10 ideias para ganhar dinheiro na internet

Getty Images
Getty Images

Aulas particulares, vendas de produtos e até participação em pesquisas: nunca houve tantas opções para turbinar a renda sem sair de casa

A pandemia de Covid-19 impactou o mercado de trabalho no mundo todo. Só no Brasil, são 14,8 milhões de pessoas desempregadas segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse contingente de cidadãos sem ocupação representa 14,6% da população economicamente ativa, a segunda taxa mais alta da série histórica da pesquisa, iniciada em 2012.      

No entanto, a crise sanitária e o consequente isolamento social também criaram oportunidades, principalmente para ganhar dinheiro online. Se há algo positivo que essa situação nos ensinou, foi que não precisamos ir a lugar nenhum para trabalhar. Outro aspecto a ser levado em conta é que, no meio de tanta incerteza, surgiram uma série de empresas que ajudam as pessoas a ganhar dinheiro com a internet.  

LEIA MAIS: 11 perfis de executivos no Instagram que são verdadeiras aulas para quem quer evoluir na carreira e nos negócios

O TutorMe, por exemplo, plataforma que conecta alunos com especialistas que são pagos para compartilhar seus conhecimentos, viu seu uso aumentar quatro vezes em 2020. Da mesma forma, o italki, uma comunidade de aprendizagem de idiomas que conecta estudantes a professores particulares, cresceu mais de 100% no ano passado. “Em um ambiente onde ninguém podia ir à escola, éramos um lugar onde as pessoas podiam continuar aprendendo. Em uma época em que alguns professores não podiam trabalhar, éramos outra fonte de renda”, diz o cofundador do app, Kevin Chen. “Acho que muitas pessoas também viram o vírus como uma oportunidade para mudar seu estilo de vida e trocar as atividades antigas por novas.”

Veja, na galeria de fotos a seguir, 10 maneiras inteligentes de ganhar dinheiro na internet:

  • Ensine uma língua estrangeira

    Você não precisa ser um professor treinado para ganhar dinheiro com o italki, uma plataforma onde milhões de usuários pagam pessoas nativas em todo o mundo para ensinar um idioma. Usando um modelo semelhante ao Airbnb, os professores mostram seus serviços no app – de aulas a sessões só de conversação. Eles mesmos definem os preços e, quanto mais comentários positivos receberem, mais dinheiro poderão ganhar. Ao contrário de ensinar em uma escola, este modelo oferece muito mais liberdade – você pode escolher com quais alunos deseja trabalhar, criar aulas personalizadas, planejar as sessões de acordo com sua programação e ensinar de onde quiser. Idiomas como o inglês e o espanhol são muito procurados, mas o céu é o limite – as pessoas até ensinam línguas raras como basco, esperanto e libras.

    Noel Hendrickson/Getty Images
  • Participe de pesquisas

    Você gosta de compartilhar sua opinião sobre tudo? As pesquisas são uma ferramenta excelente – e fácil – para ganhar dinheiro online. Uma das maiores saídas para isso é o Vindale. Depois de compartilhar informações demográficas sobre você, a empresa combina esses dados com as pesquisas disponíveis na plataforma e paga para que você participe de algumas delas ou teste produtos. Outros sites de pesquisas semelhantes são o Survey Junkie, InboxDollars, Product Report Card e Survey Club. E quanto mais você se inscreve, mais dinheiro poderá ganhar. No Brasil, vale tentar o VocêOpina.com, o Toluna ou o Qualibest, os mais populares entres os brasileiros.

    Marko Geber/Getty Images
  • Faça o que você sempre fez

    A Swagbucks é uma empresa que administra um programa gratuito de fidelidade e recompensas pagando ao consumidor para que ele conclua as atividades diárias que já estava fazendo online, como pesquisar na web, jogar, assistir a vídeos ou fazer compras. Você ganhará recompensas em pontos, chamados de SB, que podem ser trocados por cartões-presente ou dinheiro.

    Eye Em/Getty Images
  • Seja o tutor de alguém

    Devido ao fechamento das escolas no ano passado, o mundo das aulas particulares explodiu, abrindo caminho para o sucesso de empresas como a TutorMe, com sede em Los Angeles. A plataforma de tutoria online tem a missão de nivelar o nível acadêmico de alunos de todos os lugares, conectando-os a tutores em menos de 30 segundos através de um sistema de correspondência alimentado por IA. A rede de tutores online usa um espaço de aula avançado com chat de vídeo, compartilhamento de tela, quadros brancos virtuais e muito mais. “A pandemia não apenas criou uma necessidade urgente de soluções de aprendizagem à distância, como tutoria online, mas iluminou uma necessidade contínua de suporte acadêmico personalizado para os alunos, seja para resolver lacunas de aprendizagem ou para ajudar os estudantes a alcançarem seus objetivos mais elevados”, diz o cofundador e o CEO do app Myles Hunter. No Brasil, o TutorMundi possui uma proposta semelhante, conectando alunos de todas as etapas escolares a professores e especialistas do setor desejado.

    Getty Images
  • Use o marketing de afiliados

    Você já ouviu falar que o marketing de afiliados pode ser lucrativo, mas não sabe realmente o que é isso ou por onde começar? Essa é uma forma de ganhar dinheiro recomendando um produto ou serviço que lhe pagará uma comissão por cada usuário conquistado. Isso pode ser feito através de um blog, canal do YouTube, site, lista de e-mail, página de mídia social ou qualquer plataforma onde você consiga incorporar esses links. Mas é aqui que fica complicado: as opções são infinitas quando se trata de empresas com esse tipo de programa. O Cuelinks ajuda a eliminar a desordem, conectando os usuários a marcas que pagarão por seus links e ainda os ajudarão no alcance de tráfego. Um dos mais populares no Brasil é o Hotmart, plataforma que liga novos produtos a vendedores cadastrados pelo link.

    Getty Images
  • Faça network

    Você é o rei do network? Em caso de resposta afirmativa, confira o WebTalk, uma plataforma de rede pessoal e profissional que compartilha a receita com seus usuários. Com a ferramenta, qualquer pessoa que queira usar a mídia para iniciar ou expandir um negócio (seja em tempo integral ou em período parcial) pode organizar seus contatos e direcionar um conteúdo específico para um grupo. Os usuários ganham pontos – e receita – simplesmente usando o site. Outra vantagem do WebTalk: você pode postar publicamente ou direcionar suas publicações, fazendo com que as informações certas cheguem para as pessoas certas – o que elevará seu ganho de dinheiro.

    Getty Images
  • Aproveite suas habilidades criativas

    Você tem uma habilidade criativa? Na Etsy, os artesãos podem ganhar dinheiro com a venda de produtos feitos por eles – embora a realidade seja uma alta competição e demanda, já que os vendedores precisam cuidar de todos os aspectos de seus negócios, desde a criação até a execução e a entrega. Um novo conceito que torna as coisas um pouco mais fáceis para esses artistas independentes é o Redbubble, um serviço de impressão que permite aos usuários projetar e vender suas obras. Os artistas selecionam os trabalhos que desejam exibir e, em seguida, a plataforma organiza todas as impressões em uma variedade de mais de 60 produtos (incluindo camisetas, canecas e porta-copos) e, em seguida, as comercializa e envia para quase todos os lugares do planeta. Outras opções são os portais Collab 55 e Printful, que oferecem uma galeria coletiva com as peças de todos os artistas e facilitam o processo de envio para os clientes, e o marketplace Elo7, muito conhecido por quem procura comprar artesanato.

    Getty Images
  • Venda coisas que você não tem

    Aqui está uma nova palavra e um novo conceito para adicionar à sua lista de opções para fazer dinheiro online: o dropshipping. Com este conceito inteligente, você pode vender coisas que não tem. Parece confuso, mas não é. O que você faz é criar um site de comércio eletrônico e listar os produtos à venda. Mas, ao contrário das lojas tradicionais que mantêm um estoque, você não pede os produtos até que o cliente faça o pedido. Em seguida, as peças são enviadas diretamente para o comprador. Uma importante plataforma de compensação para dropshipping é uma empresa chamada Shopify, que oferece uma solução fácil para iniciar, operar e expandir um negócio como este. O Monetizze pode ser uma opção para quem vive no Brasil. Nele, os filiados escolhem entre os produtos disponíveis quais desejam vender e passam a receber comissões a cada transição válida.

    Krisanapong Detraphiphat/Getty Images
  • Venda as coisas que você tem

    Olhe ao seu redor – provavelmente há uma tonelada de coisas que você poderia vender, incluindo smartphones, tablets, laptops, CDs, DVDs, livros e muito mais. Segundo uma pesquisa recente, os norte-americanos estão rodeados em suas casas com incríveis US$ 43 bilhões em produtos de tecnologia não utilizados, o que representa cerca de US$ 199 por residência. Com o site de recompra Decluttr, os consumidores podem vender esses objetos e receber o pagamento no dia seguinte ao depósito. A plataforma fornece etiquetas de frete grátis, permitindo que você imprima, embale e envie as peças direto de sua casa, sem ter que se aventurar em uma loja física. Outra empresa que ajuda as pessoas a venderem seus itens tecnológicos de forma ecológica é a ecoATM Gazelle, um redutor de lixo eletrônico que fornece uma plataforma simples e segura para vender peças antigas, ao mesmo tempo que torna o mundo um lugar mais sustentável. Mas se o seu negócio for a venda de roupas, o Tradesy é uma boa opção. No Brasil, plataformas como o Enjoei e o Repassa são boas opções para comercializar itens pessoais que não estão mais sendo utilizados. Basta cadastrar as peças e aguardar o contato dos compradores.

    Krisanapong Detraphiphat/Getty Images
  • Compre coisas

    Você faz compras online? Inscreva-se no Rakuten, que trabalha com milhares de varejistas online e lhe dará dinheiro de volta em todas as compras – o famoso “cashback”. Só nos últimos 12 meses, esse mecanismo foi responsável pela movimentação de R$ 7 bilhões, segundo dados do portal de cupons Cuponomia.

    Outra plataforma semelhante é a Honey, que vasculha a internet em busca de vendas e também paga os usuários para indicar amigos. Uma iniciativa recente do Cuponomia no Brasil oferece R$ 50 para cada indicação de cadastro realizada pelo usuário. A ação se estende até o dia 20 de agosto, e o dinheiro poderá ser sacado assim que o novo membro tenha gastado o equivalente a R$ 500 em compras válidas através do site. Por fim, vale dar uma olhada no aplicativo Ame, uma rede de cashback que inclui as lojas Submarino, Shoptime e Americanas.com. A plataforma permite que o usuário use o valor recebido de volta em qualquer um dos estabelecimentos parceiros, bem como possibilita transações de dinheiro através de QR Code.

    Two Meows/Getty Images

Ensine uma língua estrangeira

Você não precisa ser um professor treinado para ganhar dinheiro com o italki, uma plataforma onde milhões de usuários pagam pessoas nativas em todo o mundo para ensinar um idioma. Usando um modelo semelhante ao Airbnb, os professores mostram seus serviços no app – de aulas a sessões só de conversação. Eles mesmos definem os preços e, quanto mais comentários positivos receberem, mais dinheiro poderão ganhar. Ao contrário de ensinar em uma escola, este modelo oferece muito mais liberdade – você pode escolher com quais alunos deseja trabalhar, criar aulas personalizadas, planejar as sessões de acordo com sua programação e ensinar de onde quiser. Idiomas como o inglês e o espanhol são muito procurados, mas o céu é o limite – as pessoas até ensinam línguas raras como basco, esperanto e libras.

 


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).