Konfío, Habi, Liv Up & Muito Mais

LGT Lightrock injeta US$ 125 milhões na fintech mexicana Konfío

Fundada com a missão de impulsionar o crescimento e a produtividade de pequenas e médias empresas no México, a Konfío levantou um aporte série E de US$ 125 milhões liderado pela Lightrock. A captação foi acompanhada pelos já acionistas Softbank, VEF, Kaszek, QED Investors e IFC, e incluiu novos investidores como o Tarsadia Capital. O investimento vai servir para ampliar o escopo das ofertas da startup em três segmentos: crédito, ferramentas de gestão empresarial e processamento de pagamentos. A Konfío busca, ainda, por oportunidades de aquisição de outras empresas de tecnologia.

Habi recebe US$ 100 milhões do SoftBank Latin America Fund

A startup Habi, que digitaliza a compra e venda de imóveis na Colômbia, captou US$ 100 milhões em financiamento da série B. O aporte, liderado pelo SoftBank Latin America Fund ao lado de investidores anteriores, incluindo Inspired Capital, Tiger Global, Homebrew e 8VC, é a segunda maior série B levantada por uma startup na Colômbia, ficando atrás apenas do investimento de US$ 185 milhões do Rappi, em 2018, de acordo com o Pitchbook. A empresa deseja expandir sua presença nos países vizinhos, começando pela Cidade do México, além de investir na contratação de novos talentos.

LEIA MAIS: Com captação de US$ 100 milhões, empreendedora colombiana obtém segundo maior financiamento feminino da América Latina

Atom Finance levanta US$ 28 milhões em série B

A plataforma de software Atom Finance anunciou nesta semana uma rodada de investimento de US$ 28 milhões da série B liderada pelo SoftBank Latin America Fund. O aporte contou com a participação dos investidores já existentes General Catalyst e Base Partners. Com o caixa reforçado, a companhia pretende investir em parcerias e integrações com instituições financeiras, abrir um escritório em Miami e aprimorar a equipe de colaboradores em todas as áreas da empresa, incluindo produto, engenharia, crescimento e desenvolvimento de negócios.

Yuca recebe US$ 10 milhões e mira em novas ofertas de apartamento

Desenvolvida com o conceito de “living as a service” (moradia como serviço, em português), a Yuca tem como planos para 2021 expandir o portfólio de ofertas de apartamentos para crescer quatro vezes até o final do ano. O projeto é impulsionado pelo fundo de venture capital Monashees, que liderou um aporte de US$ 10 milhões na propotech em rodada série A anunciada nesta semana. O investimento também contou com a participação da Terracota Ventures, ONEVC e Tishman Speyer.

LEIA MAIS: Proptech de moradia compartilhada recebe aporte de US$ 10 milhões em rodada série A

Liv Up capta R$ 180 milhões em rodada liderada pelo fundo Lofoten Capital

Famosa por seu serviço de entrega de comidas saudáveis, a Liv Up levantou R$ 180 milhões em rodada série D liderada pelo fundo Lofoten Capital, operação que foi acompanhada pelo ThornTree Capital Partners e Kaszek Ventures. O dinheiro chega em momento estratégico para a startup, que quer dobrar o faturamento em 2021 a partir de novas contratações, desenvolvimento tecnológico voltado para o atendimento ao consumidor e expansão de seu portfólio de alimentos.

LEIA MAIS: Liv Up recebe aporte de R$ 180 milhões em rodada série D

Solfácil anuncia aporte de R$ 160 milhões

A fintech Solfácil, que oferece planos de investimento para a instalação de sistemas de energia solar, captou R$ 160 milhões em rodada série B liderada pelo fundo norte-americano QED Investors, com participação da Valor Capital Group. A startup pretende expandir o número de parceiros fornecedores da tecnologia energética e ampliar a  flexibilidade de suas linhas de financiamento.

LEIA MAIS: Fintech de financiamento de projetos de energia solar capta R$ 160 milhões em rodada série B

Plataforma de salões de beleza recebe R$ 40 milhões em rodada de investimento

A rede agregadora de salões de beleza gal recebeu um aporte de R$ 40 milhões dos fundos Monashees, Canary e dos investidores José Galló, presidente do conselho da Renner, e Renato Freitas, fundador da 99. A marca, fundada em 2020 por Carolina Mendes, pretende fechar 2021 com 150 salões agregados e gerar R$ 50 milhões em faturamento.

Conta Simples recebe aporte extra da Y Combinator

A Conta Simples acaba de receber um seed extension de R$ 14 milhões da Y Combinator, fechando a rodada de investimentos seed com R$ 28 milhões captados. Em dezembro do ano passado, a startup já havia  levantado R$ 14 milhões em operação liderada pelo fundo Quartz com a participação de FJ Labs, Big Bets, DOMO, Ab Seed e dos ex-sócios da XP Marcelo Maisonnave, Eduardo Glitz e Pedro Englert. O aporte extra da Y Combinator será usado em melhorias e evolução do produto, reposicionamento no mercado e desenvolvimento da nova marca e identidade visual. A empresa está se reposicionando no mercado como um software de gestão de despesas, capaz de otimizar os processos dos departamentos financeiros de companhias que escalam rapidamente e precisam de soluções ágeis.

Plataforma digital de contratação de frete recebe aporte de R$ 6 milhões

A goFlux recebeu R$ 6 milhões em iniciativa liderada pelos fundos SP Ventures e ADM Venture Capital. Criada em 2018, a logtech atua como plataforma digital focada na cotação, negociação, contratação e gestão de fretes rodoviários. Segundo Rodrigo Gonçalves, fundador e CEO da goFlux, o aporte será utilizado para investir no crescimento da startup no setor agrícola com o transporte de commodities e focar em produtos financeiros, como antecipação de recebíveis para transportadoras.

Plataforma para criadores de conteúdo levanta US$ 1,4 milhão

A startup Lastlink, com sede em Belo Horizonte (MG), anunciou a captação de US$ 1,4 milhão em sua primeira rodada de investimento, liderada pelo fundo Canary. A Graph Ventures e investidores-anjo, como o CEO do Méliuz, Israel Salmen, o CEO da SambaTech, Gustavo Caetano, e a vice-presidente de marketing da MadeiraMadeira, Marcela Rezende, também participaram do aporte. A empresa, que oferece uma plataforma para criadores de conteúdo gerenciarem as assinaturas de grupos fechados no Instagram, Telegram e WhatsApp, deseja atrair mais influenciadores para sua rede. Para isso, vai utilizar parte dos recursos investidos para reforçar sua tecnologia e realizar mais contratações.

LEIA MAIS: Startup focada em criadores de conteúdo capta US$ 1,4 milhão em primeira rodada de investimento

Chatbot Maker recebe R$ 1,5 milhão da KPTL

Criada em Fortaleza (CE) para transformar a comunicação entre pessoas e marcas por meio da tecnologia chatbot, a Chatbot Maker captou R$ 1,5 milhão da KPTL.  “[Com o investimento], vamos melhorar a inteligência da robô Suri, colocando-o em novas verticais de negócios e permitindo assim que ela atue em novos canais de comunicação, principalmente o Instagram”, afirma o CEO Thiago Amarante.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).