Relator da MP da Eletrobras na Câmara diz que manteve 95% do texto aprovado no Senado

Segundo Elmar Nascimento, será retirada a emenda que previa indenização a concessionária do Piauí a pedido do governo.

Redação
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Colaborador/Getty Images
SOPA Images/Colaborador/Getty Images

O texto da MP (Medida Provisória) trata da desestatização da Eletrobras

Acessibilidade


O relator da MP (Medida Provisória) da Eletrobras na Câmara, Elmar Nascimento (DEM-BA), afirmou hoje (21) que manteve em seu parecer 95% do texto já aprovado pelo Senado e acrescentou que o relatório conta com o apoio da maioria dos líderes de bancada da Casa.

Segundo ele, permanece a “espinha dorsal” do texto enviado pelo Senado, mas será retirada, por exemplo, emenda que previa indenização a concessionária do Piauí a pedido do governo.

LEIA MAIS: Senado aprova texto-base da MP da privatização da Eletrobras

Elmar calcula que a votação da MP, prevista para esta tarde, seja concluída ainda hoje. A MP precisa ter sua tramitação finalizada nas duas Casas até amanhã (22) ou perde a validade. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: