Rolls-Royce tem recorde histórico de vendas em 2019

A Rolls-Royce registrou recorde anual de vendas em 2019, com performance inédita nos 116 anos de história da empresa. Um total de 5.152 carros foram entregues aos clientes em mais de 50 países em todo o mundo, apresentando um aumento de 25% em relação ao mesmo período de 2018. Com os resultados, a Rolls-Royce continua contribuindo significativamente para a performance total do seu proprietário, o grupo BMW.

Veja também: A Rolls Royce comemora 100 anos do primeiro voo transatlântico sem escalas

O CEO da Rolls-Royce Motor Cars, Torsten Müller-Ötvös, comentou os números e disse que o sucesso de vendas da empresa é de uma magnitude diferente de qualquer outro ano anterior: “Enquanto celebramos esses resultados notáveis, continuamos conscientes da principal promessa feita a nossos clientes, a de manter a marca rara e exclusiva, a demanda mundial pela nossa Cullinan SUV é o motivo de todo este sucesso, que está previsto para se estabilizar em 2020.”

Divulgação
Divulgação

Clássico Rolls-Royce: modelo Phantom

Em 2019, foi observada uma forte demanda por todos os modelos da marca. O clássico Phantom, continua no seu devido lugar como o produto pináculo da companhia. O conversível icônico Dawn e o esportivo Wraith continuam dominando seus respectivos setores enquanto a nova SUV da marca, a Cullinan, gerou aplausos da mídia depois do clamor público pela maior lista de pedidos e o mais rápido crescimento de vendas pós-lançamento de qualquer modelo Rolls-Royce de todos os tempos. Em seu primeiro ano de existência o modelo excedeu até mesmo as mais altas expectativas, recebendo o apelido de “Effortless Everywhere” – o que quer dizer “sem esforços em qualquer lugar”.

Divulgação
Divulgação

Black Badge Cullinan, a SUV que fez sucesso em 2019

Já o modelo Ghost deixa de ser fabricado no fim de 2019, mas não por muito tempo. Depois de 11 anos de produção ininterrupta do carro, desde seu lançamento no Motor Show de Frankfurt em 2009, o carro se tornou indiscutivelmente um clássico da marca sendo o modelo mais vendido de todos os tempos entre os Rolls-Royce. O seu sucessor está previsto para meados de 2020 depois de passar cinco anos em desenvolvimento.

Veja também: Jaguar Land Rover lança dois novos carros de luxo no Brasil

A Rolls-Royce também vai realizar novos investimentos em 2020 na fábrica em Goodwood. Os projetos incluíram refinamento nas facilidades da fábrica, que já eram de alta qualidade, nos equipamentos e nos processos para maximizar a eficiência e garantir os altos níveis da qualidade que os clientes Rolls-Royce demandam. Müller-Ötvös afirmou que não existe outra empresa como a Rolls-Royce: “Nós sabemos sobre o privilégio que é criar, construir e entregar o melhor carro do mundo para nossos clientes. Pessoalmente, eu continuo me sentindo honrado em ter liderado esta companhia pela última década.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).