Plataforma Obé revoluciona mercado fitness com praticidade e novidades todos os dias

GettyImages/ Guido Mieth
GettyImages/ Guido Mieth

A plataforma Obé alia um serviço de preparação física personalizado com praticidade de ser feito em qualquer lugar

O mundo fitness está evoluindo rapidamente e uma nova safra de experiências digitais ganha força. É nesse cenário que está o Obé, que realiza mais de 100 streams de ginástica ao vivo toda semana e conta com uma biblioteca de mais de 2.500 exercícios sob demanda por US$ 27 por mês.

Os usuários são conectados por meio do site e do aplicativo para celular. Todas as aulas são ministradas por alguns dos mais populares instrutores de fitness da cidade de Nova York, muitos deles atualmente empreendedores do setor fitness. A empresa foi fundada por Ashley Mills e Mark Mullett, dois ex-executivos de gestão de talentos que trabalharam em grandes agências, como WMA/WME e CAA.

LEIA MAIS: BlackRocks Startups expande aceleração de empreendedores negros

“Nosso objetivo, desde o início, era focar na emoção e na leveza de um ótimo treino dos anos 1980, bem como no senso de comunidade promovido em ambientes físicos, e combiná-los com talentos e aulas incríveis para criar soluções perfeitas de bem-estar orientadas a resultados para quase todo mundo”, diz Mark Mullett.

“Na última década, nós dois estivemos muito envolvidos no segmento ‘fitness boutique’ [esquema com aulas e equipamentos diferentes das academias tradicionais] na cidade de Nova York e Los Angeles, com um apetite voraz para experimentar novas aulas e o que há de melhor e mais recente em todos os aspectos do bem-estar”, conta Ashley Mills. “Percebemos duas tendências que estavam ocorrendo simultaneamente. A primeira delas é a tecnologia mudando rapidamente o cenário da mídia: estamos consumindo mais conteúdo do que nunca, apenas de lugares diferentes da televisão tradicional. A segunda é que a indústria de fitness boutique estava decolando como nunca. Vimos uma grande oportunidade de disrupção na categoria de condicionamento físico em casa com uma nova filosofia, centrada no conceito de ‘entretenimento’, com um foco impenetrável na comunidade.”

A Obé filma e produz conteúdo original em um estúdio minimalista em tons pastel no Brooklyn. Além das aulas, eles também apresentam entrevistas com especialistas em bem-estar e estão fazendo de tudo para criar uma comunidade forte com seus usuários e ativa nas redes sociais.

“Os exercícios continuam nos fazendo sentir saudáveis ​​e fortes, mas as comunidades nos estúdios que frequentamos foram o que tornou a experiência especial”, diz Mullett. “Estávamos interessados ​​em explorar o aspecto social do condicionamento físico e disponibilizá-lo a todos, em qualquer lugar. Vimos uma oportunidade de criar o maior estúdio de fitness boutique do mundo, com tecnologia, os melhores treinadores, conexão social e pura alegria: um estúdio virtual onde pessoas de todo o mundo podiam se reunir, assistir aulas e formar laços de longa duração.”

LEIA TAMBÉM: Startup apoiada por Jack Dorsey levanta US$ 10 mi para desenvolver uma rede de bitcoin no estilo da Visa

“Também queríamos adotar uma nova abordagem de programação”, conta Ashley Mills. “Valorizamos as rotinas em constante mudança, aulas temáticas e a experiência teatral que só conseguimos encontrar em estúdios físicos. Com nossa experiência na indústria do entretenimento – trabalhando com talentos e desenvolvendo uma programação exclusiva -, sabíamos que poderíamos construir uma plataforma de streaming de exercícios que fosse tão boa, ou até melhor, do que a experiência em estúdio. Sem deslocamento, sem listas de espera, sem aulas ou equipamentos caros.”

Para financiar a iniciativa, a dupla levantou capital de um grupo de investidores anjos que compartilhavam sua visão de longo prazo.

“Sabíamos que, para sermos os melhores, tínhamos que investir em tecnologias incríveis, além de um estúdio com capacidade de produção ágil e completa”, relata Ashley Mills. “Queríamos oferecer a melhor experiência para nossos membros desde o primeiro dia e, por isso, nos cercamos de investidores que entendiam a visão maior e mundial da Obé e o valor de longo prazo que queríamos fornecer para qualquer um que quisesse se exercitar conosco.”

A dupla alcançou esse objetivo desde o lançamento no ano passado – e cresceu mais de 144%, com os 20% melhores integrantes da Obé tendo aula todos os dias. Eles contaram que os clientes treinam, em média, de três a quatro vezes por semana. Segundo eles, o diferencial é que sempre há conteúdo novo à disposição.

“Como donos da empresa e entusiastas do bem-estar, decidimos no primeiro dia que deveria haver aulas novas e diferentes todos os dias”, conta Mullett. “Se você está no negócio de conteúdo, seja notícia, entretenimento, estilo de vida ou não, precisa dar às pessoas algo novo todos os dias ou não está fazendo seu trabalho.”

E TAMBÉM: Startup de armazenamento em nuvem Snowflake chega a US$ 12,4 bilhões em valor

Mark Mullett e Ashley Mills esperam continuar a expandir para alcançar o maior número possível de pessoas, famílias e empresas. “Queremos que a Obé esteja em todas as telas possíveis”, diz Mullett.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).