Especialistas em tecnologia apontam 13 carreiras que nunca serão automatizadas

GettyImages/ Tom Werner
GettyImages/ Tom Werner

Os avanços tecnológicos ainda não foram capazes de importar algumas habilidades humanas para as máquinas

A automação no local de trabalho vem ganhando força nos últimos anos e por boas razões. Automatizar determinados processos, especialmente tarefas repetitivas ou facilmente replicáveis, pode melhorar muito a precisão e a eficiência. No entanto, a automação não funciona em todas as tarefas, e alguns trabalhos sempre vão exigir o toque humano.

LEIA MAIS: 10 pensamentos que maus chefes têm sobre os funcionários

Pedimos aos integrantes do Conselho de Tecnologia da FORBES que fizessem uma lista de trabalhos que provavelmente nunca serão automatizados e o motivo. As melhores respostas estão abaixo:

  • 1) Execução da lei

    “O policiamento nunca deve ser automatizado, pois sistemas e robôs de inteligência artificial podem ser comprometidos. Um sistema de IA que caia em mãos erradas poderia realizar vários atos nefastos, como invasão de privacidade e uso indevido de informações. Todos violariam os limites éticos que entendemos como verdadeiros.” – Marc Fischer, da Dogtown Media LLC

    GettyImages/ Ezra Bailey
  • 2) Atendimento ao cliente

    “Os chatbots são bons e eficientes, mas você não deve eliminar a contribuição dos humanos. Os robôs devem ajudar os agentes humanos em vez de substituí-los. Às vezes, os usuários precisam conversar com alguém para ser atendido. Sou a favor do uso das máquinas, pois na maioria dos casos elas são muito mais eficientes que os seres humanos. Mas não importa o que sua empresa faça, você terá casos significativos em que os usuários precisam de humanos.” – Vikram Joshi, da pulsd

    GettyImages/ PeopleImages
  • 3) Decisões estratégicas

    “Até mesmo a inteligência artificial, a mais avançada ferramenta de automação, não pode se encarregar de decisões estratégicas finais. Estratégia – da criação à responsabilidade por sua implementação – ainda é e continuará sendo um terreno pertencente aos humanos. Nos preços de varejo, por exemplo, softwares modernos fornecem todos os gráficos, dados e sugestões, mas os gerentes é que criam as estratégias e supervisionam os algoritmos.” – Alexandr Galkin, da Competera

    GettyImages/ 10'000 Hours
  • 4) Cibersegurança

    “Existem muitas ferramentas novas para automatizar a cibersegurança, mas o papel de um verdadeiro profissional de risco cibernético nunca será uma responsabilidade daquelas que são executadas uma única vez. Ameaças e vulnerabilidades estão constantemente aumentando e mudando. Você precisa de profissionais com habilidades de pensamento crítico que conheçam sua organização. Se um aplicativo de segurança automatizado for invadido, quem pode corrigi-lo?” – Jason Christopher, da Dragos

    GettyImages/ Luis Alvarez
  • 5) Trabalhos criativos

    “Embora confiemos na inteligência artificial e na automação para lógica, velocidade e otimização, algo em que nem sempre podemos para aplicá-la é na criatividade. A imaginação e a capacidade de pensar fora da caixa são exclusivas do conjunto de habilidades humanas. Qualquer trabalho ou indústria que dependa da imaginação e criatividade nunca deve se limitar à função robótica da automação”. – Kison Patel, da DealRoom

    GettyImages/ Morsa Images
  • 6) Escrever e editar

    “Embora a IA tenha feito grande progresso e possa produzir um parágrafo que faça sentido de vez em quando, não acho que alguma forma de escrita possa ser totalmente automatizada sem habilidades humanas. Você sempre pode identificar uma postagem no blog, email ou artigo que tenha sido escrito por um bot, já que esse tipo de produção sempre parece ter ago estranho. Mesmo que a tecnologia preditiva de texto melhore, ainda precisaremos de editores humanos.” – Christy Johnson, da AchieveIt

    GettyImages/ Eternity in an Instant
  • 7) Trabalhos que requerem empatia

    “A exigência ou não de empatia é um fator crítico para qualquer negócio. Como espécie, não estamos prontos para a empatia sintética – e nem devemos tentar. As empresas podem automatizar resoluções para muitos problemas de atendimento ao cliente, por exemplo, mas os assuntos mais sensíveis devem sempre ser gerenciados por um ser humano. Automatize aquilo que é altamente repetitivo, que representa risco baixo ou médio ao negócio e o gerenciamento de exceções.” – Puneet Mehta, da Netomi

    GettyImages/ Thomas Barwick
  • 8) Posições militares e políticas

    “As guerras nunca devem ser automatizadas, e se o fator humano for removido, isso pode acontecer. Trabalhos políticos também não, já que uma parte crucial deles é moldar as visões de futuro. A automação não pode fazer isso.” – Robert Weissgraeber, da AX Semantics

    GettyImages/ Maskot
  • 9) Aconselhamento

    “O trabalho dos psicólogos não será automatizado. Essa atividade é altamente baseada na empatia, que é uma habilidade que os computadores não possuem e que é realmente difícil de implementar com a IA.” – Marc Vontobel, da Starmind

    GettyImages/ Luis Alvarez
  • 10) Gerenciamento de energia

    “O papel de um gerente de energia ou sustentabilidade nunca poderá ser desempenhado por um computador. É uma função complexa de não apenas ajudar uma empresa a reduzir o consumo e os custos de energia, mas também cumprir as metas de emissões, incorporar diversidade etc. Embora certos aspectos do trabalho possam ser automatizados (como a coleta de dados de uso de energia), o trabalho como um toda pode e deve permanecer nas mãos das pessoas.” – Sanjoy Malik, da Urjanet

    GettyImages/ Carlina Teteris
  • 11) Trabalhos baseados em relacionamento

    “Qualquer trabalho construído a base de relacionamentos não pode ser automatizado. A tecnologia só pode melhorar um relacionamento e ajudar a pessoa a ser mais produtiva e melhor informada para prestar o melhor serviço aos seus clientes. A empatia e o sentimento que o cliente procura nunca podem ser automatizados e nem devemos tentar, porque soará como falso. Imagine uma máquina dizendo: ‘Eu entendo pelo que você está passando!’” – Shashank Singh, da Datamarx

    GettyImages/ Hinterhaus Productions
  • 12) Posições de liderança

    “Ao contrário da opinião comum, a maioria dos trabalhos poderá, provavelmente, ser automatizada. No entanto, liderança é algo que somente os humanos podem fornecer. Orientar a cultura da empresa, inspirar uma força de trabalho, arrecadar dinheiro e identificar e contratar os melhores talentos são os tipos de contribuições que as máquinas e o software nunca serão capazes de fornecer.” – Ron Cogburn, da Exela Technologies

    GettyImages/ Thomas Barwick
  • 13) Trabalhos que requerem pensamento crítico

    “Embora a automação ajude a reduzir e, às vezes, até elimine funções repetitivas e entediantes, o que não pode ser facilmente automatizado é o pensamento crítico e a interação interpessoal, que podem ser responsáveis ​​por uma grande maioria da produção de trabalhadores. Planejamento estratégico, execução criativa e gerenciamento de recursos humanos são três exemplos de trabalhos que simplesmente não serão automatizados no futuro.’ – Abe Ankumah, da Nyansa

    GettyImages/ Morsa Images

1) Execução da lei

“O policiamento nunca deve ser automatizado, pois sistemas e robôs de inteligência artificial podem ser comprometidos. Um sistema de IA que caia em mãos erradas poderia realizar vários atos nefastos, como invasão de privacidade e uso indevido de informações. Todos violariam os limites éticos que entendemos como verdadeiros.” – Marc Fischer, da Dogtown Media LLC

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).