Assista a todas as entrevistas da série GX Series

No programa, Flavia Camanho Camparini conversa com 10 herdeiros das principais famílias empresariais brasileiras.

Brand Voice PwC
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


1- Carlos Jereissati

“As pessoas precisam entender os diferentes papéis que exercem como família, executivo e acionista”, diz Carlos Jereissati

2- Paula Setubal

“Eu acho fundamental pensar em iniciativas que promovam a intimidade. Só assim a gente gera confiança”, diz Paula Setubal

3- Pedro Wickbold

“Foi com muita autenticidade que eu consegui me encontrar e colocar potência no legado da minha família”, diz Pedro Wickbold

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

4- Gabriela Baumgart

“Acho que não há nada melhor do que viver os valores de uma empresa familiar”, diz Gabriela Baumgart

5- Rodrigo Pipponzi

“Vivemos um momento em que escancaramos a importância de olhar para o coletivo”, diz Rodrigo Pipponzi, cofundador da Editora MOL

6- Anna Carolina Bassi

Anna Carolina Bassi: “Eu via minha mãe numa luta diária, mas o tempo todo empreendendo”

7- Ana Maria Diniz

Ana Maria Diniz: “Felicidade é uma consequência da realização”

8- Pedro Sirotsky Melzer

Pedro Sirotsky Melzer: “Grande legado da vida é poder interagir com pessoas autênticas”

9- Alex Seibel

Alex Seibel: “Acredito que negócios de impacto unem a rentabilidade com a resolução de problemas sociais e ambientais”

10- Fabiana Martins

Fabiana Martins: “Eu gostaria de inspirar outras mulheres, de mostrar que é possível fazer a diferença no negócio da família”

Compartilhe esta publicação: