Under 30 2020: 19 jovens destaques de finanças da lista norte-americana

Reprodução Forbes

Atualmente, as principais mentes jovens financeiras podem ser encontradas em mercados de aquisições, fundos de hedge e bancos de investimento

Resumo:

  • Destaques entre os Under 30 de finanças nos EUA atuam em setores de aquisição, fundos de hedge, bancos de investimentos e companhias inovadoras voltadas para transações monetárias;
  • Além de grandes companhias como Goldman Sachs e KKR, jovens talentos também apostam suas carreiras em pequenas iniciativas;
  • Aos 24 anos, Jessica Khater, por exemplo, gerencia uma carteira de US$ 300 milhões em ativos de bitcoin na Celsius Network.

Atualmente, as principais mentes jovens financeiras podem ser encontradas em mercados de aquisições, fundos de hedge e bancos de investimento, além de empresas inovadoras que fazem de tudo, desde facilitar pagamentos a emprestar criptomoedas. O crescimento do patrimônio privado e das novas tecnologias financeiras pode ser visto especialmente na lista Under 30 2020 norte-americana.

As estrelas em ascensão das finanças trabalham em grandes instituições como Bridgewater Associates, Apollo Global Management, Goldman Sachs e KKR. Mas também estão promovendo empresas menores, como Center Lake Capital, Divvy Homes e Celsius Network.

VEJA TAMBÉM: Under 30 2020: conheça 20 jovens revelações da lista norte-americana

Magdalena Kala é uma negociadora de 29 anos que está ajudando a impulsionar os investimentos do setor de consumo na Bain Capital, a gigante de private equity de US$ 105 bilhões. Sua trajetória até a companhia, onde Magdalena é vice-presidente, começou em um vilarejo agrícola polonês. De lá, a jovem enviou um e-mail em inglês precário para 270 colégios internos dos EUA em busca de uma bolsa de estudos.

Magdalena desembarcou na Mercersburg Academy da Pensilvânia e chegou a Harvard, onde participou de um evento que levou a um emprego na Bain Capital. Ela ajudou a marcar um gol de placa com o investimento da Bain na Sundial Brands, que foi vendida para a Unilever. Agora, Magdalena desempenha um papel importante na joint venture de navios de cruzeiro Virgin Voyages de US$ 3 bilhões da Bain com Richard Branson. Magdalena escreve um boletim informativo, Retales, sobre comportamento do consumidor e construção de marca.

Aos 29 anos, Amber Feng é a diretora de cartões corporativos da gigante de fintech Stripe, avaliada em US$ 35 bilhões em sua mais recente rodada de financiamento em setembro. Amber ingressou na companhia como um dos dez primeiros funcionários em 2012. Ela escreveu a maior parte do código do Stripe Connect, o produto que ajuda empresas como Lyft, Shopify e Kickstarter a aceitar pagamentos de dezenas de milhões de clientes. Amber liderou uma equipe de 100 pessoas como head de infraestrutura da empresa. Agora ela chefia o setor do novo cartão de crédito corporativo Stripe lançado em setembro.

Naoki John Yoshida, de 29 anos, é diretor da Hellman & Friedman, uma empresa de private equity com US$ 45 bilhões sob administração. Yoshida é especialista de investimentos em software e amortizou a aquisição da Ultimate Software, no valor de US $11 bilhões, no início deste ano e agora faz parte do conselho. Anteriormente, ele era membro do conselho da Kronos, outra grande empresa de software. Yoshida começou como banqueiro de investimentos do Morgan Stanley.

E AINDA: Conheça o Under 30 que fundou uma empresa que ajuda a estabilizar helicópteros

Paul Gu é cofundador e chefe de produto da Upstart, um credor online que ajuda pessoas a refinanciar a dívida do cartão de crédito. A startup foi avaliada em US$ 750 milhões em sua última rodada de financiamento. Gu, de 28 anos, lidera uma equipe de ciência de dados de 20 pessoas, que aplica aprendizado de máquina e dados não convencionais (como o diploma de faculdade) para avaliar o risco do credor. O modelo da Upstart “aprova 27% mais solicitantes do que o tradicional e gera APRs (Análise Preliminar de Risco) médias 16% mais baixas para empréstimos aprovados”, segundo um estudo da CFPB (Agência de Proteção Financeira ao Consumidor). A Upstart está expandindo seus negócios 80% ao ano, diz Gu, e gera US$ 200 milhões em receita anual, estima a Forbes.

