Faça seu próprio relógio nesta experiência especial na Suíça

A Intium dá aulas particulares sobre relojoaria e permite que o participante monte um modelo único e totalmente personalizado.

Larry Olmsted
Compartilhe esta publicação:
Intium
Intium

A Intium dá aulas e oficinas sobre relógios suíços em Genebra, com uma variedade de materiais para fazer seu próprio modelo

Acessibilidade


Estou esperando há três anos para compartilhar essa incrível experiência única com meus leitores na Forbes.

Valeu a pena a espera forçada pela pandemia, porque, à medida que as viagens estão voltando, a Suíça saltou para o Top 10 dos destinos de férias internacionais mais populares para os norte-americanos neste verão do hemisfério norte. Isso não é uma surpresa, já que o país é muito fácil de se chegar, de se locomover e o inglês é quase universalmente falado. Tem ótimos centros urbanos, ótima comida, ótima natureza, ótimo esqui, ótimas cidades alpinas de montanha e mistura várias atividades ao ar livre com ótimas experiências urbanas.

Leia mais: TAG Heuer lança relógio com diamantes feitos em laboratório

Mas a única coisa que a Suíça domina como nada – nem mesmo o chocolate – são os relógios. É o berço da relojoaria e, com tão poucas exceções que você pode contar nos dedos, quase todas as marcas famosas e colecionáveis ​​do mundo são suíças. Há museus de relógios, trilhas de relógios, tours de fábricas de relógios, lojas de relógios e leilões de relógios.

Mas o segredo de viagem mais bem guardado em relojoaria é a Intium, uma empresa que oferece aulas e oficinas “faça você mesmo” de relojoaria e te faz levar para casa os frutos do seu trabalho: um relógio suíço mecânico único e personalizado. A experiência é muito fácil de adicionar a quase qualquer viagem à Suíça, exigindo apenas um dia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Intium
Intium

A Intium tem três laboratórios de oficinas pela Suíça

Depois que fiz a experiência do Intium e saí do workshop de Genebra, levou menos de uma hora para alguém elogiar o relógio. Tenho outros legais, mas nunca antes consegui responder: “Obrigado. Eu que fiz ele sozinho.”

Voltar para casa com uma lembrança tão icônica é uma grande parte da experiência do Intium, mas apenas uma parte. Embora o relógio em si seja barato para os padrões suíços colecionáveis, mesmo o amante de relógios mais ávido com vários modelos caros os apreciará mais depois de aprender sobre o que faz um relógio mecânico funcionar na prática. 

Escrevo sobre relógios há mais de duas décadas, entendo complicações e recursos de primeira linha – como calendários perpétuos, turbilhões e repetidores de minutos -, mas ainda aprendi coisas fascinantes sobre as entranhas dos relógios mecânicos que não conhecia antes. Acredito muito que qualquer fã de relógios deixará a Intium com uma melhor apreciação de todos os relógios de sua coleção, agora ou no futuro.

Uma coisa com a qual você não vai sair de lá é com fome, já que a aula inclui .um almoço luxuoso em um restaurante de primeira com seu instrutor, uma boa pausa e a oportunidade de aprender mais sobre a indústria relojoeira da Suíça longe da bancada e da lupa Os instrutores geralmente são ex-alunos das casas de relógios mais famosas e oferecem perspectivas privilegiadas.

Intium

Você passa meio dia ou um dia inteiro em uma aula íntima (máximo de quatro alunos) aprendendo como funcionam os relógios, monta e desmonta um movimento mecânico sob ampliação e, no final do dia, escolhe todos os componentes –  incluindo caixa, pulseira, ponteiros e disque – entre centenas de milhares de combinações possíveis, depois monte seu próprio relógio único.

Leia mais: Montblanc lança relógio de alpinismo “Zero Oxigênio” que não embaça

Ele é construído em torno de um movimento da fabricante suíça ETA, que forneceu marcas de renome mundial, incluindo Panerai, Omega, TAG Heuer, Longines e Breitling. Quando terminar, seu relógio é testado em laboratório quanto à precisão e impermeabilidade e, em seguida, colocado em uma caixa de presente estilo joalheria – mas você vai querer ele em seu pulso imediatamente.

