Como investir sua energia com sabedoria para não ficar esgotado

Getty Images
Getty Images

Escolher onde vai gastar sua energia é uma maneira de autocuidado

Em nossas vidas, recebemos uma quantidade finita de energia. A maneira como você a investe determinará sua satisfação geral com a vida e com o trabalho.

Portanto, é importante fazer a distinção entre o gerenciamento de tempo e o gerenciamento de energia. Enquanto o primeiro pode ser aplicado a qualquer tarefa que se encaixe no seu calendário, o último significa entender quais tarefas o fazem se sentir energizado, neutro ou exausto – e então escolher onde investir seu empenho. Você se sentirá muito mais realizado quando priorizar a segunda opção.

LEIA MAIS: Conheça o segredo para acabar com o esgotamento profissional

Veja, na galeria de fotos a seguir, dicas para maximizar sua energia para o sucesso e a satisfação pessoal:

  • Cuide de você mesmo

    Na sociedade, geralmente não somos incentivados a priorizar o autocuidado. Esta é uma grande oportunidade perdida por todos nós, que afeta nosso progresso social e nossa saúde. Ter energia em excesso criará melhores relações e mais qualidade de trabalho. Há muitos benefícios em priorizar seu bem-estar, incluindo melhor desempenho nos afazeres, menos dias de licença médica, mais envolvimento e simpatia entre os colegas e entes queridos, além de um aumento geral na saúde física e mental. Pense assim: se o seu copo não estiver cheio, será muito mais difícil dá-lo a outras pessoas e ao seu trabalho. O ideal seria dar aquilo que já está transbordando.

    Ezra Bailey/Getty Images
  • Faça o que o energiza

    Se você não tem certeza do que o energiza, pode monitorar sua programação diária durante uma semana. Comece observando as atividades que você faz em sua rotina para ver o que o deixa exausto, neutro ou energizado. Escreva o que você está fazendo nesses momentos sempre que puder. Preste atenção especialmente para ver se há pequenas coisas que você pode mudar que podem levar a uma experiência melhor. Por exemplo, “a reunião da equipe teria sido revigorante, mas tornou-se exaustiva porque um colega dominou a conversa”. Nesse caso, você pode querer adicionar às suas observações possíveis soluções, como: “Vou sugerir um formato para nossas reuniões que permita que todos os membros da equipe tenham tempo igual para falar e compartilhar suas ideias”.

    Outra opção para ajudá-lo a identificar o que o energiza é refletir sobre as seguintes questões:

    Quais tarefas eu mais gosto?

    Quando o tempo passa rápido?

    Se eu não tivesse que trabalhar por uma semana, o que eu gostaria de estar fazendo?

    O que eu poderia fazer por oito horas e não me cansar?

    Quando sou mais feliz?

    Getty Images
  • Aplique o que você aprendeu

    Existe uma grande diferença entre conhecer e colocar algo em prática. Da mesma forma como há poder em saber o que você ama fazer, também há em saber o que você não gosta. Ambos são igualmente importantes para o autoconhecimento. Quando você se empenha em tarefas que o esgotam, você acaba cansado em todas as áreas de sua vida – isso inclui trabalho, relacionamentos e sua felicidade em geral. Coloque seu conhecimento recém-adquirido para funcionar. Depois de aprender o que o energiza, você pode começar a fazer ajustes em sua vida e encaixar mais atividades que o satisfaçam. Às vezes, pode ser algo tão simples como delegar uma tarefa de trabalho específica. Em casos mais extremos, pode significar ter que redesenhar sua carreira. Você pode optar por dar pequenos passos ou grandes saltos para melhorar sua vida. Você decide. De qualquer forma, é importante escolher um formato que funcione melhor para você e um período de tempo que se adapte ao seu conforto e às suas necessidades gerais.

    O ponto principal é que escolher onde você investe sua energia é a decisão mais importante para viver uma vida plena. Sua energia é como uma moeda preciosa e não reembolsável; e seu tempo é seu investimento. Invista com sabedoria.

    Westend 61/Getty Images

Cuide de você mesmo

Na sociedade, geralmente não somos incentivados a priorizar o autocuidado. Esta é uma grande oportunidade perdida por todos nós, que afeta nosso progresso social e nossa saúde. Ter energia em excesso criará melhores relações e mais qualidade de trabalho. Há muitos benefícios em priorizar seu bem-estar, incluindo melhor desempenho nos afazeres, menos dias de licença médica, mais envolvimento e simpatia entre os colegas e entes queridos, além de um aumento geral na saúde física e mental. Pense assim: se o seu copo não estiver cheio, será muito mais difícil dá-lo a outras pessoas e ao seu trabalho. O ideal seria dar aquilo que já está transbordando.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).