Diretor do Blackstone Group, a maior empresa de private equity e investidora imobiliária do mundo, Adam Leslie lidera negócios imobiliários nos setores de escritórios e ciências da vida. Ele liderou o recente investimento de US$ 2 bilhões do Blackstone no mercado de escritórios de Seattle. Leslie, 29 anos, desempenhou um papel importante na aquisição de US$ 19 bilhões da plataforma de armazém da GLP nos EUA e na aquisição de US$ 5,5 bilhões de 11 mil apartamentos na cidade de Stuyvesant, em Manhattan/Peter Cooper Village.

Sam Bobley, 28 anos, é cofundador e CEO da Ocrolus, uma fintech de cinco anos que usa aprendizado de máquina para ler documentos em papel. Quando credores como OnDeck e Sofi avaliam clientes em potencial, eles usam a tecnologia da Ocrolus para ler extratos bancários de pessoas, agilizando o processo de aprovação e integração. A Ocrolus está gerando uma receita de quase US $ 1 milhão por mês e foi avaliada em US $ 100 milhões em sua captação de recursos em maio de 2019.

Moiz Khan, de 29 anos, é responsável por US$ 1 bilhão em investimentos na Palestra Capital, um fundo de hedge de alta performance de US$ 3,5 bilhões. Ele se concentra em tecnologia financeira e ações verticais de software. Seus grandes negócios recentes incluem a Fidelity National Information Services e Fleetcor. Khan também teve passagens pela Fir Tree Partners e Warburg Pincus.

VEJA AQUI: Conheça os Under 30 mais ricos da edição norte-americana

Maximilian Fikke, de 28 anos, é diretor da BC Partners. Como gestor ajuda a liderar investimentos em software e tecnologia nos US$ 25 bilhões em ativos de private equity da companhia. Fikke trabalhou em acordos importantes, como a aquisição da Chewy por US$ 3 bilhões, agora uma empresa pública no valor de US$ 9 bilhões, a Navex Global, onde atua como observador do conselho, e a Suddenlink, agora chamada Altice USA.

Veja na galeria a seguir 19 destaques de finanças da lista norte-americana do Under 30:

  • Magdalena Kala

    Idade: 29 anos
    Ocupação: vice-presidente na Bain Capital

    Magdalena Kala é uma negociadora que está ajudando a impulsionar os investimentos do setor de consumo na Bain Capital, a gigante de private equity de US$ 105 bilhões. Ela auxiliou no acordo que acertou em cheio com o investimento da Bain na Sundial Brands, que foi vendida para a Unilever. Agora, Magdalena está desempenhando um papel importante na joint venture de US$ 3 bilhões da Virgin Voyages com Richard Branson. Ela escreve um boletim popular, Retales, sobre comportamento do consumidor e construção de marca. A executiva imigrou para os EUA sozinha quando era uma adolescente da zona rural da Polônia.

    Reprodução Forbes
  • Amber Feng

    Idade: 29 anos
    Ocupação: chefe de infraestrutura financeira na Stripe

    Amber Feng ingressou na Stripe, a gigante das fintech que agora vale US$ 35 bilhões, entre os dez primeiros funcionários em 2012. Ela escreveu a maior parte do código do Stripe Connect, que ajuda empresas como Lyft, Shopify e Kickstarter a aceitar pagamentos de dezenas de milhões de clientes. Amber passou a liderar uma equipe de 100 pessoas como chefe de infraestrutura da empresa. Agora ela está à frente do setor do cartão de crédito corporativo da Stripe.

    Reprodução Forbes
  • Naoki John Yoshida

    Idade: 29 anos
    Ocupação: diretor na Hellman e Friedman

    Naoki John Yoshida é especialista em investimentos em software na Hellman & Friedman, uma empresa de private equity de US$ 45 bilhões. Ele protagonizou a aquisição de US$ 11 bilhões da Ultimate Software e agora faz parte de seu conselho. Yoshida é ex-membro do conselho da Kronos, outra grande empresa de software. Ele começou como banqueiro de investimentos do Morgan Stanley.

    Reprodução Forbes
  • Karen Fishman

    Idade: 29 anos
    Ocupação: vice-presidente na Goldman Sachs

    Economista sênior do grupo de pesquisa macro global da Goldman, Karen Fishman publica pesquisas sobre tendências políticas e econômicas e seu impacto nos mercados de câmbio, principalmente nas moedas dos países integrantes do G10. Karen trabalhou anteriormente como analista de macroeconomia para o lendário macro negociador Stanley Druckenmiller.

    Reprodução Forbes
  • Adam Leslie

    Idade: 29 anos
    Ocupação: diretor no Blackstone Group

    Adam Leslie lidera os negócios nos setores de escritório e ciências da vida para a operação de investimento imobiliário do Blackstone, o maior investidor imobiliário do mundo. Ele liderou o recente investimento de US$ 2 bilhões do Blackstone no mercado de escritórios de Seattle. Leslie também desempenhou um papel importante na aquisição de US$ 19 bilhões da plataforma de armazém da GLP nos EUA e na transação de US$ 5,5 bilhões de 11.000 apartamentos na Stuyvesant Town/Peter Cooper Village em Manhattan.

    Reprodução Forbes
  • Monta Ozolina

    Idade: 28 anos
    Ocupação: Associada na Apollo Global Management

    Monta Ozolina é uma investidora na Apollo, grupo de private equity de US$ 77 bilhões. Ela avaliou e ajudou a fechar uma transação de reservas de resseguro de US$ 8 bilhões para a principal unidade da organização, a Athene. Monta trabalhou na venda da EaglePicher Technologies e na cisão e recapitalização da Vacuumschmelze, fornecedora alemã de materiais magnéticos especializados, onde atua como observadora do conselho. Seu trabalho anterior foi como banqueira de investimentos na Goldman Sachs.

    Reprodução Forbes
  • Gardner Davis

    Idade: 29 anos
    Ocupação: Associado de investimento sênior na Bridgewater Associates

    Estrela em ascensão na Bridgewater Associates, a maior empresa de fundos de hedge do mundo, Gardner Davis foi recentemente liderou uma equipe em seu grupo de pesquisa de renda fixa. Ele trabalhou anteriormente para o time de pesquisa do livro mais recente do bilionário e fundador Ray Dalio, “Principles for Navigating Big Debt Crises” (Princípios Para Navegar em Grandes Crises de Débito, em tradução livre), e no influente relatório de 2017 de Bridgewater sobre populismo.

    Reprodução Forbes
  • Troy Wickett

    Idade: 29 anos
    Ocupação: vice-presidente na Goldman Sachs

    Troy Wickett é um banqueiro de investimentos em tecnologia da Goldman Sachs, que as cobre gigantes do Vale do Silício como Google e startups em processo de abertura de capital. Sua carteira de negócios inclui assessoria ao Dropbox da Série C ao IPO, Amazon na compra de Whole Foods por US$ 13,7 bilhões e ofertas públicas da Okta e da Greensky. A mãe de Wickett era uma investidora de risco que apoiou o Salesforce.com desde o início.

    Reprodução Forbes
  • Natasha Nath

    Idade: 29 anos
    Ocupação: vice-presidente no Deutsche Bank

    Natasha Nath é chefe do livro gama de taxas dos EUA no Deutsche Bank, uma das maiores mesas de produção de mercado de Wall Street. Ela assumiu o cargo aos 27 anos e manteve uma das quatro maiores fatias de mercado, com volume que frequentemente ultrapassa US$ 10 bilhões em valor nocional diariamente. Natasha cresceu em uma pequena cidade da Índia e cursou dois anos do ensino médio na Líbia antes de se formar em matemática no MIT.

    Reprodução Forbes
  • Anjelo Austria

    Idade: 29
    Ocupação: analista sênior na Center Lake Capital

    Anjelo Austria foi o segundo profissional a se juntar à equipe de investimentos da Center Lake Capital. O fundo de hedge de US$ 350 milhões, especializado em ações de software, registrou enormes retornos nos últimos dois anos — alta de 76% em 2018 e 30% até agora em 2019. Austria é responsável pelo negócio doméstico da empresa, o Coupa Software. Ele iniciou sua carreira na área de software empresarial como analista de pesquisa do Morgan Stanley.

    Reprodução Forbes
  • Olivia Rogan

    Idade: 29 anos
    Ocupação: Associada na KKR

    Olivia Rogan é uma investidora de private equity que trabalha para a gigante KKR, ajudando a implantar um fundo de private equity de US$ 13,9 bilhões na América. Seu trabalho anterior foi na Hellman & Friedman, onde fez parte do acordo de US$ 7,5 bilhões da MultiPlan, uma prestadora de serviços de saúde. Olivia também atuou como observadora do conselho de desenvolvimento de produtos farmacêuticos.

    Reprodução Forbes
  • Maximilian Fikke

    Idade: 28 anos
    Ocupação: diretor na BC Partners

    Como diretor da BC Partners, empresa de ativos de US$ 25 bilhões, Maximilian Fikke ajuda a liderar investimentos em software e tecnologia. Ele trabalhou em acordos importantes, como a aquisição de US$ 3 bilhões da Chewy, agora uma empresa de capital aberto estimada em US$ 9 bilhões, a Navex Global, onde ele é observador do conselho, e a Suddenlink, agora chamada Altice USA.

