Você sabia que a Porsche tem carros de corrida à venda?

Além dos veículos do dia a dia, a montadora comercializa uma série de modelos para competir nas pistas.

Michael Harley
Compartilhe esta publicação:
Porsche/Divulgação
Porsche/Divulgação

Carros de corrida Porsche personalizados no Porsche Experience Center em Los Angeles

Acessibilidade


Não é surpresa que a Porsche esteja fortemente envolvida nas vendas comerciais de carros de corrida desde seus primeiros dias, já que o nome da empresa é praticamente sinônimo disso. No entanto, olhar para o passado – para a era do icônico esportivo 356 – revela que os proprietários de Porsches correm com seus carros e pedem apoio à montadora alemã há quase 70 anos.

Reconhecendo a demanda e o potencial de negócios, a Porsche não demorou muito para iniciar sua linha de programas de corrida que logo foram estendidos aos clientes. Mais uma vez, o sucesso foi quase imediato: a célebre placa de identificação “Porsche” colecionou vitórias em ralis e em corridas de carros esportivos nas décadas de 1950 e 1960.

VEJA TAMBÉM: Fórmula 1: Alfa Romeo revela novo carro para 2022

Os proprietários de Porsches correram em locais amadores e em eventos profissionais. De acordo com a montadora, a primeira participação de um carro de corrida de um cliente Porsche nas 12 Horas de Sebring (a primeira grande corrida nacional de carros esportivos da marca) aconteceu em 1953, quando Richard Toland entrou em seu Porsche 356 de propriedade privada. 

Neste ano, 16 carros de corrida da marca foram inscritos nas duas corridas do fim de semana Rolex 24 de 2022 – sete carros de corrida Porsche 911 GT3 R no WeatherTech SportsCar Championship e nove Porsche 718 Cayman GT4 RS Clubsport no Michelin Pilot Challenge – todos administrados por equipes privadas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Os clientes de hoje podem transformar um Porsche em um carro de corrida – um processo demorado e caro – ou podem entrar em contato com a Porsche Motorsport North America (PMNA) e comprar um carro de corrida pronto para uso direto da montadora. A PMNA, uma subsidiária integral da Porsche AG, foi fundada em 1985. A empresa está sediada em uma área de 1.390 metros quadrados do Porsche Experience Center em Los Angeles (PECLA).

A lista de carros de corrida que a Porsche oferece muda ano após ano. Ainda assim, sua linha atual inclui o 911 RSR-19 (construído para FIA/GTE – Le Mans e as outras rodadas do Campeonato Mundial de Endurance), 911 GT3 R, 911 GT3 Cup e 718 modelos Cayman GT4 RS Clubsport. 

VEJA TAMBÉM: Eletrificação de carros clássicos é um negócio em ascensão, com uma lista de espera de dois anos

Além disso, a empresa também venderá seu novo protótipo LMDh (um piloto híbrido desenvolvido para competir no Campeonato Mundial de Endurance da FIA e no Campeonato IMSA WeatherTech SportsCar em 2023) a partir do próximo ano.

Carros de corrida de alto desempenho não são baratos, mas o preço da Porsche parece muito razoável quando se considera os valores que os consumidores pagam por carros esportivos de rua nos showrooms hoje. 

Por exemplo, um Porsche 718 Cayman GT4 RS Clubsport 2022 tem um preço base de US$ 229 mil (cerca de R$ 1,17 milhão), enquanto o Porsche 911 GT3 Cup 2022 (chassis 992) começa em US$ 269 mil (R$ 1,38 bilhão). Um reverenciado Porsche 911 GT3 R 2020 custa US$ 535 mil (aproximadamente R$ 2,7 milhões). 

Tenha em mente que esses preços não incluem impostos, taxas, transporte, esquemas de cores ou o pacote opcional de “extras” – isso porque as equipes de corrida devem ter rodas e componentes adicionais à mão para serem competitivas. E para quem não tiver os recursos, a Porsche Financial Services (PFS) oferece programas de financiamento. 

Os clientes que compram carros de corrida da PMNA recebem suporte da Porsche de duas maneiras diferentes. Em primeiro lugar, a empresa apoia seus clientes mantendo um departamento de peças completo na PECLA. Segundo, um PMNA Parts Trailer abastecido viaja para todas as principais séries de corrida em que os clientes da Porsche provavelmente estarão (por exemplo, IMSA WeatherTech, IMSA Michelin Pilot Challenge, Porsche Carrera Cup North America e SRO).

VEJA TAMBÉM: Novo Aston Martin DBX707 é o SUV de luxo mais potente do mundo

Como resultado, não apenas a montadora têm peças de alta rotatividade (como pastilhas de freio e filtros de óleo, por exemplo) facilmente disponíveis, mas também componentes eletrônicos, motores e peças de carroceria à disposição – com a possibilidade de entrega noturna em casos de urgência. 

As peças são apenas uma parte do suporte da Porsche para seus clientes de corrida – a filosofia geral da marca é apoiar todos os aspectos das corridas de clientes. Isso significa que a PMNA conta com vários engenheiros no local e engenheiros de produto especializados em todas as principais séries de corrida para solucionar problemas e oferecer consultoria técnica para as várias plataformas (por exemplo, 911 GT3 R, 718 Cayman GT4 RS Clubsport, 911 GT3 Cup).

A manutenção também é crucial para o sucesso de uma equipe de corrida. Assim, a PMNA oferece serviços de reparo e reconstrução – a preços estabelecidos – para garantir que os clientes tenham suporte de serviço e possam fazer orçamentos de acordo.

Considerando que a rede de revendedores franqueados da Porsche normalmente tem uma variedade de veículos de rua à venda a qualquer momento – prontos para entrega imediata ao cliente – as coisas são um pouco diferentes no mercado de carros de corrida. Segundo a montadora, os prazos de entrega podem ser de seis meses a um ano, dependendo do ciclo do produto e da demanda.

VEJA TAMBÉM: Os 5 carros de luxo mais aguardados de 2022

Além disso, espelhando os carros de estrada da empresa, a produção dos carros de corrida é limitada – especialmente para aqueles carros que compartilham plataformas e componentes com sua linha de produção padrão, como o 718 Cayman GT4 RS Clubsport e o 911 GT3 Cup (o GT3 street e a versão de corrida compartilham o mesmo motor flat-6 de 4,0 litros de alta rotação). 

O programa de carros de corrida da Porsche tem sido muito bem-sucedido, com a empresa vendendo cerca de 400 veículos anualmente para um mercado global (o número flutua com base em quais plataformas a montadora está produzindo). Nessa conta, as centenas de veículos PMNA prontos para corrida complementam os milhares de Porsches de estrada convertidos para serviço de pista a cada ano, que complementam as dezenas de milhares de motoristas diários da montadora – totalizando muitos proprietários de Porsche felizes.

Compartilhe esta publicação: