Receita do e-commerce europeu deve atingir US$ 465 bilhões em 2021, Clearlake Capital, Oystr, Receiv, Ao Cubo & Muito Mais

TENDÊNCIAS INTERNACIONAIS

Receita do comércio eletrônico europeu deve chegar a US$ 465 bilhões em 2021

O boom de vendas online liderado pela Covid-19 causou um crescimento significativo do mercado europeu de comércio eletrônico, tanto em termos de receita quanto de número de usuários. À medida que milhões de pessoas continuam migrando suas lojas físicas para as virtuais, a receita de comércio eletrônico do velho continente deve atingir um novo recorde até o final do ano.

A previsão é que a receita apenas com as compras online atinja US$ 465 bilhões em 2021, 30% a mais do que antes da pandemia, segundo a consultoria italiana Finaria. O setor de e-commerce na Europa tem registrado saltos de crescimento nos últimos três anos. Em 2018, a receita cresceu US$ 24,8 bilhões em relação ao ano anterior e atingiu US$ 320,6 bilhões, segundo uma pesquisa Statista. No final de 2019, esse número saltou mais US$ 33,6 bilhões, chegando a US$ 354,1 bilhões.

Ainda de acordo com os dados da Statista, no ano passado a receita atingiu um recorde de crescimento, quando aumentou US$ 71 bilhões em relação a 2019, alcançando a marca de US$ 425,2 bilhões. Nesse contexto, a pesquisa revela que a tendência deve se manter em 2021, com todo o mercado crescendo mais 9,5% ano a ano. Em 2025, o comércio eletrônico da Europa deve atingir o valor de quase US$ 570 bilhões.

Robôs de serviço podem movimentar US$ 30 bilhões em vendas até 2022

Westend61

Ao contrário do setor de robótica industrial, os robôs de serviço foram impulsionados pela pandemia de Covid-19. De acordo com os dados apresentados pela Buy Shares, espera-se que este mercado atinja mais de US$ 30 bilhões em vendas até 2022, um aumento de 30% em dois anos.

Em 2018, o setor movimentou US$ 13,7 bilhões em volume de vendas, revelou uma pesquisa da Statista. Este número aumentou quase 70% nos dois anos seguintes, atingindo US$ 23,1 bilhões em 2020. A crescente demanda por robôs de serviço deve continuar em 2021, com o valor das vendas aumentando em mais 17% ano a ano, para US$ 27 bilhões. Até o final de 2022, prevê-se que esse número aumente em mais US$ 3 bilhões.

Os dados da Statista indicam, ainda, que o mercado de robótica de serviços é liderado pelas Américas, com um valor de vendas estimado de US$ 10,8 bilhões em 2021, contra os US$ 7,4 bilhões de antes da pandemia. A expectativa é que esse número salte para mais de US$ 12 bilhões em 2022. Em seguida, vem a região Ásia-Pacífico, que deve atingir quase US$ 7,4 bilhões em volume de vendas em 2021, um salto de 20% em um ano. O mercado europeu vem na sequência, com US$ 7,3 bilhões.

Domino’s vai usar robôs para entregar pizzas no Texas – Forbes Brasil

Número de assinantes do Playstation Plus aumenta 22% em 2020

De acordo com dados apresentados pela Safe Betting Sites, o Playstation Plus – serviço de assinatura paga da Playstation Network que dá aos usuários acesso a recursos premium – cresceu para 47,4 milhões de assinantes em 2020, um aumento de 22% em relação a 2019. Além dos assinantes, o serviço de entretenimento digital gratuito da PSN registrava, em dezembro do ano passado, 114 milhões de usuários ativos.

Em setembro de 2020, o Playstation Plus revelou seus planos de transportar os usuários dos consoles PS4 para os consoles PS5 da nova geração. A Sony anunciou que os assinantes que comprarem a nova versão do videogame terão acesso à coleção Playstation Plus, que inclui 20 títulos que a companhia considera como “definidores de geração” para o PS4. Dez dos jogos são do Sony’s Worldwide Studios, enquanto os dez restantes são de alguns dos maiores nomes dos jogos AAA.

O PS Plus também disponibilizou todos os 20 jogos no início, em vez de ter lançamentos mensais incrementais. A coleção inteira tem um MSRP (preço de varejo sugerido pelo fabricante) de US$ 474,80 de acordo com os custos atuais listados na loja PS com uma pontuação média do Metacritic de 85,15, mais de 10 pontos a mais do que os jogos gratuitos de 2020 oferecidos.

***

TENDÊNCIAS NACIONAIS

Pesquisa revela que brasileiro aprova a telemedicina

A Conexa Saúde encomendou ao Datafolha uma pesquisa inédita para entender a aceitação e adoção da telemedicina por médicos e pela população em geral a partir da pandemia da Covid-19. Realizado entre os meses de novembro e dezembro de 2020, o estudo mostrou que 41% dos entrevistados acreditam que uma emergência em saúde pode ser resolvida pela telemedicina.

Entre as especialidades mais procuradas por quem já experimentou a atendimento, há uma preocupação com a saúde em geral, com destaque para a saúde mental e nutricional: um terço das consultas (32%) ocorre na área de clínica geral, seguida de psicologia/psicanálise (28%) e nutricionista (9%). Outro dado importante destaca que as pessoas que já foram atendidas remotamente por um profissional de saúde estão abertas a adotar a telemedicina como um hábito: 73% dos pacientes voltariam a realizar consultas por videochamada.

Os dados apontam, ainda, que 77% da população entrevistada considera a telemedicina prática, e 61% gostam de ter o acompanhamento do profissional de saúde por meio da ferramenta. Entre os entrevistados que ainda não tiveram nenhuma experiência com o atendimento online, 44% deles consideram provável o uso do recurso.

O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

Clearlake Capital compra proprietária da HostGator por US$ 3 bilhões

Divulgação

O Grupo Internacional Endurance, que está presente em 20 países com mais de 5 milhões de clientes, foi vendido para o fundo de private equity norte-americano Clearlake Capital por US$ 3 bilhões (R$ 16,5 bilhões). A informação foi fornecida com exclusividade à Forbes.

Com um portfólio de 60 marcas de tecnologia, o conglomerado é dono da HostGator, companhia norte-americana que possui uma de suas quatro sedes no Brasil, e oferece soluções de hospedagens para sites desde 2002. No ano passado, o serviço chegou à marca de 400 mil consumidores na América Latina.

A aquisição faz com que o Grupo Endurance deixe de ser uma empresa de capital aberto na Nasdaq e volte a ser uma companhia privada. “Isso nos permite avançar mais rápido e mais livremente do ponto de vista operacional para atingir nossos objetivos de crescimento”, afirma o CEO da HostGator, Robledo Ribeiro. “Existe uma grande demanda por serviços e produtos para presença online, e queremos ser parte da solução.”

Oystr conquista selo do Cubo Itaú

A Oystr, desenvolvedora de robôs inteligentes para a integração de escritórios de advocacia e departamentos jurídicos, anunciou com exclusividade à Forbes Brasil a conquista do selo de parceria do Cubo Itaú, hub de inovação do Itaú Unibanco que tem como objetivo fomentar o ecossistema empreendedor. Com isso, a legaltech se torna membro da associação. De acordo com Rafael Caillet, CEO da Oystr, a conquista é uma grande oportunidade para a startup, que tem como objetivo oferecer suas soluções para outros nichos de mercado. “Com a parceria, ganhamos uma exposição que possibilita expandir a nossa atuação para outros segmentos de mercado”, diz o executivo.

Receiv otimiza departamento de contas a receber da Unimed Grande Florianópolis

A Unimed Grande Florianópolis está investindo em inovação para reinventar o departamento de contas a receber. Nesse processo de modernização, a empresa contou com o apoio da fintech Receiv, sistema de cobrança inteligente que reduz a complexidade operacional e aprimora a jornada, como um importante aliado diante da dificuldade de lidar com a burocracia e morosidade nas atividades ligadas aos inadimplentes. Com exclusividade à Forbes Brasil, a Unimed reforçou a importância da parceria, não apenas para o negócio, mas para todo o ecossistema corporativo. “O processo de cobrança por si só já é bem desgastante e, com a Receiv, conseguimos torná-lo menos agressivo. Além de ser automatizada, a solução consegue aplicar uma comunicação mais sutil, com um atendimento personalizado e mais humano”, afirma Lucas Schneider, IT Business Partner da Unimed Florianópolis.

Programa de formação em Elixir da Stone atrai mais de 1.000 pessoas

O primeiro programa de formação em Elixir criado pela Stone atraiu 1.169 pessoas interessadas na linguagem de programação, uma das principais tecnologias usadas pela companhia. O objetivo era contratar as pessoas, formá-las durante um mês e depois direcioná-las aos times de tecnologia. Ao longo do processo de seleção, 84 candidatos foram aprovados no desafio técnico e entrevistados, e 46 passaram por uma entrevista de cultura. No final,  33 candidatos foram aprovados e contratados.

TUDDU lança e-marketplace para facilitar a compra e venda na internet

Com foco no segmento de moda, o novo e-marketplace TUDDU, previsto para estrear em maio, pretende ser uma opção para importadores, distribuidores, revendedores e varejistas que queiram comprar e vender no atacado, além de consumidores interessados no varejo. Disponível para web, iOS e Android, a plataforma também terá um espaço físico na capital paulista, com estúdio de fotografia para produção de campanhas com influenciadoras do segmento, e showroom, onde elas poderão experimentar looks e compartilhar com os seguidores suas peças favoritas. 

Wayra celebra 10 anos com 800 startups investidas

A Wayra, hub de inovação aberta da Vivo criado em 2011, está celebrando seu 10o  aniversário. Desde seu lançamento, a iniciativa ajudou a criar e transformar ecossistemas de empreendedorismo na  Europa e na América Latina, e investiu globalmente em 800 startups, impulsionando a criação de mais de 10 mil empregos. Só no Brasil, foram investidos mais de R$ 19 milhões em 79 startups. Hoje, o portfólio da companhia conta com 32 startups que, juntas, valem mais de R$ 1 bilhão e tiveram faturamento total de cerca de R$ 500 milhões no último ano.

Localiza expande atuação no Recife e cria laboratório de tecnologia

Divulgação

O crescente ecossistema de inovação do Recife ganhará um Localiza Labs, laboratório de tecnologia da locadora de automóveis, localizado em frente ao Aeroporto Internacional. O espaço permitirá que os colaboradores vivenciem, de perto, a dinâmica do negócio, entendam o comportamento dos clientes e os detalhes da operação e, assim, possam viabilizar a construção de soluções de mobilidade cada vez mais aderentes às necessidades sociais. A previsão é que o Localiza Labs Recife esteja pronto ainda este ano.

App Itaú disponibiliza desbloqueio de iToken por reconhecimento facial

O Itaú Unibanco acaba de integrar ao seu aplicativo uma nova tecnologia de reconhecimento facial para habilitação do iToken. Até então, os clientes que precisassem reinstalar o app – por conta de troca de celular, por exemplo – precisavam se deslocar até o caixa eletrônico para habilitar o dispositivo. Com a nova tecnologia, o cliente pode fazer o procedimento diretamente no celular. O recurso está sendo disponibilizado gradativamente para usuários iOS e Android.

Positivo Tecnologia licencia a marca e incorpora as operações da Compaq no Brasil

A Positivo Tecnologia anunciou recentemente o licenciamento da marca Compaq e a incorporação das operações para fabricar, comercializar e prestar assistência técnica em modelos de notebooks, desktops e all-in-one no Brasil. Com o negócio, a Positivo se consolida como uma grande plataforma multimarcas de fabricação, distribuição e atendimento de soluções de tecnologia de hardware no país. O negócio permitirá, ainda, uma atuação mais abrangente na categoria de notebooks com as marcas Positivo, Vaio e Compaq.

EasyFarm apresenta plataforma completa de gestão agrícola

Acaba de chegar ao mercado o EasyFarm, um aplicativo que integra todas as informações financeiras, contábeis, operacionais, resultados pós-colheita e de rastreabilidade em uma única ferramenta. Desenvolvido como um hub agrícola, a ferramenta nasceu com o objetivo de tornar a tomada de decisão mais rápida, eficiente e capaz de proporcionar maior retorno econômico ao setor agrícola. A ferramenta funciona on e offline, permitindo que o produtor que estiver no campo, eventualmente sem conexão, consiga inserir os dados. O app funciona com um serviço de assinatura mensal, calculado com base no hectare produtivo declarado pelo agricultor.

Edtech oferece ensino de inglês via WhatsApp

A ChatClass aproveitou a força do WhatsApp no Brasil para potencializar o ensino de inglês. Com sua ferramenta de inteligência artificial integrada ao chatbot, a startup permite que os alunos façam atividades de texto, áudio e recebam feedbacks em tempo real tanto automatizados quanto de professores. Baseada no conceito de chat-based learning, a plataforma possibilita que os educadores recebam dados da performance e esforço de suas turmas de forma simples e efetiva. Em seus quatro anos de atuação, a empresa impactou mais de 500 mil pessoas.

Claro anuncia parceria com startup de drones para delivery aéreo

A Claro divulgou recentemente que fechou uma parceria com a Speedbird Aero, empresa com soluções e tecnologia disruptiva de drones no país. Com a novidade, a operadora se torna a primeira empresa no mercado de telecom do país a ter o drone de carga, com rotas aprovadas pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e pelo Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo). Em março, a Speedbird Aero também fechou uma parceria com a Mercedes-Benz Vans para realizar o transporte e entrega de produtos, tendo como base móvel da operação a Sprinter Furgão. 

HOPE e Showkase firmam parceria para digitalizar lojas físicas 

A Showkase, plataforma que realiza a digitalização de negócios de forma integrada aos canais online, está trabalhando com a HOPE, empresa de moda íntima, para ajudar os lojistas que comercializam peças da marca a migrarem suas lojas para o ambiente digital, utilizando as redes sociais e o e-commerce como principais canais de venda. Com a iniciativa, os lojistas da grife poderão criar catálogos digitais para enviar aos clientes, ganhar relevância nas pesquisas do Google, vender via Instagram e Facebook, fazer anúncios profissionais nas redes sociais e gerar um atendimento humanizado por meio de malas virtuais para seus clientes.

Afya Educacional anuncia aquisição da Cliquefarma

O grupo de educação médica Afya Educacional anunciou a aquisição da Cliquefarma, site voltado para o consumidor final especializado na comparação de preços de medicamentos e outros produtos de saúde. O valor da compra foi de R$ 19 milhões, dos quais 15,8% serão pagos em ações da Afya e 84,2% em dinheiro, na data de fechamento da aquisição. Esta é a sexta aquisição da Afya no segmento de serviços digitais, que comprou  também a PEBMED, Medphone, iClinic, Medicinae e Medical Harbour.

Especialistas lançam o primeiro livro sobre a futura rede 6G

Divulgação

Baseada em estudos científicos, a obra “6G – A Estrada para a Futura Rede Sem Fio em 2030” chega ao mercado para avaliar o estado de todas as gerações de redes celulares móveis atuais e destacar as principais inovações científicas de suporte necessárias para a nova tecnologia. Escrito pelo Professor Doutor Ramjee Prasad e pelo estudante de doutorado Paulo Sergio Rufino Henrique, da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, o livro aborda inteligências artificiais, comunicações holográficas e em 3D, quantum machine learning, os avanços possíveis com o 6G, comunicações ópticas wireless, futuros casos de uso da tecnologia e muitos outros aspectos ligados ao tema.

Inter anuncia aquisição de 50% da IM Designs

O Inter divulgou um acordo para aquisição de uma participação societária na IM Designs. A compra de 50% do negócio faz parte da estratégia de M&As do banco, que busca novas aquisições de empresas com sólida base tecnológica e perfil inovador. Os sócios fundadores da IM Designs continuarão à frente da gestão, mas a efetivação do acordo ainda depende de aprovação do Banco Central. O valor da compra não foi divulgado.

DocuSign amplia presença na América Latina

A DocuSign, que permite às organizações gerenciarem contratos eletrônicos, terminou o ano passado com um aumento de 49% no volume de negócios e uma receita de US$ 1,5 bilhão. Em 2021, a empresa deu início à expansão na América Latina, mirando na transformação digital das operações no Brasil e de olho em serviços para o setor público. Este mês, a empresa prepara-se para iniciar as operações no México, com um escritório que vem com a missão de fortalecer a presença já crescente das soluções da empresa em diversos setores da economia latino-americana.

***

CENTROS DE INOVAÇÃO

Porto Digital e PwC Brasil fecham parceria focada em consultoria e inovação

O parque tecnológico Porto Digital firmou um contrato de cooperação mútua com a PwC Brasil, empresa especializada em consultoria e auditoria. A parceria visa à troca de experiência entre as duas instituições, que trabalharão juntas dando suporte a programas de empreendedorismo do parque, como o Mind the Bizz, voltado a negócios em estágio inicial, e a incubação, focada na maturação de startups. As empresas que passarem pelos programas de suporte empreendedor poderão usufruir de master classes, palestras, consultorias e materiais técnicos.

inovabra habitat anuncia novos parceiros

O inovabra habitat – ambiente de coinovação do Bradesco dedicado à geração de negócios baseado em blockchain, big data, algoritmos, internet das coisas, inteligência artificial, open API, plataformas digitais e computação imersiva – ganhou 30 novos membros no primeiro trimestre de 2021, sendo sete corporações e 23 startups de diferentes segmentos. O grupo de empresas inclui AMBEV, Cocamar, CSD, Fujitsu, GS1, Huawei e SuperCampo. Entre as novas startups, estão Alstra, Autolog, Carnegie Brasil, Certul, Dominus Soli, Eskive, Hackmed, HandOver, Inspire IP e Vencorr.

***

CRESCIMENTO

Plataforma imobiliária detecta 80% de aumento nas vendas no 1º trimestre

O AoCubo, imobiliária digital que transforma a experiência de compra e venda de imóveis novos por meio de tecnologia, contou com exclusividade à Forbes Brasil que detectou um aumento de 80% nas vendas em sua plataforma no primeiro trimestre de 2021. Segundo a empresa, a venda de apartamentos de médio e alto padrão cresceu 37% na cidade de São Paulo, no comparativo com o mesmo período no ano anterior. As vendas de apartamentos econômicos (Programa Casa Verde Amarela) também cresceram, registrando um salto de 27% no mesmo período.

Triider cresce 157% no último ano

O Triider, plataforma de serviços de manutenção e pequenas reformas, em seu primeiro ano após a aquisição pela Juntos Somos Mais – joint-venture de Votorantim Cimentos, Gerdau e Tigre – registrou um crescimento de 157% entre março de 2020 e março de 2021, e teve um aumento de 42% em pedidos de orçamentos apenas no primeiro trimestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano anterior. A plataforma funciona como um marketplace que une clientes a profissionais especializados e já conta com mais de 1.000 profissionais cadastrados em Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. A empresa pretende faturar R$ 12 milhões e expandir as operações para mais de 40 cidades até o final do ano.

Startup fitness cresce 252% no último ano

Divulgação

Com o objetivo de auxiliar a vida online de personal trainers, a MFIT Personal chegou ao mercado em 2018 por meio de sua plataforma de gerenciamento com foco, a princípio, nos profissionais da região sul do país. Desde então, a empresa expandiu os negócios para todos os estados e registrou, no último ano, 252% de crescimento. Atualmente, a startup tem cerca de 500 mil alunos e uma base de professores que cresce 300% ao ano. O app inclui a prescrição de treinos e planilhas, anamneses personalizadas e vídeos explicativos, entre outros recursos.

SenseData cresce quase 300% em três anos

A SenseData, startup camelo especializada no gerenciamento de customer success, cresceu 100% de 2017 para 2018 e de 2018 para 2019. No último ano, a empresa cresceu mais 65%, e espera repetir o sucesso dos anos anteriores. Com uma plataforma que integra e utiliza dados acionáveis para ajudar na tomada de decisão, proatividade e na construção de um relacionamento de confiança entre empresas e clientes, a startup atende mais de 100 empresas como Unilever, Linx, Gupy, Reclame Aqui e VR Benefícios. Ao todo, são mais de 4 milhões de clientes gerenciados pela plataforma, com cerca de 2.500 usuários ativos.

Healthtech de soluções de imobilização articular biodegradáveis cresce 350%

A Fix It, startup que desenvolve soluções em impressão 3D que auxiliam no procedimento de fraturas e na recuperação de casos pós-cirúrgicos, registrou um crescimento de 350% em 2020. A marca, que atualmente opera no Paraguai, Uruguai, Argentina e Brasil, prevê um crescimento de 150% em 2021. Segundo Felipe Neves, CEO e cofundador, a startup está se preparando para uma rodada de investimentos e pretende seguir expandindo sua atuação para além do território nacional.

LEIA MAIS: Healthtech brasileira desenvolve solução inovadora para democratizar tratamento de lesões

Startup de vinho na bag-in-box investe em vendas online e cresce 315%

Vinius Murari/Divulgação

Com uma estratégia de expansão dos clientes digitais e conhecimento na jornada do consumidor apoiada nas mudanças de hábitos que a quarentena trouxe, a Fabenne – primeira startup de vinhos bag-in-box do Brasil, com embalagens próprias para a bebida, eco-friendly, fáceis de manusear e que preservam a qualidade do produto por até um mês após aberto – vendeu, no ano passado, 40 mil bags, que representam 800 mil taças de vinhos e o dobro do resultado obtido pela marca em 2019. Durante a pandemia, a empresa atingiu um faturamento de R$ 4 milhões, que corresponde a um crescimento de 315%. Para 2021, a Fabenne busca um crescimento de 500% e um faturamento de R$ 16 milhões.

***

PRÊMIOS E RECONHECIMENTOS

Prêmio EDF Pulse anuncia vencedores da 2ª edição brasileira

O Grupo EDF revelou os dois vencedores da edição do Prêmio EDF Pulse Brasil, que reconhece projetos inovadores de startups nacionais com soluções inteligentes para os desafios das cidades e indústrias. As escolhidas foram MovE, na categoria smart city, e Phygitall, em smart factory. Os projetos foram avaliados por um júri de especialistas e executivos do grupo, que considerou a qualidade e robustez das soluções, o impacto e progresso para a sociedade, sustentabilidade do modelo do negócio, e visão, experiência e habilidades da equipe. As startups foram premiadas com R$ 20 mil cada.

***

IMPACTO SOCIAL

Novo recurso da Tembici mostra a economia de CO2

A Tembici, especializada em tecnologia para micromobilidade, anunciou uma nova funcionalidade no app Bike Itaú: agora, os usuários que pedalam as laranjinhas receberão informações sobre a quantidade de CO2 economizados ao finalizarem suas viagens, além do resumo de tempo e calorias gastas. As informações ficarão registradas na conta do usuário no app e suas conquistas e contribuições com o meio ambiente poderão ser compartilhadas nas redes sociais.

LEIA MAIS: Tembici capta US$ 47 mi com IFC, Redpoint eventures, Valor e Joa

Mastercard lança calculadora de emissão de carbono

Divulgação

A Mastercard e a startup Doconomy desenvolveram a calculadora de carbono, que democratiza o acesso a insights e dados sobre o impacto na emissão de carbono dos bancos. A plataforma apresenta um informativo instantâneo sobre as emissões que o consumidor gerou por suas compras, e oferece dicas para zerar essa atividade, como o número de árvores necessárias para absorver a mesma quantidade de CO2 e sugestões de como viver de forma mais sustentável. Os bancos podem integrar a calculadora aos seus aplicativos móveis a partir das novas APIs disponíveis no Mastercard Developers.

***

TECNOLOGIA DO BEM

iTech Care Lança Solução de saúde mental para as empresas

Divulgação

A iTech Care acaba de lançar uma oferta para as áreas de recursos humanos com o objetivo de cuidar da saúde mental dos colaboradores. O Dashboard de Saúde Mental apresenta uma visão clara, progressiva ou regressiva, dos funcionários que precisam de um acompanhamento mais próximo. Os dados fornecidos pela plataforma permitem análises preditivas de risco e orientam a implementação de ações preventivas, minimizando o agravamento dos quadros e reduzindo riscos financeiros para as empresas.

Samsung apoia o desenvolvimento de tecnologia para a triagem de autismo

A CogniSigns, que integra o programa nacional de aceleração do Samsung Creative Startups, está desenvolvendo uma solução simples e inovadora para agilizar o diagnóstico do TEA (Transtorno do Espectro do Autismo): uma plataforma que pode ser acessada por smartphone, notebook e tablet para ajudar pais, responsáveis e profissionais de saúde e educação a identificar possíveis sinais. Baseada em neurociência e inteligência artificial, a ferramenta será capaz de identificar sinais de TEA e comportamentos indicadores de superdotação. O paciente poderá fazer um pré-diagnóstico online e gratuito e receber os resultados automaticamente pela plataforma.

LEIA MAIS: Neurodiversidade: duas empresas contam como é ter colaboradores autistas em sua força de trabalho

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).