Ações da Tesla superam valor de mercado combinado de GM e Ford

Aly Song/Reuters
Presidente da Tesla, Elon Musk, participa de cerimônia de inauguração de fabricação do modelo Model Y, na China

As ações da montadora de carros elétricos Tesla superaram hoje (8), pela primeira vez, o valor de mercado combinado de General Motors e Ford Motor.

Os papéis da Tesla subiam cerca de 5% às 17h10 (horário de Brasília), atingindo recorde e levando o valor de mercado da companhia para cerca de US$ 88 bilhões.

LEIA MAIS: Tesla cumpre piso de meta de entregas de veículos de 2019

O montante é US$ 2 bilhões mais alto que o valor combinado de General Motors (US$ 49 bilhões) e Ford (US$ 37 bilhões).

Fomentadas por um lucro inesperado no terceiro trimestre, progresso da primeira fábrica da empresa na China e entregas de veículos acima das previsões no quarto trimestre, as ações da Tesla quase dobraram de valor nos últimos três meses.

Ao sinalizar a confiança dos investidores no presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, o valor de mercado da empresa superou o de rivais norte-americanas, que têm negócios muito maiores que os da empresa de veículos elétricos. GM e Ford cada uma venderam mais de 2 milhões de veículos nos EUA no ano passado ante entregas da Tesla de 367,5 mil unidades no mundo.

Apesar do progresso da empresa animar simpatizantes, muitos analistas e investidores seguem pessimistas com a capacidade da Tesla de entregar lucro e fluxo de caixa de maneira consistente.

VEJA TAMBÉM: 5 lições brilhantes de Elon Musk sobre lançamento de produtos

A Tesla por várias vezes descumpriu metas e o comportamento polêmico de Musk nas redes sociais atraiu atenção de reguladores do mercado financeiro e de acionistas. Mais analistas recomendam “venda” que “compra” de ações da Tesla, o que é bem incomum para companhias em Wall Street. Onze analistas recomendam compra de ações da Tesla, enquanto 13 avaliam o papel como venda. Outros nove são neutros, segundo dados da Refinitiv.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).