Lucro da Xiaomi cresce no 2° tri com impulso de vendas de smartphones premium

As vendas para o exterior da Xiaomi voltaram aos níveis pré-pandêmicos, disse seu vice-presidente financeiro nesta quarta-feira, ao anunciar que o lucro mais que dobrou no segundo trimestre devido ao forte crescimento em seu negócio de smartphones premium.

A receita cresceu 3,1% no trimestre encerrado em 30 de junho, com as vendas subindo para 53,54 bilhões de iuanes (US$ 7,77 bilhões), superando as expectativas de analistas.

LEIA MAIS: Xiaomi tem aumento nas vendas do 1° trimestre

A receita geral da unidade de smartphones da empresa, que responde por quase dois terços de sua receita, caiu 1,2%, para 31,6 bilhões de iuanes. A Xiaomi vendeu 28,3 milhões de dispositivos no trimestre, ante 32,1 milhões no ano anterior.

No entanto, as vendas de smartphones premium nos mercados internacionais aumentaram 99,2% em relação ao ano anterior, com os preços médios de venda aumentando 11,8% no período.

“Isso mostra que nossos smartphones alcançaram um grande avanço no segundo trimestre”, disse Wang Xiang, CFO da Xiaomi, em teleconferência.

O smartphone de última geração da empresa teve um “crescimento explosivo” na Europa, onde seus envios de smartphones aumentaram 64,9%, disse Wang.

O lucro cresceu 129,8%, para 4,49 bilhões de iuanes.

A Xiaomi relatou um lucro líquido ajustado de 3,37 bilhões de iuanes, superando a estimativa média do mercado de 2,24 bilhões de iuanes, de acordo com dados da Refinitiv.

VEJA TAMBÉM: Xiaomi investirá US$ 7 bi em 5G, AI e IoT nos próximos 5 anos

A Xiaomi tem confiado cada vez mais em mercados internacionais, como a Índia, para impulsionar o crescimento, enquanto enfrenta a concorrência da Huawei, líder de mercado na China.

A receita da empresa nos mercados externos cresceu 10% ano a ano no segundo trimestre, respondendo por 44,9% de sua receita total. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).