Aprenda a usar o SEO para otimizar o seu currículo

Getty Images / tolgart
O SEO incorporado ao currículo é o que os robôs eletrônicos estão pesquisando e eles encontram o que o recrutador solicitou ou não

“Estou invisível online”, disse Joe, 57 anos, diretor de uma grande empresa de tecnologia. “Depois de enviar meu currículo por meio do meu computador, ninguém tem me chamado para uma entrevista. Suspeito que minha idade seja notada e que não queiram alguém velho como eu, ou então, não tenho o currículo escrito corretamente. O ponto principal é que nenhum empregador me ligou. O que estou fazendo de errado? Você pode me ajudar a melhorar minha descrição e ser descoberto?”, ele perguntou.

Um dos problemas que envolvem o envio do currículo online é que não se percebe a importância das palavras-chave e como elas afetam a facilidade com que o conteúdo é encontrado. O SEO (Search Engine Optimization, que significa otimização de mecanismos de busca) incorporado ao currículo é o que os robôs eletrônicos estão pesquisando e eles encontram o que o recrutador solicitou ou não. Já que no caso de Joe, eles não o encontram, dei uma olhada em sua descrição e percebi o problema. Ele não entende como usar estratégias de SEO para ser descoberto.

VEJA MAIS: 3 passos para melhorar o currículo em um minuto

Existem muitos erros que os baby boomers cometem em seus currículos que podem impedir que sejam encontrados por um recrutador. O funcionamento desse processo se dá quando um recrutador ou o gerente de contratação digita algumas palavras específicas que procura no candidato. Normalmente, são ítens como cargos, tarefas específicas de atuação ou habilidades necessárias para fazer o trabalho. O headhunter típico tem mais de 100 currículos a pesquisar e muitas vezes, em grandes empresas e organizações da Fortune 500, pode haver centenas de materiais recebidos para cada vaga publicada. Toda a pesquisa inicial e a racionalização desses candidatos são feitas eletronicamente uma vez que isso possibilita ao empregador reduzir o pool de candidatos à 10-20, uma quantidade mais gerenciável.

Infelizmente, uma das maiores reclamações feitas pelos recrutadores é que existem muitos indivíduos que se candidatam a empregos aos quais não estão qualificados. Isso torna todo esse processo mais desafiador para todos.

Veja na galeria de imagens a seguir dicas para criar seu próprio SEO e otimizar seu currículo:

  • Esteja preparado para a tecnologia

    A maioria das empresas usa softwares para lidar com o processo de inscrição ou ferramentas de rastreamento de candidatos. Geralmente, o sistema não consegue ler caixas de texto, tabelas, tinta colorida, fotos ou visualizar gráficos. Ao serem eliminados do currículo, o espaço deixado em branco pode fazer o recrutador sentir falta daquilo que foi tentado enfatizar. A fim de superar esses obstáculos, produzir um currículo limpo e fácil de ler é essencial para passar pelo sistema.

  • Segmente o cargo

    Empregadores contratam para trabalhos específicos. Logo, é necessário garantir que o cargo possuído e/ou o objetivo da carreira indiquem o nome da atuação procurada. Por exemplo, objetivo de carreira: diretor executivo.

  • Descreva a experiência de trabalho usando palavras-chave

    Ao definir sua experiência de trabalho, descreva as principais funções executadas nessa posição. É importante que a primeira frase capture as tarefas de maior destaque praticadas porque isso estará entre as palavras-chave que um recrutador provavelmente usará ao pesquisar no pool de candidatos. Certifique-se de abordar suas competências e habilidades para se ajustar à posição exata à qual se candidatou. Não generalize, pois é preciso incluir a experiência essencial necessária a fim de desempenhar essa posição.

    Enfatize resultados, pois eles chamam a atenção. Liste suas realizações específicas, anote as tarefas executadas e qual foi o resultado delas, bem como suas inovações e novidades desenvolvidas e implementadas. Você economizou tempo ou dinheiro? Obteve lucro? Criou algo novo? Melhorou algo? Esses são os tipos de resultados que os empregadores desejam conhecer.

  • Crie um resumo de qualificações

    Isso consiste em quatro a seis frases que destacam sua experiência, pontos fortes e realizações principais. Geralmente, essa é a primeira parte de qualquer currículo e precisa ser fortemente persuasiva, portanto, as principais habilidades podem ser descritas aqui.

  • Não crie uma lista de competências

    Um erro que muitas pessoas cometem é criar uma lista de competências ou habilidades e colocá-las na página em tabelas. Essa é uma maneira ineficaz de transmitir as palavras-chave pois todas elas precisam estar inseridas em frases e parte das realizações citadas devem estar na seção de experiência profissional.

    Incorreto:

    Gerente supervisor de gestão de projetos

    Desenvolvimento organizacional de recursos humanos e benefícios dos empregados

    Gerenciamento de contrato de relações com funcionários e remuneração

    Mais eficaz:

    Use as palavras em frases que demonstram a habilidade.

    . Gerenciei a área de benefícios dos funcionários do departamento de recursos humanos, de modo a negociar contratos com melhores termos e taxas mais baixas.

  • Repita as habilidades chave

    Ao criar o currículo, é possível usar expressões que dão destaque à habilidade que deseja enfatizar. Por exemplo, se gerenciamento de projetos for mencionado três ou quatro vezes em todo o currículo, essa palavra-chave será aquela que os algoritmos notarão primeiro. Isso funciona se estiver na pesquisa de um emprego no qual precise usar a habilidade da ocupação ou caso esteja procurando uma vaga de gerente de projetos. Lembre-se de abordar as competências para o trabalho que busca. Por exemplo, se for uma promoção, enfatize as habilidades mais utilizadas que atendam às necessidades indicadas no anúncio desse emprego.

Esteja preparado para a tecnologia

A maioria das empresas usa softwares para lidar com o processo de inscrição ou ferramentas de rastreamento de candidatos. Geralmente, o sistema não consegue ler caixas de texto, tabelas, tinta colorida, fotos ou visualizar gráficos. Ao serem eliminados do currículo, o espaço deixado em branco pode fazer o recrutador sentir falta daquilo que foi tentado enfatizar. A fim de superar esses obstáculos, produzir um currículo limpo e fácil de ler é essencial para passar pelo sistema.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).