    Reprodução Forbes
  • Jill Carlson

    Idade: 29 anos
    Ocupação: diretora na Slow Ventures

    Jill Carlson gerencia o setor de blockchain como diretora da Slow Ventures, um fundo de US $ 220 milhões. Ex-negociadora do Goldman Sachs, Jill foi aceita na Universidade de Oxford, onde escreveu um dos primeiros trabalhos acadêmicos sobre bitcoin. Ela trabalhou como líder de estratégia na Chain (vendida para a Stellar) e cofundou a Open Money Initiative, uma organização sem fins lucrativos que estuda como as pessoas no mundo em desenvolvimento usam criptomoeda e dinheiro fiduciário.

    Reprodução Forbes
  • Brian Sanderson

    Idade: 29 anos
    Ocupação: vice-presidente na Morgan Stanley

    Brian Sanderson é um banqueiro de investimentos financeiros no Morgan Stanley, especialista em tecnologia, incluindo financiamento de aquisições e fusões corporativas. Ele liderou a execução de 100 transações, levantando mais de US$ 150 bilhões para empresas como Uber, Slack e Netflix. Sanderson também financia acordos para empresas de private equity focadas em software como Vista Equity Partners e Thoma Bravo.

    Reprodução Forbes
  • Andy Lee

    Idade: 29 anos
    Ocupação: diretor de investimentos na Parallaxes Capital

    Andy Lee é um ex-negociador da Lone Star Funds que desenvolveu sua própria estratégia para financiar repasses de impostos corporativos. Desde 2017, a Parallaxes Capital levantou mais de US$ 100 milhões com antigos colegas e parceiros limitados, como a Texas A&M, para investir em ativos de nicho. Os fundos de Lee são usados ​​como uma alternativa de rendimento no cenário das baixas taxas atuais.

    Reprodução Forbes
  • Jessica Kather

    Idade: 24 anos
    Ocupação: chefe de empréstimos institucionais na Celsius Network

    Jessica Khater gerencia uma carteira de US$ 300 milhões em ativos de bitcoin que resultaram em US$ 2,2 bilhões em empréstimos. Depois de ser contratada como assistente de marketing pela Celsius Network, ela rapidamente provou que era capaz de ir muito além ajudando a construir a parte administrativa da empresa de empréstimo de bitcoin.

    Reprodução Forbes
  • Jason Schneider

    Idade: 28 anos
    Ocupação: analista na Tiger Global Management

    De ascensão meteórica na Tiger Global Management do bilionário Chase Coleman, Jason Schneider, trabalha com investimentos em companhias privadas de estágio avançado. Ele liderou demandas como os investimentos da Tiger nos serviços de streaming de música Spotify e Tencent Music. Schneider trabalhou anteriormente no Carlyle Group e no Silver Lake.

    Reprodução Forbes
  • Katherine Hele

    Idade: 29 anos
    Ocupação: vice-presidente no Bank of America

    Katherine Hele é uma banqueira de investimentos especializada em empresas do setor industrial do Bank of America. Ela mediou mais de US$ 70 bilhões em negócios, incluindo o IPO da Valvoline e cisão entre a DowDuPont e a Dow Inc. Katherine também atua como diretora de recursos de seu grupo, com responsabilidade administrativa pelos banqueiros juniores, programa de estágio de verão e recrutamento.

    Reprodução Forbes
  • William Dague

    Idade: 28 anos
    Ocupação: vice-presidente na Nasdaq

    William Dague é o vice-presidente que lidera a pesquisa de dados alternativos na Nasdaq. Ele esteve à frente do salto da companhia no mundo da análise orientada por aprendizado de máquina. Físico por formação, Dague liderou a aquisição da Nasdaq em 2018 da empresa de dados Quandl. Ele criou o primeiro produto de aprendizado de máquina da Nasdaq, o Trading Insights, e lançou a plataforma de dados alternativa, Nasdaq Analytics Hub.

    Reprodução Forbes

Magdalena Kala

Idade: 29 anos
Ocupação: vice-presidente na Bain Capital

Magdalena Kala é uma negociadora que está ajudando a impulsionar os investimentos do setor de consumo na Bain Capital, a gigante de private equity de US$ 105 bilhões. Ela auxiliou no acordo que acertou em cheio com o investimento da Bain na Sundial Brands, que foi vendida para a Unilever. Agora, Magdalena está desempenhando um papel importante na joint venture de US$ 3 bilhões da Virgin Voyages com Richard Branson. Ela escreve um boletim popular, Retales, sobre comportamento do consumidor e construção de marca. A executiva imigrou para os EUA sozinha quando era uma adolescente da zona rural da Polônia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).