retornados a tempo. Aí sim, faz sentido redirecionar seus esforços para as atividades que estão demandando mais.

    Você precisa expandir o que funciona para gerar ainda mais resultados positivos. Concentrar-se no que está indo bem lhe dará uma melhor visão sobre como você pode aplicar suas habilidades e conhecimentos, e isso pode permitir que você defina uma abordagem mais acertada para seus outros objetivos.

    Sol Stock/ Getty Images
  • 5. Comprometa-se com pausas regulares e momentos de diversão

    Esteja você construindo uma carreira de sucesso ou ainda solucionando problemas diários da vida, você merece e se beneficiará de intervalos regulares e momentos de diversão não relacionados ao seu trabalho. Comprometa-se em descansar e em refrescar o cérebro, coloque atividades de descanso no calendário e até designe práticas específicas de como você se desconectará.

    Comprometa-se com pausas regulares e momentos divertidos desde o início de sua carreira. Mas não coloque o descanso em suas métricas de sucesso específicas. Você fará menos e, possivelmente, com qualidade inferior, se não fizer pausas regulares conscientes. Assim como você bloqueia dias ou períodos para objetivos ou atividades específicas, separe tempo em seu calendário para seus intervalos. Defina lembretes e alarmes. Se você escolheu as atividades com antecedência, digamos uma sessão de exercícios, tenha roupas e equipamentos disponíveis para tornar o lazer mais fácil possível.

    Klaus Vedfelt/ Getty Images
  • 6. Configure um sistema de responsabilidade

    Para tornar ainda mais provável que você cumprirá com seu lazer, você pode pedir que um amigo o acompanhe. Esse amigo é o seu “parceiro de responsabilidade” que vai garantir que você apareça. Você também pode ter um parceiro de responsabilidade para seus objetivos. Eles nem precisam ter os mesmos objetivos que você, apenas ajudar a checar suas responsabilidades. Vocês dois (ou mais) podem agendar uma ligação uma vez por semana para relatar o que cada um fez. Não querer participar de uma ligação por que não tem resultados pode ser o suficiente para mantê-lo focado em seu trabalho naquela semana.

    Outra forma de manter sua responsabilidade em dia é ter um treinador ou mentor que você contrata para mantê-lo no caminho certo. Definir lembretes em seu calendário ou e-mails futuros para chegar em sua caixa de entrada, perguntando o que você realizou é outra dica. O sistema de responsabilidade que você escolhe não importa. Se não tiver certeza, experimente abordagens diferentes até encontrar uma que funcione para você.

    FG Trade/ Getty Images
  • 7. Sincronize suas rotinas profissional e pessoal

    Mesmo que você chegue ao ponto em que não se distrai mais e consegue se concentrar no trabalho, ainda assim poderá ser interrompido por outras pessoas em sua casa ou no seu ambiente de trabalho. Nesta era de home office, há menos limites entre profissional e pessoal, então, se você não estabelecer um sistema, vai se distrair.

    Se você estiver em uma casa onde tem um cônjuge que trabalha e filhos, ou mais familiares ou amigos, fale explicitamente como você lidará com a sua programação, o seu espaço de trabalho e as interrupções inevitáveis. Não presuma que seus familiares ou colegas profissionais conheçam sua programação, seu estilo de trabalho ou sua nova rotina. Você precisa se sincronizar com as pessoas ao seu redor para garantir que todos possam trabalhar juntos em harmonia.

    Getty Images

1.Setorize seus objetivos

Você deve ter ouvido o conselho setorizar suas atividades –por exemplo, atender certas ligações e responder e-mails de uma vez em um momento específico ou cumprir certos objetivos em uma só vez. As atividades similares feitas em conjunto e de uma só vez, permitem que você ganhe impulso em uma determinada tarefa e evite trocar de foco novamente. Quando você alterna afazeres diferentes, tem de constantemente se reorientar, tanto em atenção como em energia –mesmo que pareça só alguns minutos, esse tempo pode afetá-lo com o passar do tempo.

Da mesma forma, dedicar um dia ou bloco de tempo separado para cada grande meta, economiza os custos da mudança para cada atividade diferente. No caso do meu cliente, ele reservava dias e momentos específicos para trabalhar em seu negócio original, para buscar emprego e para cada cliente de consultoria. Ele também poderia destinar blocos de tempo de duas a três horas todos os dias para cada objetivo diferente. Fazer a mudança de foco em dias tem a vantagem de reduzir a perda de energia em geral, já que você passa o dia inteiro focado em apenas um de seus objetivos. No entanto, mudar durante o dia tem a vantagem de poder trabalhar em cada um de seus objetivos com mais frequência. E, para algo como procurar emprego, em que você deseja responder rapidamente a mensagens ou anúncios, é preferível distribuí-la por vários dias.

Se você não tem certeza do que é melhor para você, tente as duas abordagens em um determinado período de tempo –digamos duas semanas cada– e observe em qual instância você é mais produtivo. Você também pode medir seu sucesso em quando se sentir mais energizado e capaz de manter um nível alto de concentração.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).