Nova York: 6 restaurantes para conhecer na Big Apple em 2022

De inspirações gregas a mexicanas, conheça os destaques gastronômicos fora do óbvio para visitar na cidade

Steve Forbes
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Com uma variedade enorme de restaurantes, Nova York foi eleita o 8º melhor destino gastronômico do mundo em 2022

Acessibilidade


Confira a seguir uma lista especial de 6 restaurantes fora do óbvio para adicionar à lista em uma próxima visita à Nova York:

Sojourn Social

Divulgação

Sammy Musovic, proprietário indomável do Sojourn também é o proprietário/criador do Sojourn Social. O cenário é acolhedor, com um bar longo e movimentado perto da entrada e um grande jardim na parte de trás para refeições de verão. Mas é a comida que atrai aqui. Peter Petti, chef talentoso e ex-aluno do Eleven Madison Park, atinge todas as marcas.

Para começar, experimente os pequenos pratos de favoritos: tartar de atum, lula crocante servida com aioli de limão defumado ou croquetes de rillette de pato com aioli de mostarda, tomilho e cebolinha. Há cerca de uma dúzia de pratos principais, entre eles macarrão com trufa de lagosta e queijo, salmão das Ilhas Faroe com alho-poró refogado e risoto de quinoa, bucatini cremoso cacio e pepe e um ótimo hambúrguer Kobe com cebola caramelizada. Para acompanhar, experimente o delicioso arroz frito confitado de pato. Finalize com o rico zeppole ou o cheesecake Sojourn com calda de morango.

Leia mais: Os bares favoritos de Renato Perito, gerente de bebidas do Fasano, em NY

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Marathi Greek Bistro

Divulgação

A criatividade do Chef Nicolas Poulmentis e a atenção aos detalhes autênticos são evidentes em seus muitos pratos incomuns. Ele fez parceria com o experiente restaurateur Andreas Koutsoudakis, que passou os verões de sua infância na praia de Marathi, em Creta. O rico azeite importado da ilha toca quase todos os pratos, juntamente com um mel local celestial.

Entre as entradas, as imperdíveis são: tarama de trufas negras sobre caviar de salmão polvilhado com pó de trufas ou o delicioso saganaki de camarão tigre banhado em molho de tomate e feta e quinoa vermelha. Para os pratos principais, há massa de lagosta em molho de tomate levemente picante flambada no uzo, brasino inteiro assado ou, para os carnívoros, um prato de costeletas de cordeiro perfeitamente apresentado. Para os acompanhamentos, escolha a couve de Bruxelas apimentada com mel e as batatas com limão. Aprecie um prato de tzatziki durante a refeição. Para a sobremesa, banoffee – uma sobremesa em camadas de biscoitos de manteiga, caramelo de chocolate, chantilly de laranja e bananas.

Marian’s

Divulgação

Em uma noite fresca de primavera em Nova York, este lugar estava lotado. O menu não é longo, mas a comida é excelente. A lula com pimentas shishito e o fluke crudo com maçãs acompanhadas de um molho picante são deliciosos. O hanger steak com couve de bruxelas é perfeito, assim como o pappardelle misturado com short ribs ricamente saborosas. A torta de chocolate e avelã pode te dar várias horas extras na academia, mas cada mordida vale a pena.

Empellón

Divulgação

Não confunda este carro-chefe com seu filhote mais mais modesto na Praça de São Marcos e na Avenue A, que é bem mais informal com muitos tacos e guacamole. O cenário aqui é sofisticado, elegante e contemporâneo, e o serviço é eficiente e amigável. O preço fixo do almoço de US$ 42 é uma pechincha relativa. A sopa de tortilla com seu caldo picante de pimenta, rabanete picado e pequenos pedaços de abacate é deliciosa. A salada de quatro feijões com ovos de codorna e vinagrete de tomate está em uma classe à parte. O cappelletti de semente de abóbora é incomum, com a pitada extra de suco de abóbora com mel adicionando uma experiência de sabor memorável. A salada de camarão jumbo é tão generosa com seus camarões que, se você não tiver ajuda para comê-la, talvez precise pedir para levar para casa. O flan cítrico, com marmelada de laranja-azeda, é a finalização perfeita de uma agradável refeição.

Loring Place

Divulgação

Inaugurado em 2016, o Loring Place sobreviveu à pandemia e está prosperando merecidamente. A decoração contemporânea discreta e o serviço amigável facilitam a concentração na comida fabulosa. A partir de um cardápio repleto de muitas opções de vegetais, você vai comer bem e de forma saudável. As fritas de aspargos fariam inveja a qualquer chef de tempura em Tóquio, e a salada de ervilhas grelhadas e o crudo de atum estão entre as entradas que abrem o apetite para a costeleta de couve-flor crocante e o sublime peito de frango úmido. O bolo de amêndoa com sorvete caseiro e geleia de kumquat é delicioso, assim como os cookies. O público é tão legal quanto o próprio lugar.

Leia mais: Chefs revelam seus pratos favoritos para aquecer os dias frios

Les Trois Chevaux

Esse é um dos interiores de inspiração francesa mais bonitos e serenos criados recentemente em Nova York. É uma pena que o que é oferecido não seja igual ao cenário. O aspargo branco é tão fino quanto um lápis e tão difícil de cortar. O molho maltaise que acompanha nada acrescenta ao sabor. O tartare de la mer é um primeiro prato muito mais satisfatório. O ballotine de galinha-d’angola e cordeiro com cogumelos selvagens em molho de conhaque é bastante saboroso (embora os dois pedaços de cartilagem de cordeiro não sejam). O prato de caranguejo dungeness chega em um croute de aparência magnífica, que não apenas o envolve, mas o mata com um sabor doce e desagradável. O serviço sincronizado está na ordem do dia e ver todos os garçons entregando pratos simultaneamente para uma grande festa é puro teatro.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: