Ações de empresas agrícolas globais atingem novos recordes

ADM, Bunge, Cargill e e Louis-Dreyfus – denominado quarteto ABCD – são as quatro maiores do agronegócio no mundo.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Bryan Woolston/Reuters
Bryan Woolston/Reuters

Colheita de soja em Indiana, nos EUA

Acessibilidade


As ações das tradings e processadoras de commodities agrícolas Archer-Daniels-Midland e Bunge continuam em alta e atingiram novos recordes após subirem 2,3% e 1,6%, respectivamente.

Outras ações de empresas do setor, como FMC e Corteva, também bateram máximas históricas após ganhos de 1,5% e 2%.

VEJA TAMBÉM: ADM inaugura centro de inovação na América Latina

As ações de companhias de fertilizantes, como CF Industries Holdings e Mosaic, também superam suas máximas anteriores. A Nutrien atingiu máximas de todos os tempos recentemente.

A Louis Dreyfus, de capital fechado, tornou-se a mais recente gigante de grãos a registrar um salto no lucro anual, à medida que a atividade econômica se recuperou da pandemia de Codiv-19 em 2021.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

ADM, Bunge, Cargill e e Louis-Dreyfus — denominado quarteto ABCD — são as quatro maiores do agronegócio no mundo.

A Dreyfus alertou que crise na Ucrânia e restrições comerciais relacionadas podem ter impacto material nas operações, adicionando incerteza para um projeto de terminal de exportação de grãos há muito atrasado em um porto russo do Mar Negro.

A Bunge disse na terça-feira (22) que sua instalação portuária na Ucrânia sofreu “alguns danos” enquanto os combates aconteciam. A instalação foi fechada desde a invasão da Ucrânia por Moscou.

Compartilhe esta publicação: