Os 8 melhores gins do mundo segundo a International Wine And Spirits Competition

 Marissa Powell/Getty Images
Marissa Powell/Getty Images

O gin é o destilado que mais cresce em popularidade, atraindo cada vez mais produtores

A International Wines & Spirits Competition (IWSC), um dos mais prestigiados rankings de vinhos e destilados do mundo, revelou, na última semana, os oito melhores gins do mundo segundo seus critérios. Os selecionados receberam a principal honraria da IWSC: a “outstanding gold”. Apenas um é norte-americano e você, provavelmente, nunca ouviu falar de nenhum deles.

O gin é a categoria de destilados brancos que mais cresce no mundo. Em 2019, aproximadamente 72 milhões de caixas de nove litros da bebida foram vendidas em todo o mundo, movimentando US$ 12,9 bilhões. Estima-se que existam mais de 6 mil marcas diferentes de gin no mundo atualmente: mais do que uísque ou vodca. Um total de 68 países produzem o destilado.

Leia mais: ONG Artesol promove leilão de arte em parceria com o Grupo Iguatemi

Só a Grã-Bretanha tem mais de 1.700 gins diferentes. Os EUA vêm em seguida, um distante segundo lugar, com mais de 700 marcas. Alemanha (692 marcas), Espanha (463) e Bélgica (430) fecham o Top 5.

Até a rainha Elizabeth II agora tem seu próprio gin. O “Gin do Palácio de Buckingham” foi criado com plantas do jardim da residência da rainha. Será servido em eventos futuros do palácio. Nenhuma palavra ainda foi dita sobre o fato de sua majestade ter feito ou não parte do painel de degustação. Os lucros com as vendas serão destinados à manutenção da coleção de arte da rainha. O gin estará disponível pela internet ou nas lojas Royal Collection Trust.

Este ano, mais de 800 gins foram submetidos à IWSC para avaliação. Eles foram divididos em dois grandes grupos: London Dry e Contemporary.

London Dry é mais um estilo do que uma indicação geográfica. Refere-se aos gins que começam com uma base de álcool neutro e passam por uma segunda destilação com elementos botânicos tradicionais. Para ser classificado como London Dry, um gin não pode ter mais de 0,01 g de açúcar a cada litro de álcool e deve apresentar o zimbro em sua mistura de botânicos.

Os gins de estilo contemporâneo podem usar uma variedade muito mais ampla de ingredientes botânicos esotéricos e têm mais margem de manobra no quão proeminente é o sabor do zimbro.

Leia também: Maldivas para todos os gostos: conheça 7 hotéis para aproveitar a retomada do turismo

Veja, na galeria de fotos a seguir, os 8 melhores gins do mundo e as avaliações da IWSC:

  • Boulder Spirits, Barreled Ginskey Gin, 47% de teor alcoólico

    O Ginskey é um gin norte-americano de estilo contemporâneo amadurecido em barris de carvalho americano virgem por dois anos. A bebida utiliza 11 plantas, incluindo hibisco, chá verde Sencha e camomila. O nome “Ginskey” é uma junção das palavras gin e uísque. É o gin perfeito para um amante de bourbon.

    “Odor sedutor, grandes características de bourbon com uma abundância de rica doçura amadeirada, carvalho baunilha e notas de cereja escura. Bebida excepcionalmente equilibrada com frutas picantes. Culmina com um perfume inebriante de notas florais e um final rico em zimbro”, diz a avaliação da IW

    Getty Images
  • Stone Grange, Elg No. 1 Gin, 47,2% de teor alcoólico

    Gin dinamarquês destilado na Stone Grange Distillery, em Fredensborg. É produzido em lotes de 1.250 garrafas. Sua receita botânica usa ingredientes tradicionais, mas se destaca por incorporar também cenouras dinamarquesas.

    “Entusiasticamente intenso, pronunciado e expressivo. Intensamente herbal com zimbro vibrante, limão cítrico fresco, cardamomo e coentro estourando no paladar. Vai além da experiência clássica do gin seco, entregando uma vivacidade exuberante que explode com sabor”, avaliou a instituição.

    Michelle Arnold / EyeEm/Getty Images
  • BeauFort Spirit, Fifty-Seven Smoked Sipping Gin, 57% de teor alcoólico

    BeauFort é um gim inglês de “estilo marinho”. Antes da invenção do hidrômetro de Sikes, os navios da marinha britânica testavam o teor alcoólico de suas bebidas misturando-as com uma pequena quantidade de pólvora. Se a pólvora queimava com uma chama azul constante, então a força do destilado estaria por volta dos 57%. Se a pólvora explodisse, a bebida estava com teor alcoólico muito alto. Já se não queimasse, era sinal de que estava muito fraca. Essa prática deu origem à palavra “prova” para designar a graduação alcoólica.

    O gin da Beaufort é infundido com carvalho defumado e nogueira junto com “pimentão rosa, Szechuan e óleos cítricos”, para simular, de acordo com a destilaria, como a pólvora fumegante cheirava quando usada para testar a bebida.

    “Um gin único e distinto, com notas esfumaçadas de pimentas ancho e bacon. Sabores ricamente texturizados de cereais granulados, cream soda, açúcar mascavo e especiarias de gengibre com gosto persistente de fumaça fluindo através de um acabamento de zimbro e pinho”, disseram os especialistas.

    SilvaPinto1985/Getty Images
  • Withers Gin, G1, 40% de teor alcoólico

    O Withers Gin é um novo produtor de gin artesanal com sede em East Midlands, na Inglaterra. Seu lançamento inaugural, produzido na destilaria de Bond Street, é feito de uma combinação de oito botânicos que incluem zimbro, raspas de grapefruit rosa e viola tricolor.

    “Pinho fantasticamente fresco no olfato abre o caminho para suntuosos limões e zimbro rico, polvilhado com pimenta branca pungente no final. A textura é excelente e a sensação na boca é cremosa e completa. Simplesmente soberbo”, diz a avaliação da IWSC.

    pjohnson1/Getty Images
  • Stranger & Sons, Indian Spirited Gin, 42,8% de teor alcoólico

    O Stranger & Sons é um gin indiano produzido pela Third Eye Distillery em Goa. Ele usa uma variedade de botânicos locais, incluindo pimenta indiana, limão e coentro, bem como Gondhoraj, um cítrico de Calcutá que tem gosto de um cruzamento entre limão e tangerina.

    “Os sabores cítricos ousados chegam ao nariz, apoiados por notas florais e de especiarias terrosas e doces. Harmonioso e intenso na boca com extraordinário requinte. Produz um final saboroso, longo e picante”, disseram os especialistas.

    Instants/Getty Images
  • Monterey Distillery, Helford River, Monterey Gin, 43% de teor alcoólico

    A Monterey Distillery fica às margens do rio Helford, na Cornualha, Inglaterra, cercada por um bosque de pinheiros de Monterey. As árvores foram importadas da Califórnia, onde são nativas. Este é um gin clássico de estilo London Dry. Ele utiliza 11 botânicos, incluindo espinheiro-mar e erva-mate.

    “Completo, seco, resinoso e aromático, este magnífico elixir seduz o consumidor a apreciar os perfumados coentros, o limão fresco e as ervas adocicadas. Ousadamente enriquecido por um palato seco, quente e redondo, culmina em um final de resfriamento profundo”, diz a avaliação da IWSC.

    Westend61/Getty Images
  • Spirit of Harrogate, Slingsby Marmalade Gin, 40% de teor alcoólico

    O Slingsby Marmalade Gin é uma bebida não tradicional elaborada a partir de botânicos provenientes da área de Harrogate, em North Yorkshire, e, de acordo com o produtor, “complementado com geleia picante de Yorkshire”. O resultado é um gin único com um intenso sabor de marmelada de laranja.

    “Pense em marmelada de corte grosso com o gin perfeitamente equilibrado e elegante. Um odor rico e consistente encontra sabores frescos e concentrados. Um gin suculento com uma viagem de sabores maravilhosos”, avaliou a instituição.

    Joana Lopes / EyeEm/Getty Images
  • Wessex Distillery, The Wyvern Gin, 47% de teor alcoólico

    O Wyvern é um tipo de dragão que não cospe fogo. Aposto que você não sabia disso! Diz a lenda que eles eram comuns em Wessex nos tempos antigos. É um bom nome para um gin intenso de sabor poderoso, mas que também é muito suave. Este é um gin inglês produzido no clássico estilo London Dry.

    “Olfato clássico, cheio de zimbro acompanhado de cítricos (limão e lima), temperos aquecedores e pimenta. Completo, luxuoso e cremoso com um paladar fantástico. Um exemplo notável e um gin verdadeiramente bem feito”, diz a avaliação.

    Catherine Falls Commercial/Getty Images

Boulder Spirits, Barreled Ginskey Gin, 47% de teor alcoólico

O Ginskey é um gin norte-americano de estilo contemporâneo amadurecido em barris de carvalho americano virgem por dois anos. A bebida utiliza 11 plantas, incluindo hibisco, chá verde Sencha e camomila. O nome “Ginskey” é uma junção das palavras gin e uísque. É o gin perfeito para um amante de bourbon.

“Odor sedutor, grandes características de bourbon com uma abundância de rica doçura amadeirada, carvalho baunilha e notas de cereja escura. Bebida excepcionalmente equilibrada com frutas picantes. Culmina com um perfume inebriante de notas florais e um final rico em zimbro”, diz a avaliação da IW

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).