Curiosamente, a Intium começou como um plano de negócios hipotético que três estudantes suíços de pós-graduação enviaram enquanto faziam seus MBAs: um conceito para um workshop prático onde os visitantes podiam aprender sobre relojoaria e sair com sua própria criação personalizada. Foi uma ideia tão boa que a concretizaram há cerca de nove anos, e hoje a empresa tem três oficinas de laboratório na Suíça. 

Para muitos viajantes, Genebra é a escolha mais conveniente, pois a oficina fica no coração da cidade, a uma curta distância de todos os melhores hotéis (Four Seasons, Hoyel d’Angleterre, Ritz-Carlton), enquanto os outros dois estão no subúrbios de Genebra e Zurique.

Existem três opções de aulas, mas apenas duas incluem relógios: a aula Gamma de meio dia (4 horas, por US$ 2.000, ou R$ 10.200), que pula o almoço e simplifica a parte prática da montagem do trabalho em sala de aula, e a Delta, melhor, de um dia inteiro (8 horas, US$ 2.500, ou R$ 12.800) que se aprofunda no movimento mecânico e na teoria. A diferença de preço é tão pequena que você pode aproveitar o almoço e toda a educação extra. 

Intium

Fiz a aula de dia inteiro, que começa com uma sessão teórica sobre como funcionam os relógios mecânicos. Em pouco tempo ela é colocada em prática e cada participante tem uma estação de relojoaria de estilo profissional com lupas, pinças finas e engrenagens e componentes minúsculos. O cerne da questão é desmontar completamente um movimento de ponta e, em seguida, montá-lo novamente, esperançosamente de maneira funcional.

Após o almoço gourmet, você volta e começa o processo de confecção do seu próprio relógio, primeiro escolhendo os componentes. Há uma variedade muito ampla de mostradores, mas um número desproporcional de participantes – inclusive eu – opta por versões “abertas” para ver melhor os resultados de seu próprio trabalho e/ou por caixas com costas transparentes para que o movimento seja visível de um ou ambos os lados.

Leia mais: Indústria de relógios suíços retoma altas pré-pandemia

Em termos de custo-benefício, Intium tem um ótimo valor. Mas embora o preço seja muito menor do que a maioria dos relógios finos custa, até o colecionador mais experiente vai gostar da experiência – as oficinas recebem regularmente clientes que possuem relógios de seis ou sete dígitos, mas querem aprender e anseiam por algo ainda mais original. 

Pouco antes da minha visita, a oficina recebeu uma reserva de um colecionador do Catar que ia para Genebra para buscar pessoalmente um modelo raro de Patek Philippe que ele havia encomendado, um de apenas cinco fabricados no mundo. Quando soube da Intium, decidiu adicionar o primeiro relógio de bolso à sua grande coleção – e fazê-lo ele mesmo. Esse foi um pedido incomum, mas eles são flexíveis e outras opções incluem a atualização para um movimento automático e há tamanhos masculinos e femininos.

Vale a pena planejar uma ida a Genebra para ter a experiência Intium, mas ela é um complemento ainda melhor para uma viagem que você faria à Suíça de qualquer maneira – seja para caminhar à sombra do Matterhorn, cuidar de negócios, esquiar ou apenas aproveitar a charmosa nação.

Como as aulas podem ser reservadas para grupos particulares, é ótima para uma viagem de amigos ou casal, em aniversário ou comemoração especial de relacionamento. Também é um excelente presente, já que você pode escolher qualquer aula, mas ela pode ser agendada por quem receber. 

Já fiz aulas de culinária onde a refeição resultante foi extra especial só porque eu a fiz. Destilei meu próprio bourbon, misturei meu próprio uísque e gim e fiz queijo, e todos ficaram mais especiais porque eu os fiz. O mesmo vale para um relógio, exceto que com a comida e a bebida tudo o que me resta são garrafas vazias e boas lembranças. Mas meu relógio ainda está marcando o tempo – e recebendo elogios. Você vai para casa com a melhor lembrança suíça e não há nada igual em nenhum lugar.

Compartilhe esta publicação: