C-Suite: Nelmara Arbex é a nova líder de ESG da KPMG

Acompanhe também a movimentação de outros 50 executivos C-Level na última quinzena.

Maria Laura Saraiva
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Nova sócia e líder da KPMG: Nelmara Arbex fala sobre incorporação de normas sustentáveis nas operações do grupo

Acessibilidade


O C-Suite desta quinzena traz movimentações de executivos C-Level em várias áreas, com destaque para o setor alimentício. A International Meal Company, que detém os direitos do Frango Assado, Pizza Hut, KFC e Margaritaville, entre outras, nomeou o ex-presidente da rede Popeyes, Alexandre Santoro, como CEO Global. Já a BRF, empresa multinacional brasileira fruto da fusão entre Sadia e Perdigão, anunciou a chegada de Marcel Sacco como vice-presidente de novos negócios, área determinante para a estratégia de crescimento sustentável prevista pelo grupo em 2020.

Ainda no segmento alimentício, a Cargill Inc. contratou Jamie Miller como sua nova CFO. A norte-americana, formada em contabilidade pela Miami University em Oxford, atuava como CEO da GE Transportation. No mercado financeiro, Guilherme Benchimol anunciou que está deixando a liderança da XP para ocupar a posição de presidente do Conselho de Administração da corretora. Seu lugar será ocupado pelo administrador Thiago Maffra, que por mais de dois anos ocupou o cargo de diretor de tecnologia da investidora e acumula passagens pela Bulltick Capital Management e Souza Barros.

LEIA MAIS: C-Suite: Raphael Denadai é o novo presidente da SKY Brasil

Em tecnologia, o destaque vai para Laércio Albuquerque, novo vice-presidente da Cisco para América Latina. O executivo, que já liderava a empresa no Brasil, vai comandar as vendas do grupo na região, além de ajudar os clientes e parceiros na transformação digital.

Nesta edição, o C-Suite conversou com Nelmara Arbex, nova sócia e líder de ESG (sigla em inglês para meio ambiente, social e governança) da KPMG. Com 20 anos de experiência internacional, a executiva é doutora em física teórica pela Universidade de Marburg, Alemanha, e pós-graduada em negócios e sustentabilidade pela Universidade de Cambridge, Reino Unido.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Leia, a seguir, os planos de Nelmara para o comando da área de ESG da KPMG:

Forbes: Qual é a importância de incentivar regulamentações voltadas à prática ESG nas empresas?

Nelmara Arbex: Regulamentações servem para definir o mínimo esperado em termos de processos e performance da empresa. Nesse sentido, definir o que seria considerado minimamente esperado na gestão de aspectos sociais, ambientais e de governança é de grande importância para mantermos as empresas competitivas e resilientes, mais preparadas para operar e ser bem-sucedidas num contexto que muda constantemente. Isso vale para qualquer empresa, de qualquer setor ou tamanho, ainda que essa agenda tenha intensidade e cores diferentes em cada grupo. O mesmo aconteceu com o movimento pela qualidade décadas atrás, quando o que era minimamente esperado foi regulamentado.

F: Como argumentar com aqueles que encaram essas práticas como mais uma despesa em suas operações?

NA: Essa é uma forma arriscada de pensar. Hoje em dia, isso equivale a dizer que esses executivos consideram investir em qualidade um custo e, por isso, poderiam abrir mão disso. Um negócio com esse tipo de pensamento não vai longe, mesmo em tempos de crise. Perder a reputação durante uma crise não significa que será mais fácil recuperá-la depois. Além disso, estudos mostram que investimentos em gestão ESG, muitas vezes, levam a reduções de gastos e mitigação de penalidades e multas. Esses fatores têm sido os impulsionadores para muitas empresas no início dessa jornada da implementação de formas de gestão de aspectos ESG. Também sabemos que esses investimentos levam à entrada em mercados, acesso a capitais, atração e retenção de talentos. A associação da implementação de gestão de aspectos ESG com custos é limitante e arriscada.

F: Como está o mercado brasileiro atualmente no que diz respeito ao mindset e também à implementação na prática?

NA: Vamos começar pela liderança. Eu comecei a trabalhar com gestão responsável dos negócios no Brasil há cerca de 20 anos. Todos os setores empresariais e seus representantes, em algum momento, já se envolveram com esses temas. Com isso, quero dizer que a liderança – executivos e conselhos – conhece essa agenda. Não é um tema novo. Alguns líderes podem ter decidido, nos últimos anos, adiar a implementação de uma gestão robusta sobre os aspectos ESG, monitorar alguns indicadores somente para publicar um relatório ou para mitigar penalidades. Mas, sem dúvida, não é uma novidade.

Do ponto de vista da prática, temos, e teremos sempre, muito para fazer. Essa também difere se você pensar em empresas listadas na Bolsa, que atuam com business to consumer (B2C) ou pequeno porte, por exemplo. Elas têm se conectado a essa agenda por razões bem diferentes, como regulamentação específica, expectativas de investidores e de consumidores, participação em cadeias de negócio mais exigentes. Mas todos estão sendo empurrados na direção de terem algum tipo de gestão ESG, sejam empresas grandes e pequenas, sejam abertas ou familiares.

O mercado brasileiro está entendendo, nesse momento, que tem que se preparar para o próximo nível. Em muitos casos, as práticas atuais não são suficientes para que as empresas se mantenham competitivas e atraentes. Há um reconhecimento de que uma gestão robusta de aspectos ESG torna os negócios mais resilientes e competitivos, elementos fundamentais para o sucesso nos tempos atuais. Nessa nova fase que se iniciou nos últimos anos, vemos que será necessário estruturar, profissionalizar, digitalizar e inserir aspectos ESG no desenvolvimento e implementação da estratégia do negócio.

VEJA TAMBÉM: C-Suite: Marcella Novaes é a primeira mulher a ocupar o cargo de diretora na Agropalma

F: Quais suas expectativas para os primeiros seis meses como nova líder de ESG da KPMG?

NA: A minha decisão de me tornar sócia da KPMG com foco em gestão ESG foi tomada exatamente com o objetivo de movermos essa agenda e darmos um passo para um nível mais avançado. A KPMG está equipada e tem a intenção de continuar se aprimorando para fazer isso.

Temos a ambição de contribuir para a transformação dos negócios no país, para que estejam cada vez mais alinhados com um modelo de desenvolvimento que tem futuro. Um modelo que tem em sua base a economia circular e de baixo carbono, a inclusão econômico-social, a regeneração dos ecossistemas, a transparência e a inovação. Essa transformação passa, necessariamente, pela implementação de estratégias e práticas que estão conectadas com os aspectos ESG, de forma estruturada e, às vezes, inovadora.

Nos próximos seis meses, espero ter uma visão clara dos temas críticos para essa transformação das empresas nos vários setores. Vamos estar prontos para apoiá-las e motivá-las na construção dessa forma de fazer negócios com gosto de futuro.

Veja, abaixo, outras movimentações C-Level que ocorreram nos últimos 15 dias:

  • Lucas Vargas assume comando da Nomad

    A Nomad, fintech que oferece conta corrente internacional gratuita em banco norte-americano para brasileiros, anunciou a contratação de um novo CEO. Lucas Vargas, de 37 anos, ganhou destaque em 2020 no comando do Grupo Zap, startup do ramo imobiliário que foi adquirida por R$ 2,9 bilhões pela OLX. Agora, o executivo deixa a liderança do grupo para assumir a fintech. Graduado em administração de empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Lucas possui MBA executivo pela Harvard Business School.

    Reprodução
  • Fernando Ramirez chega à Biogen Brasil como novo diretor de acesso ao mercado

    A empresa de biotecnologia Biogen anunciou a chegada de Fernando Ramirez para ocupar a liderança do time de acesso ao mercado e relações governamentais. Formado em administração de empresas pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e mestre em empreendedorismo pela University of Wales/UK, o executivo já atuou nas farmacêuticas Sanofi, Janssen, Bristol, Chiesi, Pfizer e Roche.

    Divulgação
  • FC Nuvem anuncia Ivone Ivassaki como nova CXO

    A empresa FC Nuvem, empresa do Grupo FCamara especialista em transformação digital, contratou Ivone Ivassaki para o cargo de CXO – Chief Experience Officer. A executiva é a primeira C-Level mulher do grupo e será responsável por todas as áreas de operações e experiência do cliente, tendo a missão de criar uma nova jornada. Ivone tem passagens, em cargos de liderança, por empresas como Microsoft e IBM. Também atuou como head de delivery na Capgemini, onde foi responsável pelo projeto de cadastro de pessoas do Banco Bradesco. Graduada em tecnologia de processamento de dados pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo (Fatec), a executiva possui pós-graduação em TI pela Universidade Federal de São Carlos.

    Divulgação
  • Murilo Costa é o novo CRO da Zenvia

    O grupo Zenvia anunciou Murilo Costa como o novo chief revenue officer, dando ao executivo o desafio de consolidar o posicionamento da companhia, sustentar seu crescimento na América Latina e apoiar a internacionalização. Costa é graduado em ciências da computação e possui MBA em gestão de vendas pela FGV. Com sólida experiência em vendas diretas e indiretas de software, antes de entrar na companhia foi vice-presidente de vendas para a América Latina na Pipefy. Anteriormente, já havia trabalhado em empresas como Motorola, Honeywell, CA Technologies, Pivotal Software, Software AG e Sensedia.

    Divulgação
  • seedtag anuncia a chegada de três novos líderes globais

    A seedtag, adtech espanhola de inteligência artificial contextual, contratou três novos executivos para fortalecer sua equipe de liderança global: Emilia Kirk, que assume como head global de crescimento, Jordi Capdevila, head de marketing, e María José Alaminos, head de pessoas. Os executivos devem atuar na Europa e na América Latina, incluindo Reino Unido, França, Espanha, Itália, Benelux, Alemanha, México, Brasil e Colômbia. As contratações fazem parte do plano de expansão da companhia, que conseguiu fechar 2020 com um crescimento orgânico global de 25%, alcançando uma receita de € 40 milhões. Para 2021, a expectativa é um crescimento de 60% na região.

    Divulgação
  • José Florippes é o novo diretor de vendas de seguro da Omint

    A Omint anunciou a promoção de José Florippes para o cargo de diretor de vendas de seguros. O executivo continuará reportando a Cícero Barreto, diretor comercial da companhia no Brasil, com quem trabalhava diretamente desde 2016, quando era head regional de vendas e operações e, posteriormente, head de seguros, vendas e operações. Com 25 anos de experiência no setor de seguros, Florippes traz na bagagem passagens por grandes empresas, como Sulamérica, Tokio Marine, Mapfre, Prudential Financial, Lockton Corretora, Real Seguros e Assim Saúde. Graduado em direito pela Universidade Candido Mendes, o executivo tem MBA em finanças pelo Ibmec RJ e MBA em administração pela University of Illinois Urbana-Champaign, nos Estados Unidos.

    Reprodução
  • Kazutosi Takata é o novo diretor executivo de tecnologia da ICTS Protiviti

    A ICTS Protiviti, especializada em consultoria e serviços de gestão de riscos, ética e compliance, anunciou a contratação de Kazutosi Takata como novo diretor executivo de tecnologia. O cargo foi criado com a entrada do profissional, que apoiará a companhia no desenvolvimento de seus modelos de negócios digitais. Takata terá a missão de construir plataformas tecnológicas que tragam maior agilidade e abrangência ao escopo de serviços da empresa. A contratação do executivo é um passo importante no processo de digitalização da ICTS e de suas ofertas. Graduado em engenharia elétrica pela USP e com MBA Executivo Internacional pela FIA/US, Takata acumula passagens em instituições como o ABN AMRO Bank e o Itaú-Unibanco, sendo fundador e CEO do Itaú Japão, e posteriormente, responsável por sistemas de TI das unidades internacionais do Itaú BBA.

    Divulgação
  • Laércio Albuquerque é o novo vice-presidente da Cisco para América Latina

    Após cinco anos como presidente da Cisco no Brasil, Laércio Albuquerque é o novo vice-presidente da empresa para América Latina. Na nova posição, ele vai liderar as vendas da empresa na região, além de ser responsável por ajudar clientes, parceiros e governos a acelerarem sua transformação digital para alcançar um impacto econômico e social.

    O executivo trabalha no setor de tecnologia há cerca de 35 anos. Antes da Cisco, atuou por 20 anos na CA Technologies, onde exerceu várias posições de liderança, incluindo country manager no Brasil e presidente e gerente geral para América Latina. Albuquerque é graduado em análise de sistemas e administração de empresas pela Faculdades Associadas de São Paulo (FASP) e tem MBA Executivo pelo Insper.

    Divulgação
  • Marcel Sacco assume vice-presidência de novos negócios da BRF

    A BRF anunciou a criação da vice-presidência de novos negócios e, para comandá-la, nomeou Marcel Sacco. A contratação faz parte da estratégia de crescimento sustentável prevista pelo grupo em 2020. Sacco é formado em marketing pela ESPM, com pós-graduação em administração de empresas com foco em finanças pela Fundação Getulio Vargas e especialização em marketing pelo International Institute for Management Development em Lausanne na Suíça. Atualmente, o executivo também é conselheiro da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA). Antes de assumir seu novo desafio na BRF, Sacco foi diretor geral das operações para Brasil e América Latina da The Hershey Company. Também trabalhou na Schincariol, CadburyAdams, Telefônica, Parmalat, Bauducco e Ceval.

    Divulgação
  • Márcio Souza é o novo CFO da T-Systems Brasil

    A provedora alemã de soluções e serviços de TI anunciou a contratação de um novo CFO (Chief Financial Officer): Marcio Souza. Com atuação na área de finance e controlling da T-Systems Brasil, o executivo chega à companhia como responsável pelas áreas de finanças, contabilidade, jurídica, compras e facilities. Souza é graduado em economia e ciência da computação, possui mestrado em ciências econômicas e conta com mais de 22 anos de experiência em TI. Antes da T-Systems, o executivo atuou por nove anos na Software AG, onde foi CFO e responsável pela área de operações na América Latina. Ele também foi diretor financeiro da Dell Computadores e atuou como líder da prática de serviços financeiros na Oracle e na Hyperion.

    Divulgação
  • Marco Santos assume a presidência da GFT nos Estados Unidos

    O grupo GFT anunciou o brasileiro Marco Santos, que antes respondia pela América Latina, como o novo líder de estratégia da operação nos Estados Unidos. O executivo também faz parte do Conselho Executivo do Grupo GFT na Alemanha desde janeiro de 2020. A mudança tem como objetivo reforçar a estratégia de crescimento internacional da companhia alemã especializada em TI. Nos EUA, Santos terá a missão de criar uma jornada de crescimento exponencial do negócio, expandindo a base de clientes e reforçando a imagem e posicionamento no mercado norte-americano. A expectativa é de que a unidade apresente um crescimento de 500% em relação ao tamanho atual do negócio em quatro anos. Com uma carreira de mais de 25 anos no setor de tecnologia da informação, o executivo assumiu a GFT Technologies Brasil em junho de 2011 e atuou na expansão das operações na América Latina, sendo responsável por estabelecer a companhia como referência em digital e tecnologias exponenciais para bancos, seguradoras, instituições financeiras, varejo e e-commerce na região.

    Divulgação
  • Jamie Miller é a nova CFO da Cargill

    O conglomerado global de alimentos Cargill Inc. nomeou Jamie Miller como diretora financeira. Ela será a primeira mulher CFO nos 150 anos de história do grupo, sucedendo a David Dines, que se aposentou após 29 anos na companhia. Formada em contabilidade pela Miami University em Oxford, a norte-americana ingressou na Genworth Financial Inc. como vice-presidente, controladora corporativa e diretora de contabilidade. Também foi sócia da gigante de contabilidade PricewatehouseCoopers de 2005 a 2007, antes de atuar como controladora da Anthem, Inc. por um ano. Jamie também tem passagens pela GE, onde começou como vice-presidente, controladora e diretora de contabilidade em 2008, sendo nomeada CFO e vice-presidente sênior em 2017. Entre as várias funções de liderança que ocupou na GE, supervisionou a área central de tecnologia digital e atuou como presidente e CEO da GE Transportation.

    Divulgação
  • Norsul coloca Gustavo Paschoa à frente da diretoria de novos negócios

    A Norsul, companhia de cabotagem industrial, escolheu Gustavo Paschoa como diretor de novos negócios A divisão foi criada recentemente para concretizar a estratégia da empresa de ampliação e diversificação de serviços logísticos para o mercado nacional e internacional. Com mais de 20 anos de atuação, Paschoa é graduado em administração e tem mestrado em comércio exterior, acumulando passagens como diretor de negócios para América Latina da CEVA Logistics e diretor de vendas da Penske Logistics para América do Sul.

    Divulgação
  • Guilherme Stefanini assume liderança da Gauge

    Guilherme Stefanini está deixando o cargo de diretor de novos negócios do Grupo Stefanini para assumir a posição de CEO da empresa. O executivo vai liderar a consultoria de produtos digitais e performances que tem, entre seus principais clientes, empresas como Abbott, Pearson, Gol Linhas Aéreas, Itaú, GPA, Nike e Vivo.

    Divulgação
  • Fernanda Rodrigues assume a diretoria de people da everis Brasil

    A everis, consultoria multinacional de negócios e TI do Grupo NTT DATA, anunciou que Fernanda dos Santos Rodrigues é a nova diretora da área de people no Brasil. Com mais de 20 anos de experiência em recursos humanos, o objetivo da executiva será apoiar o crescimento dos negócios da operação brasileira, contribuindo com novas ações estratégicas para atrair, aperfeiçoar e reter talentos. Graduada em psicologia, Fernanda tem MBA em gestão de pessoas e especialização em direito empresarial e docência, tendo ocupado cargos em empresas como GFT, Ecolab, Stefanini e a Cognizant DTS Latin América.

    Divulgação
  • Ambipar reforça equipe de relações com investidores com Fábio da Costa Castro

    A Ambipar, empresa especializada em gestão ambiental, anunciou a contratação de Fábio da Costa Castro para a área de relações com investidores, cargo antes ocupado por Thiago Silva, que também é CFO da companhia. Com a divisão, os executivos terão mais tempo para se dedicar às suas respectivas áreas e, assim, melhorar a comunicação com o mercado de capitais. Formado em administração de empresas pela Universidade Mackenzie, com pós-graduação em economia financeira pela FGV e MBA em finanças em andamento pelo Insper, Fábio carrega mais de 13 anos de experiência no mercado de capitais e uma década em relações com investidores. Passou por empresas como Itaú, JSL, Movida e Ekko Group.

    Divulgação
  • Ana Cláudia Pinto assume o cargo de diretoria médica na startup Nilo Saúde

    A Nilo Saúde, startup brasileira de tecnologia em saúde, conta agora com uma nova executiva em sua equipe. Ana Cláudia Pinto, doutora em Medicina pela Unifesp, acaba de chegar ao grupo para assumir o cargo de diretora médica. Com sua expertise no universo corporativo, a executiva pretende trazer mais equilíbrio entre tech e touch, uma das tendências que ela enxerga na área da saúde. A endocrinologista, que conta com MBA em administração pelo Ibmec-SP/ Insper e 20 anos de experiência em gestão de saúde no mundo corporativo, nacional e internacional, tem passagens pela Care Plus, Admix, Mercer Marsh Brasil, Axismed e Sharecare.

    Divulgação
  • Tivit anuncia André Correia para área de pagamentos digitais

    André Correia é o novo líder da área de digital payments da multinacional brasileira especializada em tecnologia e soluções digitais. O executivo vai reforçar o desenvolvimento de projetos voltados à renovação do sistema financeiro brasileiro, com foco nas áreas de open finance e banking as a service. Com 20 anos de experiência na área, Correia tem MBA em gestão de projetos pela Fundação Getulio Vargas e em administração pela Irvine Valley College, na Califórnia. Em sua carreira, o executivo passou por empresas como Banco Original, onde colaborou com a construção do projeto de banco digital, PicPay e o Banco Itaú, onde permaneceu por 14 anos na área de planejamento de projetos.

    Divulgação
  • André Loes chega ao Morgan Stanley

    O brasileiro André Loes é o novo economista-chefe do Morgan Stanley para a América Latina. O executivo vai comandar a equipe a partir de São Paulo, de onde acompanhará o mercado da região. Com 25 anos de experiência, Loes foi economista-chefe do HSBC e CEO do FGC (Fundo Garantidor de Créditos). Graduado em economia pela UFRJ, fez doutorado na mesma área na Universidade Paris XIII.

    Reprodução
  • QMC Telecom anuncia novos líderes para Brasil e América Latina

    Em continuidade à expansão de seu quadro de liderança executiva, a QMC Telecom nomeou Murilo Almeida como o novo presidente da companhia no Brasil. O cargo era anteriormente ocupado por André Machado, que foi promovido a head da América Latina e agora lidera as operações de Brasil, Colômbia, México e Peru. Almeida está na QMC Telecom desde 2019, atuando como diretor comercial, de marketing e de desenvolvimento de novos negócios.Com grande experiência no mercado de telecomunicações, chegou a liderar projetos relevantes em três das quatro maiores operadoras do Brasil. O executivo é graduado em engenharia pela Unicamp e tem MBA pela Wharton School of Business.

    Divulgação
  • Bruna Keiserman é a nova chief of staff da Trybe

    A Trybe, escola especializada em desenvolvimento web, acaba de anunciar Bruna Keiserman como sua nova chief of staff. Entre os desafios da executiva está ajudar a cumprir a meta de receber cerca de 3 mil novos colaboradores em 2021. Com uma vasta experiência no ecossistema de inovação e startups, Bruna teve passagens por empresas como Amazon, onde atuou como líder do lançamento de varejo no Brasil, e Twitch, onde foi country manager, além de Claro, Nokia e Gerdau. A profissional também foi consultora do BCG e, em 2019, fundou a MIMIC, startup que usa tecnologia para oferecer soluções completas de food delivery.

    Divulgação
  • MadeiraMadeira anuncia Carlos Eduardo Annibelli Baron como novo CFO

    A MadeiraMadeira contratou Carlos Eduardo Annibelli Baron para o cargo de diretor executivo de finanças. Anteriormente, a posição era ocupada por Marcelo Sacandian, que também é cofundador da empresa. Em janeiro de 2021, ele assumiu a área de experiência do cliente, na qual a empresa pretende investir cada vez mais após o aporte de US$ 190 milhões liderado pelo SoftBank e pelo Dynamo. Baron acumula sete anos de experiência na Europa, onde chegou a ser CEO do Burger King Alemanha e também CFO de EMEA (Europa, Oriente Médio e Ásia) na Restaurant Brands International.

    Divulgação
  • Ontex anuncia Celso Blanco como novo CEO da operação brasileira

    O executivo Celso Blanco é o novo CEO da Ontex Brasil, subsidiária brasileira da fabricante belga de produtos de higiene pessoal para bebês, mulheres e adultos, dona das marcas Pompom e Bigfral. Blanco tem o desafio de dar continuidade ao processo de transformação dos negócios da companhia, sendo responsável por um dos principais anúncios da Ontex Brasil no ano – o licenciamento exclusivo da Turma da Mônica. Graduado em administração de empresas com mestrado em business pela Fundação Getulio Vargas, o executivo tem mais de 20 anos de experiência no segmento de bens de consumo e passagem por grandes conglomerados, como Pepsico e Arcor. Blanco sucederá Laurent Nielly, que deixa o cargo para assumir a divisão na Europa.

    Divulgação
  • IMC anuncia Alexandre Santoro como CEO Global

    A International Meal Company, empresa de alimentação presente no Brasil, EUA, Panamá e Colômbia, nomeou o brasileiro Alexandre Santoro como CEO global da companhia. Santoro assumirá a posição a partir do dia 1º de abril com o desafio de liderar uma nova fase nos negócios, com maior foco na excelência operacional e na experiência do consumidor. Com mais de 20 anos de experiência em empresas líderes em diversos setores, o executivo foi presidente global da rede Popeyes, que sob sua gestão se tornou uma das redes de mais rápido crescimento no mundo. Na ALL (América Latina Logística SA), Alexandre também atuou como CEO e vice-presidente de logística, além de passagens em posições de liderança na Ambev e Danone.

    Reprodução
  • Cummins anuncia novas lideranças para Brasil e América Latina

    A Cummins, empresa de tecnologia que projeta, fabrica e distribui soluções de energia, anunciou mudanças em sua liderança. Adriano Rishi, que se juntou ao grupo como estagiário em 1995, assume a presidência do grupo e a Unidade de Motores Brasil. Entre seus objetivos, estão o impulsionamento do crescimento da companhia e a busca por novos negócios, além da promoção de uma agenda de fomento à diversidade e impactos positivos na comunidade. Além dos novos cargos, Rishi segue como líder da engenharia para a América Latina, função que ocupa desde 2016.

    A companhia também promoveu Cristina Moreira, que comandava a área de RH para o Brasil e a Unidade de Motores (EBU) para a América Latina, a diretora-executiva de recursos humanos. Graduada em direito, pós-graduada pela FAAP em gestão de pessoas e com MBA Executivo Internacional pela FIA-USP Business School, Cristina agora cuida de 8 mil colaboradores e tem como meta reforçar os valores de diversidade e inclusão da empresa.

    Divulgação
  • Valério Zarro é o novo CFO da MovilePay

    A MovilePay, fintech do Grupo Movile, anunciou a contratação de Valério Zarro para a posição de CFO. Com mais de 20 anos de atuação em diversas áreas, Zarro tem ampla experiência em cargos de gestão de bancos e fintechs, acumulando passagens pelo Banco do Brasil, EloPar, Banco Digio, Alelo e PicPay. O objetivo de Valério é levar sua experiência em riscos e finanças à fintech. Graduado em engenharia mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina, o executivo possui duas pós-graduações, uma em administração e negócios pela Fundação Dom Cabral, e outra em gestão de pessoas com ênfase em liderança organizacional pela Universidade do Vale do Rio Sinos. Suas últimas especializações foram em governança, risco e compliance, pela KPMG, e em gestão em finanças, pela Fundação Getulio Vargas.

    Divulgação
  • Grupo Generali nomeia novo diretor de investimentos e dois CEOs na unidade de gestão de ativos & patrimônios

    Francesco Martorana acaba de assumir como diretor de investimentos da Assicurazioni Generali S.p.A. Em sua nova posição, o executivo vai dirigir, coordenar e monitorar todas as atividades de investimento para o portfólio de seguros do grupo. Enquanto isso, Bruno Servant passa a atuar como CEO da gestão de ativos de seguros da Generali S.p.A Società di gestione del risparmio, com a unidade de negócios de gestão de ativos e patrimônios. Servant será o responsável pelo desenvolvimento de soluções de investimento para as companhias de seguros do grupo, assim como para seguradoras terceirizadas e fundos de pensão. Já Tim Rainsford foi nomeado CEO de parceiros de investimentos da Generali Società di gestione del risparmio. O executivo manterá sua posição de diretor global de vendas dos parceiros de investimentos e será responsável por dirigir os produtos e esforços de venda para a unidade de negócio, maximizando a abordagem multi-boutique do grupo.

    Divulgação
  • Guilherme Benchimol deixa presidência da XP e é substituído por Thiago Maffra

    Guilherme Benchimol, fundador e CEO da XP Inc, anunciou que está deixando a presidência da empresa para ocupar a posição de presidente do Conselho de Administração. Para seu lugar, foi designado Thiago Maffra, que tem uma década de experiência no mercado e passagens pela Bulltick Capital Management, instituição com sede em Miami, e pela corretora Souza Barros, uma das mais antigas do país. O executivo está na XP desde 2015.

    Reuters
  • Engineering contrata Rodrigo Brício como novo diretor de operações

    Com 25 anos de experiência à frente de iniciativas de TI e uma bagagem internacional de 15 anos, o executivo Rodrigo Bricio é o novo diretor de operações da Engineering, companhia global de tecnologia da informação e consultoria especializada em transformação. Seu objetivo será atender às novas demandas de transformação digital que foram reforçadas pela pandemia da Covid-19. Bricio atuará na unidade de Belo Horizonte e será responsável pela área comercial e de entrega de soluções da divisão de excelência industrial para os mercados de agronegócio, automotivo, mineração e metalurgia e transporte, assim como as ofertas de Indústria 4.0. O executivo, que tem passagem pela Accenture, morou, nos últimos anos, no Canadá, onde se dedicou a programas tecnológicos multiculturais entre países como México, Portugal, Noruega, Espanha e Brasil.

    Divulgação
  • SONDA anuncia Ricardo Brognoli como novo vice-presidente de serviços de plataformas

    A empresa latino-americana de soluções e serviços de tecnologia Sonda elegeu Ricardo Brognoli como novo vice-presidente de serviços de plataformas. Brognoli assume dois negócios estratégicos da companhia: managed device services e plataformas, onde atua como responsável pela integração de soluções de hardware e software junto aos clientes. O novo VP também terá o objetivo de reforçar o relacionamento com os principais parceiros da organização. Graduado em administração de empresas com ênfase em sistemas pela Fasp, o executivo possui MBA Internacional Executivo pela FIA-USP e, em 2018, cursou o programa Transition to Business Leadership da IMD Business School, na Suíça.

    Ricardo também possui vasta experiência em gestão de unidades de negócios, direção geral de empresas e relacionamento com Canais e Parceiros. Ao longo dos 35 anos de carreira, ele ocupou posições de liderança na Hewlett Packard Brasil, onde esteve por vinte anos, na Enterprise Group, na Sun Microsystems do Brasil e na IBM.

    Divulgação
  • Pipefy contrata dois novos líderes executivos para cargo de vice-presidente de vendas

    O Pipefy anunciou a contratação de dois novos executivos: Rahim Walker, ex-executivo da Planview e SurveyMonkey, ingressa no grupo como vice-presidente de vendas para EUA, enquanto Kiko Guimarães, ex-Amazon Web Services e Red Hat, é agora vice-presidente de vendas corporativas da América Latina. Walker acumula quase 10 anos de experiência em liderança sênior em empresas de software, onde desenvolveu um histórico de construção de equipes de vendas de alto desempenho e parcerias colaborativas com clientes. Já Guimarães conta com mais de 20 anos de experiência em liderança de empresas multinacionais no Brasil e na América Latina, onde foi responsável pela gestão de vendas diretas e indiretas, receita, qualidade de serviço e satisfação do cliente.

    Divulgação
  • Kraft Heinz apresenta Bruno Ferragut como head de foodservice

    A Kraft Heinz, companhia dona das marcas Kraft, Quero e Heinz, anunciou Bruno Ferragut como head da unidade de negócios de foodservice. O executivo fez parte de um importante movimento na área que resultou na classificação do Brasil como o país com maior crescimento do segmento entre as operações da companhia no mundo. Graduado em engenharia química pela Universidade de São Paulo (Poli-USP), Ferragut começou na Kraft Heinz em 2017 pelo programa de trainee da companhia.

    Divulgação
  • GUT promove brasileiro Fernando Ribeiro a global chief strategy officer

    O grupo global e independente de criatividade GUT anunciou a promoção de Fernando Ribeiro a global chief strategy officer. Ele será o primeiro executivo a assumir essa posição na agência. Em seu novo cargo, Ribeiro vai continuar atendendo a clientes como Ambev, Kraft Heinz, Mercado Livre, Popeyes e Tim Hortons, entre outros, mas também vai monitorar e desenvolver os colaboradores do departamento de estratégia, além de continuar a estabelecer um jeito intuitivo de trabalho estratégico que sirva para a GUT e todos os seus clientes. O executivo continuará colaborando com as lideranças da agência na construção e fortalecimento da marca ao redor do mundo. Com quase 20 anos de experiência em estratégia, Ribeiro tem passagens por agências como BBH Londres, 72andSunny Amsterdã e David.

    Divulgação
  • Charles River Associates chega ao Brasil e anuncia Cynthia Catlett como VP

    A consultoria global Charles River Associate chega ao Brasil, mais especificamente a São Paulo, para dar início às operações na América Latina. Para o comando da operação, foi anunciada Cynthia Catlett, ex-FTI Consulting, como vice-presidente. Com mais de uma década de experiência no setor, a executiva tem sido referência no mercado de consultoria investigativa.

    Divulgação
  • NAVA Technology for Business anuncia Iza Herklotz como nova CPO

    A NAVA, empresa de tecnologia especializada na oferta de plataformas e serviços para ambientes de missão crítica, anunciou a contratação de Iza Herklotz como CPO (chief people officer). Formada em administração de empresas pela FGV (Fundação Getulio Vargas), a executiva possui 20 anos de experiência e dois certificados internacionais nas Universidades da Pensilvânia e da Califórnia, onde estudou processos da psicologia positiva e administração de coordenadores e gestores. Entre os objetivos da executiva está incrementar os projetos já em andamento, com destaque para o programa socioambiental, que tem entre suas premissas o desenvolvimento efetivo de iniciativas relacionadas ao empoderamento feminino, à igualdade de gênero, à sustentabilidade, à inclusão e à diversidade.

    Divulgação
  • Zoop anuncia novos CFO e CTO

    A fintech Zoop contratou dois novos executivos para reforçar seu time executivo. Eduardo Freitas, que tem passagens por KPMG, HSBC e Junto Seguros, é o novo CFO (Chief Financial Officer), e chega com o objetivo de acompanhar e preparar as finanças para os próximos níveis de crescimento da companhia. Já André Martins, que tem mais de 25 anos de experiência em TI e passagens pela Edenred, Cielo, Serasa e Wex, vai se juntar à equipe como novo CTO (Chief Technology Officer).

    Enquanto isso, os executivos Rodrigo Miranda, Dan Faccio e Alessandro Raposo passam a ocupar novas posições. Miranda, com 20 anos de experiência em gestão de negócios em tecnologia, é o novo Chief Evangelist & Head of Labs. Faccio passa a ser o Chief Strategy Officer, sendo agora responsável pela estratégia geral da Zoop, com o desafio de definir o posicionamento da empresa no mercado brasileiro de fintechs. Por último, Raposo, com 28 anos de experiência estratégica, empresarial e operacional no setor financeiro, deixa o cargo de CSO para assumir a posição de Chief Marketing Officer (CMO).

    Divulgação
  • Vuxx anuncia Ana Luísa Orsolini como head de ESG

    A Vuxx, transportadora digital com foco na indústria e varejo, anunciou a chegada de Ana Luísa Orsolini como head de ESG. A executiva assume um cargo inédito na startup e chega para colocar em prática o plano de sustentabilidade, tornando-se responsável pelos estudos e a implementação de iniciativas nessa área. Com mais de 11 anos de carreira, Ana Luísa é formada em engenharia naval pela Escola Politécnica da USP, onde participou do Programa de Duplo Diploma, formando-se também na Universidade ENSTA Paris, na França. A executiva tem mestrado em operações de offloading, também na USP, e mestrado em gestão de sistemas de energia sustentável pela Hanzehogeschool Groningen, na Holanda.

    Divulgação
  • José Roberto Pacheco é o novo diretor administrativo-financeiro da Odontoprev

    A Odontoprev anunciou que José Roberto Pacheco, líder de relações com investidores da companhia desde 2006, é o novo diretor administrativo-financeiro do grupo. O executivo, que passa a acumular as duas funções, é graduado em economia pela UNB, possui MBA executivo pela FGV e cursou um programa internacional de negócios na Stockholm School of Economics. Tem passagem pela mineradora CAEMI, onde atuou na área de relação com investidores.

    Divulgação

Lucas Vargas assume comando da Nomad

A Nomad, fintech que oferece conta corrente internacional gratuita em banco norte-americano para brasileiros, anunciou a contratação de um novo CEO. Lucas Vargas, de 37 anos, ganhou destaque em 2020 no comando do Grupo Zap, startup do ramo imobiliário que foi adquirida por R$ 2,9 bilhões pela OLX. Agora, o executivo deixa a liderança do grupo para assumir a fintech. Graduado em administração de empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Lucas possui MBA executivo pela Harvard Business School.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: