8 dicas para manter a calma em meio ao estresse diário

Getty Images
Sob pressão, é comum perder a calma e enlouquecer

Resumo:

  • Os tempos atuais são estressantes e exigem muito de nós;
  • Diante de uma grande pressão, é fácil perder a calma e enlouquecer;
  • Viver um dia de cada vez e evitar a comparação são os primeiros passos para lidar com o estresse.

Estamos vivendo tempos muito estressantes. Lidamos com as redes sociais, precisamos ser bem-sucedidos e felizes, queremos viajar, comprar coisas de que gostamos, ter um bom trabalho, ter boa forma e saúde. Também ouvimos notícias perturbadoras a todo momento, temos uma quantidade ilimitada de informações disponíveis e vemos a tecnologia se desenvolver a uma incrível velocidade. Isso pode criar um forte estresse.

LEIA MAIS: 10 países com maior nível de estresse do mundo

Sob pressão, é comum perder a calma e enlouquecer. Para evitar o burnout, há muitas coisas que você pode fazer, como meditar, correr e tirar uma soneca. Contudo, separar um tempo para si mesmo não é fácil. E isso só o acalmará por um instante — assim que você voltar ao seu trabalho habitual, o estresse pode acompanhá-lo novamente.

Veja, na galeria de fotos abaixo, 8 dicas para manter a cabeça no lugar — e não perdê-la:

  • 1. Busque a verdade

    Em uma época de notícias falsas, as chamadas fake news, é difícil distinguir fato e ficção. Acreditar em tudo pode fazer você “pirar” sobre coisas que simplesmente não são verdadeiras. Portanto, sempre verifique se o que vê ou ouve realmente é verdade.

  • 2. Procure nuance e perspectiva

    A informação que chega mais fácil até você não é geralmente a mais variada e, muitas vezes, apenas reflete uma perspectiva, um único ponto de vista. Para evitar o estresse, é útil sempre procurar nuances e visões alternativas.

  • 3. Faça tudo com menos

    Outra fonte de estresse é a busca incessante por algo mais, seja informação, atenção, dinheiro, saúde ou outra coisa. É tentador querer mais. No entanto, esse desejo também cria tensão. Tente se contentar com menos.

  • 4. Procure experiências reais

    Com que frequência você dedica seu tempo a uma experiência com todos os sentidos? Para mim, é raro. Eu, na verdade, faço várias coisas ao mesmo tempo: escuto música enquanto escrevo, dirijo e converso, penso nos meus planos para o dia seguinte enquanto caminho. Concentrar-se em uma experiência de cada vez é muito menos estressante.

  • 5. Aceite os sentimentos ruins

    Às vezes, parece que estamos vivendo em uma “sociedade da felicidade”, na qual toda tristeza, medo, dor e risco precisam ser evitados ou resolvidos instantaneamente. Mas esses sentimentos e situações fazem parte da vida, da mesma forma que os aspectos positivos. Aceitar isso e parar com a busca por felicidade a todo custo pode ser bastante relaxante.

  • 6. Não tente ser especial

    Tentar ser algo que você não é pode ser fonte de estresse. É fácil se perder ao tentar ser excepcional ou único. Resistir a essa tentação pode ser libertador.

  • 7. Evite a comparação

    É fácil se perder ao tentar ser como os outros — amigos, familiares, famosos ou qualquer outra pessoa. Ou ao tentar ser o que você acredita que esperam de você. Não faça isso — seja você. É muito menos estressante.

  • 8. Assuma a responsabilidade

    É fácil culpar os outros pelo seu estresse — o chefe, a família, a escola, a mídia, o governo. Mesmo que eles o estressem, no final, você só pode fazer algo sobre como lida com isso. Tentar mudá-los só cansa mais. Portanto, assuma a responsabilidade e observe o que pode fazer de diferente.

1. Busque a verdade

Em uma época de notícias falsas, as chamadas fake news, é difícil distinguir fato e ficção. Acreditar em tudo pode fazer você “pirar” sobre coisas que simplesmente não são verdadeiras. Portanto, sempre verifique se o que vê ou ouve realmente é verdade.

 


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).