Príncipe William e Kate alertam para cuidado da saúde mental durante pandemia

Neto da rainha Elizabeth se mostrou especialmente preocupado com os profissionais de saúde da linha de frente.

Redação
Compartilhe esta publicação:
ReutersConnect/Kensington Palace
ReutersConnect/Kensington Palace

O alerta dado pelo príncipe William e Kate Middleton aconteceu durante uma live stream sobre saúde mental em momento de quarentena

Acessibilidade


O príncipe britânico William e sua esposa, Kate, pediram às pessoas que cuidem da saúde mental durante o surto de coronavírus e chamaram a atenção para a tensão psicológica específica sentida pelos profissionais da linha de frente na saúde.

“Podemos nos sentir frustrados, sentir falta dos entes queridos ou ficar ansiosos”, disseram William, neto da rainha Elizabeth, e Kate em entrevista para promover a plataforma online do governo Every Mind Matters, que oferece dicas sobre saúde mental.

LEIA MAIS: O que vem após a pandemia? Especialistas apostam no Renascimento Digital

“Há coisas que todos podemos fazer para cuidar do nosso bem-estar mental neste momento.”

O príncipe William afirmou à “BBC” que está especialmente preocupado com os profissionais de saúde da linha de frente que colocam suas vidas em risco diariamente para salvar outras pessoas, enquanto absorvem a dor de seus pacientes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“As experiências pelas quais os funcionários da linha de frente estão passando agora são diferentes de tudo que já foi visto”, disse William. “Muitos deles estão colocando suas vidas e sua saúde em risco por todos nós.”

Ele ressaltou que, embora os profissionais de saúde estejam sendo louvados como heróis, o país deve tomar cuidado para não alienar enfermeiros, médicos e equipe de apoio “que realmente se preocupam e têm medo de trabalhar todos os dias.”

LEIA TAMBÉM: Carreira pós-Covid-19: por que é difícil prever um futuro melhor

“Para conseguir gerenciar essas emoções e esse sentimento vai levar algum tempo depois que tudo isso acabar também.” (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: