QuintoAndar capta US$ 300 milhões, Aurora Solar, Clara, Beejobs & Muito Mais

Acompanhe os últimos aportes no ecossistema de inovação.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


QuintoAndar recebe investimento de US$ 300 milhões

A proptech QuintoAndar acaba de anunciar um aporte série E de US$ 300 milhões. A rodada foi liderada pelo fundo Ribbit Capital, com participação do SoftBank Latin America Fund, LTS, Maverick, Alta Park, Dragoneer, Qualcomm e Kaszek Ventures. Com o investimento, a empresa vai apostar em inovações para sua plataforma, que hoje conta com mais de R$ 50 bilhões de ativos sob gestão, e acelerar a expansão fora do Brasil, a começar pelo México. Essa é a quinta captação da proptech desde sua fundação em 2013, e elevou o valor de mercado da startup para US$ 4 bilhões.

LEIA MAIS: QUINTOANDAR VALE US$ 4 BILHÕES COM NOVA RODADA E INICIA INTERNACIONALIZAÇÃO

Aurora Solar levanta US$ 250 milhões e vira unicórnio

Fundada em 2013 por Samuel Adeyemo e Christopher Hooper, a Aurora Solar é uma plataforma de software para venda e design de energia solar que permite que os profissionais determinem remotamente as características de uma instalação. Na segunda-feira (24), a startup anunciou o encerramento de uma rodada da série C de US$ 250 milhões – um aumento de cinco vezes desde a série B de US$ 50 milhões anunciada em novembro. Após o último financiamento, a startup diz que alcançou o status de unicórnio, com uma avaliação de US$ 2 bilhões. 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

LEIA MAIS: Startup de energia solar capta US$ 250 milhões e é o mais novo unicórnio norte-americano

ADDI capta US$ 65 milhões em operação liderada pelo Union Square Ventures

Focada em meios de pagamentos e crédito para lojas virtuais, a fintech colombiana ADDI anunciou esta semana a captação de US$ 65 milhões em uma rodada série B. Os recursos serão usados para dobrar de 30 para 60 o time de colaboradores no Brasil e expandir as parcerias com lojas virtuais, hoje formada por uma rede com mais de 30 varejistas conectados à solução. O fundo Union Square Ventures liderou o investimento, acompanhado pela Architect Capital, Endeavor Catalyst, Andreessen Horowitz, Monashees e outros investidores. 

LEIA MAIS: Fintech colombiana de “crediário 2.0” capta R$ 350 milhões em série B

Yalo recebe investimento de US$ 50 milhões

A plataforma de comércio conversacional Yalo, anteriormente conhecida como Yalochat recebeu um aporte de US$ 50 milhões em uma rodada de investimento da série C liderada pelos investidores do B Capital Group. Com o valor, seu total de aportes chega a US$ 75 milhões. A Yalo opera nos Estados Unidos, México, Brasil e Índia, e usará os recursos para aprofundar sua presença na América Latina e no Sudeste Asiático, além de financiar o desenvolvimento de novas ofertas de produtos, incluindo soluções de marketing conversacional e pagamentos.

Startup Clara levanta US$ 30 milhões

A startup de gerenciamento de gastos corporativos Clara anunciou na quarta-feira (26) que recebeu um aporte de US$ 30 milhões. O investimento – liderado por Tom Stafford, da DST Global, com participação da Monashees, Kaszek Ventures, Avid Ventures e investidores anteriores, como a General Catalyst – chega em um momento estratégico em que a empresa trabalha para expandir suas operações na América Latina, com contratações inclusive no Brasil.

LEIA MAIS: Startup de gerenciamento de gasto corporativo, Clara recebe aporte de US$ 30 milhões

Beejobs levanta R$ 48 milhões

A HRTech Beejobs anunciou, na segunda-feira (24), a captação de R$ 48 milhões numa rodada liderada pela Capital Indigo. Com o aporte, a empresa pretende se consolidar como a maior startup de recursos humanos da América Latina, expandindo sua atuação para Argentina e Nicarágua. A Beejobs também vai desenvolver sua ferramenta de inteligência artificial para otimizar os processos de recrutamento e seleção.

LEIA MAIS: Beejobs recebe investimento de R$ 48 milhões e mira expansão na América Latina

Justos chega ao Brasil com aporte de R$ 15 milhões

Criada com a proposta de modernizar a contratação de seguros de automóveis, a recém-lançada Justos levantou R$ 15 milhões em uma rodada seed liderada pelo fundo de investimentos Kaszek, com participação da Big Bets. Também participaram da rodada David Vélez, do Nubank, Sergio Furio, da Creditas, e Patrick Sigrist, fundador e ex-CEO do iFood, entre outros.

A empresa acaba de chegar ao mercado brasileiro com a promessa de utilizar inteligência artificial e visão computadorizada para analisar e processar solicitações de forma mais simples e rápida, diminuindo o tempo de solução dos sinistros. “É dessa maneira que queremos trazer os preços justos para os nossos seguros. A tecnologia vai nos auxiliar a trazer essa ‘justiça’ para o mercado”, afirma Dhaval Chadha, um dos fundadores. Além de investir nas tecnologias, a empresa pretende ampliar o seu time de colaboradores, com foco em profissionais de data science, tecnologia, product marketing, regulação, precificação e operações.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: