Pandemia guia transformação de rede dona das marcas Pirajá, Bráz e Lanchonete da Cidade

De acordo com Ricardo Garrido, sócio-fundador da Cia. Tradicional do Comércio bares e restaurantes nunca serão como antes.

Forbes Taste, por Juliana Ventura
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Dark kitchen uniu delivery de Astor e ICI Brasserie

Acessibilidade


A pandemia caiu como uma bomba para a Cia. Tradicional de Comércio. De uma hora para outra, a rede, que abriga entre diferentes nomes cerca de 40 bares e restaurantes, viu-se obrigada a fechar as portas, sem data para reabrir casas como Original, Pirajá, Astor, SubAstor, Bráz e Lanchonete da Cidade, parte da paisagem boêmia paulistana –hoje, todas já retornaram.

“Ficamos absolutamente atônitos e assustados”, admitiu um dos cinco fundadores da CiaTC, Ricardo Garrido, que interrompeu um período sabático em Nova York. “Voltei para ajudar meus sócios a pensar como seria o futuro dos bares e restaurantes”, disse ele em apresentação nesta semana no Global Retail Show, evento 100% online dedicado a debater a retomada do varejo.

LEIA MAIS: “Sonho que a gente não tenha mais coragem de jogar café fora”, diz Rachel Muller, diretora de cafés da Nestlé

A primeira reação foi de perplexidade. “Bares e restaurantes sempre se associaram a um conceito de espaço físico. Uma das máximas desse setor é a ‘location, location, location’. E assim a gente conduziu nosso negócio ao longo de 25 anos: a de ter um lugar extremamente atraente para transmitir toda a experiência gastronômica com o conceito de cada marca.”

O resultado, segundo ele, é uma tentativa de reinvenção. “O que está acontecendo é que esses restaurantes nunca mais abrirão da mesma forma como foi no passado. A maioria terá serviço de delivery associado”, pontuou.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As casas tendem a ser pontos de conexão entre o consumidor e a expertise das marcas da Companhia, prevê Garrido. “Com algumas marcas, a gente mal pensava em entregar em delivery porque pensava que o consumidor não teria interesse em coisas mais elaboradas; só em pizza ou hambúrguer.”

Com a demanda, a CiaTC precisou se adaptar. Uma das unidades do ICI Brasserie nos Jardins virou uma dark kitchen para entregar pratos de três marcas (Astor, ICI Brasserie e a Bráz Trattoria) combinadas a partir de um só pedido. “Foi uma coisa meio óbvia que a gente não pensava em fazer, fez rapidamente e teve o mesmo sucesso. Essa casa conseguiu fazer o mesmo faturamento de antes e só operando em delivery.”

Uma das novidades foi a produção e entrega de coquetéis engarrafados com todos os apetrechos e até gelo. Também passaram a entregar chope gelado. Criaram ainda a Bráz Veloce, uma pizza pré-assada e resfriada para assar no fogão que pode ser levada no forno da própria cada do consumidor. “São produtos que saem da pandemia com muita força e produtos que a gente pretende ampliar e manter.”

Uma das lições, segundo Garrido, é que o consumidor, ainda temeroso de frequentar as lojas mesmo depois do início da flexibilização, em julho, procura cada vez mais a experiência de um restaurante mesmo estando em casa. “Nossa visão é que o nosso modelo de negócio está em transformação. Não é fácil trocar o pneu com o carro em movimento. A gente precisa ler esse cliente, entender e testar vários canais de conexão com esse cliente”, explico.

“A gente tem uma oportunidade. O futuro vem sendo puxado pelo consumidor. Essa reflexão pode fazer com que relação seja mais positiva e mais produtiva depois que gente estiver vivendo uma vida mais normal.”

(Redação)

***

Provado e aprovado: Chez Claude

Juliana Ventura

O aclamado chef francês radicado no Brasil Claude Troigros volta a São Paulo, ao lado do filho Thomas Troigros, depois de 26 anos longe da capital paulista. O Chez Claude –casa já bem estabelecida no Rio de Janeiro– começou a funcionar ontem (16) no Itaim com cardápio que tem como lema “sentir-se em casa” e a política das porções para dividir. Da cozinha, comandada pela chef-executiva Carol Albuquerque (ex-Maní), saem pratos bem elaborados e acabados, como o simples e saboroso Pudim de agrião, gorgonzola e crisp de mortadela (R$ 32) e o Peixe com banana (R$ 84, na foto), receita de família, que vem acompanhada de purê de baroa e molho de uvas passas.

Serviço
R. Professor Tamandaré Toledo, 25, Itaim Bibi, tel. (11) 3071-4228. Segunda a sexta, das 11h30 às 15h30 e das 18h às 22h; sábado, das 12h às 17h e das 19h às 22h; e domingo das 12h às 20h.

***

Panda Ya tem comemora Dia do Dumpling

Divulgação

A “guiozaria” paulistana do chef Victor Wong criou uma porção especial para a semana em que é celebrado –nos EUA– o Dia do Dumpling, em 26 de setembro. Na semana do dia 22, a casa oferece porção de Guioza de Pato (R$ 18, quatro unidades), feito com pato desfiado, legumes e bifum. No dia 26, quem for ao restaurante ganha sobremesa.

Serviço
R. Lisboa, 971, Pinheiros, tel. (11) 95588-8181. Terça e quarta-feira, das 12h às 19h30; quinta a sábado, 12h às 16h e das 17h30 às 21h30.

***

Descorchados lança guia 2020

Divulgação

Em um lançamento em formato online, o Guia Descorchados (R$ 150), que cobre vinhos de Argentina, Chile, Brasil e Uruguai, chegou ao mercado nesta semana. A 21ª edição do compilado idealizado por Patrício Tapia pontuou e degustou mais de 3.000 rótulos de mais de 450 vinícolas. Obra indispensável para quem gosta de acompanhar a produção vitivinícola da América do Sul.

***

Woodford Reserve e Grupo DRK criam drinque exclusivo

Divulgação/Léo Feltran

Em homenagem ao Mês do Bourbon, quatro bares do grupo (Olívio, Mule Mule, Fortunato e Caulí) servem um drinque especial criado com a bebida premium. O Horse’s Neck, elaborado pelo embaixador de Woodford Reserve no Brasil, Júnior Oliveira, é à base de bourbon, ginger beer e cítricos. Custa R$ 32 e fica disponível até o fim de setembro.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: