SLC e Terra Santa anunciam conclusão de acordo para formação de gigante agrícola

Roberto Samora/Reuters
Roberto Samora/Reuters

Colheita de soja em Porto Nacional (TO)

A SLC Agrícola e a Terra Santa Agro anunciaram hoje (2) que foram concluídos os atos de confirmação do fechamento da combinação dos negócios das empresas, o que formará um gigante de produção agrícola no Brasil.

Dessa forma, o ciclo de 2021/22 será o primeiro da SLC com uma incorporação da Terra Santa. O plantio da companhia deve passar de 470 mil hectares em 2020/21 para 660 mil hectares na temporada atual.

LEIA TAMBÉM: Contra mudança climática governadores no Brasil pedem ajuda aos EUA

Uma operação consistiu na incorporação pela SLC da operação agrícola da Terra Santa (excluindo terra s e benfeitorias), de acordo que envolveu ações.

As companhias informaram que a relação de troca, considerando uma maior abertura das casas decimais, foi equivalente a 3.323.67074 ações da TS Agro para cada ação da Terra Santa para fins da redução de capital; e para finalizar a incorporação de ações, 0,08588495 ação da SLC para cada ação da Terra Santa e de 0,46060000 ação da SLC para cada bônus de subscrição da Terra Santa remanescente. (Com Reuters)

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).