Loft faz mais uma demissão em massa e corta 12% da equipe

Unicórnio fundado por Florian Hagenbuch e Mate Pencz já realizou 543 desligamentos neste ano

Redação
Compartilhe esta publicação:
Logo da Loft, com letras brancas e fundo laranja
Divulgação/portal Loft

Em meio a um cenário de alta de juros e desaceleração do mercado, o grupo afirmou que o processo se adequa à nova realidade global.

Acessibilidade


A startup Loft, unicórnio do setor imobiliário, informou hoje (5) que realizou mais um processo de demissão em massa. Em abril deste ano, a empresa já havia desligado 159 pessoas do seu quadro de funcionários.

Leia mais – Demissões nas startups: veja quais empresas demitiram mais

Em nota, a companhia anunciou que 12% da equipe, de 3,2 mil funcionários, foram demitidos nesta manhã, totalizando 384 pessoas. Ao todo, desde o primeiro semestre, a Loft já realizou 543 demissões.

Como se recolocar após onda de demissões nas startups

Em meio a um cenário de alta de juros e desaceleração do mercado, o grupo afirmou que o processo se adequa à nova realidade global, e que a empresa está dando passos importantes para “suportar a continuação do atual ritmo de forte crescimento em seus negócios.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Por que startups brasileiras têm demitido tanto? Entenda

“A redução se soma a outras medidas de aumento de eficiência tomadas nos últimos meses, após quatro anos de crescimento agressivo e consistente, tanto através de produtos desenvolvidos organicamente quanto via aquisições”, afirmou a Loft em comunicado.

A startup informou que os funcionários demitidos terão auxílio para recolocação no mercado. “Além disso, os colaboradores impactados receberão um pacote especial de benefício, com extensão do plano de saúde para o titular e dependentes por dois meses”.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Compartilhe esta publicação: