Como chamar a atenção dos recrutadores no LinkedIn

Veja como a maior rede social profissional do mundo pode ajudar na hora de conseguir um emprego.

Bruna Mattos
Compartilhe esta publicação:

A rede social tem ferramentas específicas para quem precisa contar ao mundo que está em busca de uma nova posição

Acessibilidade


O Brasil é a quarta comunidade dentro do LinkedIn, atrás apenas dos Estados Unidos, Índia e China. São mais de 50 milhões de pessoas conectadas no país, entre os 300 milhões totais. Investir em um perfil atraente na plataforma para ganhar destaque é um bom começo, mas para conseguir de fato um certo destaque é importante engajar outros profissionais em torno do seu perfil. 

A plataforma lançou nesta semana um novo recurso para quem é freelancer. O recurso Service Marketplace funciona como uma espécie de classificados para conectar profissionais autônomos e contratantes. O LinkedIn também passou a ter novos filtros para as posições fixas, permitindo ao usuário escolher vagas que sejam totalmente remotas, em modelo presencial, ou híbridas.

VEJA TAMBÉM :Conheça três habilidades que farão você se destacar na entrevista de emprego

Daniela Alves, coordenadora de recrutamento e seleção da multinacional DISYS Brasil, que faz o uso do LinkedIn para recrutar profissionais e está com 200 vagas abertas na área de TI, dá dicas de como aproveitar os recursos disponíveis e criar um plano de engajamento.

 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ative seu alerta de vagas

Estabeleça as funções que você já desempenhou ou pretende desempenhar e crie esses alertas. Sempre que tiver vagas em sua área, a plataforma vai destacar para você nas notificações.

Indique aos recrutadores que você está em busca de emprego

 Vá em “Configurações e privacidade”, na aba “Privacidade dos dados” altere a opção para “Sim” em “Indique seu interesse à recrutadores em empresas para as quais você criou alertas de vaga”.  

Utilize o selo “Open to Work” disponível na plataforma

Está em busca de uma nova oportunidade? No final do ano passado, o LinkedIn lançou o selo Open to Work, que pode ser adicionado na foto de perfil e que viabiliza aos recrutadores observar logo no início que o candidato está em busca de emprego.

Deixe sua página atualizada e completa

Inclua suas experiências na área e que podem te favorecer dentro do setor; adicione todas as suas certificações, cursos, participações em eventos estratégicos, sistemas que tem habilidade em usar, idiomas e, sempre que tiver uma nova informação profissional, não esqueça de adicionar ou compartilhar com as suas conexões. Um perfil bem atualizado é um perfil considerado campeão dentro da rede. É válido lembrar que muitos recrutadores utilizam sistemas operacionais, como o operador lógico booleano, que auxilia na relação entre os termos de pesquisa.

Atualize sua foto constantemente

Opte por um retrato de frente, em um ambiente bem iluminado, neutro e certifique-se que a foto esteja nítida. Uma foto atual mostra que o perfil é constantemente atualizado. Além disso, adicione uma foto de capa que tenha relação com o seu perfil profissional.

Procure usar palavras-chaves para a sua profissão, especialmente na área “sobre”

Não coloque apenas a sua função atual ou anterior, adicione as funções que você tem qualificação para desempenhar. Pense como os recrutadores buscam alguém da sua área e adicione essas palavras. Por exemplo, você é formado em administração, mas pode atuar em diversos segmentos da profissão. Adicione os que mais se adequam ao seu perfil profissional.

Mantenha contato com diferentes pessoas da sua área e estabeleça um networking

Outra característica do LinkedIn é estabelecer conexões com pessoas da sua área mesmo quando não as conhece pessoalmente. A própria plataforma indica o grau de conexão (1º, 2º e 3º) que você possa ter com determinadas pessoas, de acordo com as suas áreas de interesse e número de conexões em comum. Além de você poder se conectar com pessoas que visualizaram o seu perfil, já que a rede também te notifica quando há visitas na sua conta; 

Publique regularmente posts que façam sentido para o seu mercado e para os profissionais no seu entorno

Sempre que você encontrar algo que esteja de acordo com o seu posicionamento, compartilhe com suas conexões. Tem conhecimento em determinados assuntos? Escreva artigos sobre e permita que suas conexões tenham acesso aos seus conteúdos – e que recrutadores saibam que você tem conhecimento nessas áreas.

Curta e comente publicações que você considera interessantes para a sua carreira e mercado

O LinkedIn é uma plataforma onde outros profissionais compartilham histórias e experiências. Sempre que achar algo interessante, curta, comente, celebre, compartilhe o que achar de acordo. E evite entrar em discussões desnecessárias.

 

 

 

Compartilhe esta publicação: