Vendas no varejo dos EUA têm alta moderada em fevereiro

Preços mais caros de gasolina e alimentos forçaram as famílias norte-americanas a reduzirem os gastos em outros produtos.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/ Mark Makela
REUTERS/ Mark Makela

Vendas no varejo norte-americano aumentaram 0,3% no mês passado

Acessibilidade


As vendas no varejo nos Estados Unidos tiveram alta moderada em fevereiro uma vez que a gasolina e os alimentos mais caros forçaram as famílias a reduzirem os gastos em outros produtos, o que pode restringir o crescimento econômico neste trimestre.

As vendas varejistas aumentaram 0,3% no mês passado, disse o Departamento do Comércio hoje (16). O dado de janeiro foi revisado para cima para um aumento de 4,9% em vez de 3,8% como informado antes.

VEJA TAMBÉM: Consumidores dos EUA gastarão US$ 1 tri em compras online em 2022, diz estudo

Economistas consultados pela Reuters projetavam desaceleração do aumento das vendas a 0,4%, com as estimativas variando de queda de 0,7% a alta de 1,7%.

A alta moderada das vendas foi divulgada pouco antes de o Federal Reserve informar sua decisão de política monetária, com expectativa de aumento dos juros pela primeira vez em mais de três anos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Preços mais altos de alimentos e gás significam menos dólares para serem gastos em outros varejistas”, disse Sam Bullard, economista sênior do Wells Fargo.

Compartilhe esta publicação: