Twitter salta 4% em meio a relatos de que aceitará proposta de Elon Musk

Ações do Twitter subiram com os investidores animados com os relatos de que o conselho da empresa está negociando com Musk.

Sergei Klebnikov
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Musk anunciou na quinta-feira ter conseguido financiamento para bancar compra do Twitter

Acessibilidade


As ações do Twitter aumentaram os ganhos recentes e saltaram cerca de 4% em meio a relatos de que a empresa vai aceitar a proposta de compra do bilionário Tesla Elon Musk, com um acordo que deve ser anunciado ainda hoje (25).

As ações do Twitter subiram novamente hoje, com os investidores animados com os relatos de que o conselho de administração da empresa está negociando com Musk sobre sua oferta de compra.

Leia mais: Entenda a estratégia de Elon Musk para assumir controle do Twitter

O conselho do Twitter está considerando aceitar a oferta original de Musk de US$ 54,20 (R$ 266,50) por ação em dinheiro, levando a avaliação da empresa a cerca de US$ 43 bilhões (R$ 212,21 bilhões), e parece estar se aproximando de um acordo para vender a empresa, informaram várias publicações.

O conselho do Twitter teria se reunido ontem (24) para negociar a oferta de Musk e um anúncio formal é esperado até o final de hoje, embora os termos de um acordo ainda não estejam claros, informou o Wall Street Journal.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Até recentemente, esperava-se que o Twitter recusasse a oferta de Musk de comprar a empresa e torná-la privada, tendo adotado a chamada pílula de veneno para afastar qualquer aquisição hostil.

Mas o conselho agora parece estar mais receptivo à oferta de aquisição de Musk, especialmente depois que o bilionário da Tesla revelou em um registro da SEC na semana passada que havia garantido US$ 46,5 bilhões (R$ 229,48 bilhões) em financiamento.

Os relatórios mais recentes podem ser um “ponto de virada” e “provavelmente vieram da percepção do Conselho de que uma oferta alternativa de um ‘cavaleiro branco’ pode ser difícil de encontrar, especialmente após o declínio nos preços dos ativos das empresas de mídia social nas últimas semanas/meses”, diz Angelo Zino, analista sênior de ações da CFRA.

Leia mais: Musk diz que Twitter deveria ser ‘arena da liberdade de expressão’

As ações do Twitter subiram mais de 30% este mês, com a maioria dos ganhos vindo depois que Musk anunciou sua oferta para comprar a plataforma de mídia social no início deste mês.

“A disposição do Conselho de ter uma conversa construtiva junto com o financiamento em vigor aumenta a probabilidade de que um acordo possa se concretizar”, diz Zino. “Apesar da tática do Twitter de instilar uma ‘pílula de veneno’, parece que Elon tem o Conselho encurralado.”

Os analistas de Wall Street ficaram em grande parte divididos quando Musk veio a público pela primeira vez com sua oferta não solicitada de comprar o Twitter no início deste mês. Alguns especialistas previram que a “novela” terminaria com Musk adquirindo a empresa, enquanto outros permaneceram altamente céticos e rebaixaram as ações do Twitter em meio à incerteza. A grande maioria dos analistas mantém uma classificação de “hold” nas ações do Twitter enquanto o mercado espera para ver o que acontece com a potencial aquisição de Musk.

>> Leia mais: Estão abertas as inscrições para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: