Cristiano Ronaldo é o jogador mais bem pago do mundo em 2021; Neymar aparece na terceira colocação

Português lidera a lista com ganhos de US$ 125 milhões, seguido por Lionel Messi, com pagamento de US$ 110 milhões e o brasileiro, com US$ 95 milhões.

Christina Settimi
Compartilhe esta publicação:
Eurasia Sports Images / Getty Images
Eurasia Sports Images/Getty Images

Cristiano Ronaldo lidera uma lista com ganhos de US $ 125 milhões, seguido por Lionel Messi, com pagamento de US $ 110 milhões e Neymar Jr., com US $ 95 milhões

Acessibilidade


Menos de 24 horas depois do anúncio de que Cristiano Ronaldo abandonou a Juventus da Itália para se juntar ao Manchester United da Inglaterra, o atacante se tornou o jogador com mais vendas no site de produtos esportivos Fanatics. Ele liderou as vendas de outros atletas importantes que mudaram de tempo nos últimos anos, incluindo Tom Brady da NFL em 2020, LeBron James da NBA em 2018 e Bryce Harper da MLB em 2019.

Mas sua maior vitória pode ter sido superar o rival Lionel Messi , que semanas antes havia anunciado que estava deixando o Barcelona para se transferir para o Paris Saint-Germain .

LEIA TAMBÉM: 10 melhores universidades dos Estados Unidos em 2021

É o tipo de poder de venda que vem por ser o atleta mais popular do mundo – com mais de meio bilhão de seguidores no Facebook (149 milhões), Instagram (344 milhões) e Twitter (94,3 milhões) – e conseguir uma recuperação o primeiro lugar no ranking da Forbes deste ano dos jogadores de futebol mais bem pagos do mundo.

O português deve ganhar US $ 125 milhões antes dos impostos na temporada 2021-22, com US $ 70 milhões vindo de salário e bônus por seu retorno ao United, onde entre 2003 e 2009 ele conquistou três títulos consecutivos da Premier League e um da Liga dos Campeões. O resto vem de patrocínios pessoais e parcerias com marcas como Nike, Herbalife, Clear e seu portfólio da marca7 em constante expansão que inclui perfumes, roupas íntimas, óculos, hotéis, academias e muito mais. Apenas três outros ativos ativos ganham mais dinheiro comercialmente: Roger Federer (US $ 90 milhões), LeBron James (US $ 65 milhões) e Tiger Woods(US $ 60 milhões). E não há sinais de que Cristiano Ronaldo está desacelerando, com o homem de 36 anos ainda superando muitos de seus adversários na Europa, a maioria dos quais são dez anos mais jovens: Cristiano Ronaldo marcou em seu retorno ao Old Trafford . Ele agora tem quatro gols em três jogos na temporada na melhor liga do mundo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Tirado do primeiro lugar está seu rival de dados longa, Lionel Messi , que depois de 21 anos no Barcelona – e um ano de novela sobre a saída – se transferiu para o PSG , onde receberá US$ 75 milhões nesta temporada, ajud a inev- lo em segundo lugar na lista com US $ 110 milhões. Messi foi forçado a sair depois que a La Liga espanhola reprimiu os gastos salariais do Barcelona , forçando o clube a encerrar as seis vezes melhor jogador do mundo, que jogava pelo Barça desde os 13 anos de idade. Ele vai aumentar seu salário do PSGcom cerca de US $ 35 milhões em patrocínios de empresas como Adidas, Pepsi, relojoeira Jacobs & Co e Budweiser, que ele acabou de assinar no ano passado por meio de um acordo de três anos.

No total, os dez jogadores de futebol mais bem pagos devem ter ganhos antes dos impostos de US $ 585 milhões nesta temporada, acima dos US $ 570 milhões do ano passado. Salário e bônus superior a maior parte do total – US $ 415 milhões – e um modesto aumento de 2,6% em relação ao ano passado, já que a maioria dos clubes continua cautelosa em face da incerteza em torno das variantes emergentes da Covid- 19 . Em maio, a UEFA , órgão que rege o futebol na Europa, divulgou um relatório afirmando que seus principais clubes enfrentavam uma perda de receita de US $ 8,5 bilhões relacionada à pandemia, prejudicando a movimentação de grandes jogadores.

Ainda assim, os grandes saltos no topo da lista exibida o lucrativo poder aquisitivo dos melhores jogadores do futebol global, que superaram seus pares no MLS por um fator de dez.

VEJA MAIS: 10 irmãos bilionários no Brasil e no mundo

O PSG agora possui em seu elenco três dos cinco jogadores mais bem pagos do mundo, incluindo Neymar , de 29 anos, que chega ao terceiro lugar mais uma vez com US $ 95 milhões, e Kylian Mbappé, de 22 anos, que está em quarto lugar com US $ 43 milhões. Mohamed Salah , do Liverpool , 29, completa os cinco primeiros com US $ 41 milhões. Este ano, Andres Iniesta , de 37 anos, retorna como o único jogador de um tempo não europeu, chegando à 7ª posição com US $ 35 milhões após assinar uma extensão de contrato de dois anos com Vissel Kob e no Japão, seu clube desde que saiu do Barcelona em 2018.

Para compilar nossa lista, falamos com clubes, agentes de jogadores, patrocinadores comerciais e especialistas em futebol de todo o mundo. Todos os valores são convertidos para dólares dos Estados Unidos usando uma taxa de câmbio atual e inclui salários (antes de impostos) para a temporada 2021-22, bônus e endossos. As taxas de transferência estão excluídas.

Veja, na galeria de fotos a seguir, os 10 jogadores de futebol mais bem pagos do mundo:

  • 10. Eden Hazard

    Idade: 30
    País: Bélgica
    Time: Real Madrid
    Ganhos totais: US$ 29 milhões
    Salário: US$ 26 milhões
    Patrocínio: US$ 3 milhões

    Em 2019, o Real Madrid pagou ao Chelsea US$ 118 milhões para assinar um contrato de cinco anos com Hazard, que o coloca no mesmo nível de Gareth Bale com um salário anual de US$ 26 milhões. Mas o belga perdeu 59 jogos nas duas primeiras temporadas no clube. O técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, questionou recentemente sua capacidade de jogar duas partidas consecutivas. Há um boato crescente na mídia de que o clube está tentando negociá-lo, já em janeiro. Fora de campo, Hazard é o garoto-propaganda do McDonald’s na Bélgica, sua terra natal, e tem negócios com a Nike e a Nissan.

    David Bustamante/Getty Images
  • 9. Gareth Bale

    Idade: 32
    País: Reino Unido
    Time: Real Madrid
    Ganhos totais: US$ 32 milhões
    Salário: US$ 26 milhões
    Patrocínio: US$ 6 milhões

    Após confronto com o seu treinador Zinedine Zidane no Real Madrid, Bale foi emprestado ao Tottenham na temporada passada. A saída de Zidane no final da temporada 2020-21, depois que o clube não conseguiu ganhar um troféu, abriu caminho para o jogador de 32 anos retornar ao Bernabéu para a última temporada de seu contrato atual. Desde que orgulhosamente exibiu uma faixa que dizia “País de Gales. Golfe. Madrid. Nesta ordem”, após seu país se classificar para a Euro 2020, Bale foi vinculado a uma carreira pós-futebol. Ele tem apoiado a TaylorMade desde 2020, até mesmo participando de uma prova de um dia inteiro no YouTube com o fabricante de tacos de golfe.

    David Bustamante/Getty Images
  • 8. Paul Pogba

    Idade: 28
    País: França
    Time: Manchester United
    Ganhos totais: US$ 34 milhões
    Salário: US$ 27 milhões
    Patrocínio: US$ 7 milhões

    Dez meses atrás, o futuro de Pogba no United era incerto. Mas desde a contratação de Cristiano Ronaldo e seu companheiro de seleção francês Raphael Varane, relatos sugerem que ele está inclinado a assinar uma prorrogação de contrato. O jovem de 28 anos está no meio de um contrato de dez anos com a Adidas que vale cerca de US$ 45 milhões.

    Craig Mercer/Getty Images
  • 7. Andres Iniesta

    Idade: 37
    País: Espanha
    Time: Vissel Kobe
    Ganhos totais: US$ 35 milhões
    Salário: US$ 31 milhões
    Patrocínio: US$ 4 milhões

    Iniesta mudou-se para o Japão com um contrato de dois anos com Vissel Kobe em 2018, após o fim de uma carreira de 22 anos com o Barcelona. Desde então, o meio-campista ajudou o clube a conquistar a Copa do Imperador em 2019, a se classificar para a Liga dos Campeões da Ásia pela primeira vez e a vencer a SuperTaça do Japão em fevereiro de 2020. Em abril passado, no seu 37º aniversário, ele assinou uma extensão de contrato para permanecer no clube até 2023.

    Hiroki Watanabe/Getty Images
  • 6. Robert Lewandowski

    Idade: 33
    País: Polônia
    Time: Bayern de Munique
    Ganhos totais: US$ 35 milhões
    Salário: US$ 27 milhões
    Patrocínio: US$ 8 milhões

    O contrato do jogador de 33 anos termina em 2023, e seu desempenho como melhor jogador do Alemão ano após ano está gerando rumores de pretendentes. A última vez que ele falhou em marcar para o Bayern foi em fevereiro; ele está atualmente em uma sequência de 19 gols e este mês se tornou o primeiro jogador da Bundesliga a marcar em 13 partidas consecutivas em casa. Ele está competindo pelo título de melhor jogador do mundo não só dentro de campo, mas também fora dele: lançou sua marca de roupas RL9, somando-se aos ganhos com patrocínios da Nike, Huawei e Head & Shoulders, entre outros.

    Alexander Hassenstein/Getty Images
  • 5. Mohamed Salah

    Idade: 29
    País: Egito
    Time: Liverpool
    Ganhos totais: US$ 41 milhões
    Salário: US$ 25 milhões
    Patrocínio: US$ 16 milhões

    Com dois anos restantes do atual acordo do jogador de 29 anos, Salah e Liverpool estão em negociações para manter o atacante em Anfield. Ele provou ser uma lenda dentro e fora do campo. Desde que se transferiu da Roma em 2017, ele está entre os artilheiros do Liverpool e da Premier League. Em outubro passado, ele marcou seu 100º gol pelo seu clube, tornando-se o mais rápido em sua história. Nenhum outro jogador da Premier League marcou mais gols no mesmo período. Ele também se tornou o rosto dos atletas muçulmanos no futebol, e um personagem importante na luta contra o preconceito. Um estudo acadêmico recente descobriu que depois que Salah ingressou no Liverpool, os crimes de ódio na cidade caíram 16% e os fãs do Liverpool reduziram pela metade suas taxas de postar tuítes anti-muçulmanos em relação aos fãs de outros clubes importantes.

    Sebastian Frej/Getty Images
  • 4. Kylian Mbappé

    Idade: 22
    País: França
    Equipe: Paris Saint-Germain
    Ganhos totais: US$ 43 milhões
    Salário: US$ 28 milhões
    Patrocínio: US$ 15 milhões

    Na primavera passada no hemisfério norte, o francês de 22 anos recusou uma extensão de contrato com o PSG que teria dado a ele uma chance para colocá-lo no mesmo nível do salário de Neymar e mantê-lo no clube até 2024. A temporada 2021-22 é a última em seu contrato atual. O clube francês espera que a contratação de Messi seja um incentivo para que o três vezes vencedor da Chuteira de Ouro da Ligue 1 negocie a sua permanência, mas pode ser hora de ele se aventurar fora e reivindicar os holofotes que por direito herdará Mbappé acumulou mais gols na carreira do que Cristiano Ronaldo ou Messi quando tinham sua idade. Ele também está ganhando mais com a sua idade, em parte porque os patrocinadores comerciais reconheceram seu potencial há muito tempo. No ano passado, a EA Sports deu a ele a capa solo do FIFA 21, tornando-o um dos mais jovens a fazê-lo. Este ano, anunciou que ele estará de volta como a cara do FIFA 22, tornando-o o primeiro desde Cristiano Ronaldo a receber capas consecutivas.

    Jose Breton/Getty Images
  • 3. Neymar Jr.

    Idade: 29
    País: Brasil
    Time: Paris Saint-Germain
    Ganhos totais: US$ 95 milhões
    Salário: US$ 75 milhões
    Patrocínio: US$ 20 milhões

    Neymar trocou jogar na sombra de Messi no Barcelona pelo PSG em 2017, com uma taxa de transferência recorde de US$ 263 milhões, e ajudou a levar o clube à sua primeira final da Liga dos Campeões no ano passado. Em maio deste ano, o jogador de 29 anos assinou uma prorrogação de contrato de quatro anos para permanecer na capital francesa até 2025 e se manter entre os mais bem pagos da equipe. Ele então ajudou o clube a cortejar Messi, o que levou ao seu reencontro. Após uma rescisão antecipada de seu contrato com a Nike por causa de uma alegação de agressão por parte de uma funcionária da empresa, Neymar assinou um contrato com a Puma que celebrou seu estilo chamativo. Em março, ele estreou uma “coleção criativa” de sapatos e roupas com cores berrantes. Em novembro passado, a sensação da mídia social – ele é o terceiro atleta mais popular no Facebook, Instagram e Twitter, com 284 milhões de seguidores – deixou o TikTok e assinou um acordo para produzir conteúdo de vídeo exclusivamente como embaixador da Triller.

    John Berry/Getty Images
  • 2. Lionel Messi

    Idade: 34
    País: Argentina
    Time: Paris Saint-Germain
    Ganhos totais: US$ 110 milhões
    Salário: US$ 75 milhões
    Patrocínio: US$ 35 milhões

    Foi o fim de uma era gloriosa quando o Barcelona anunciou que Messi não continuaria no clube por causa dos obstáculos financeiros da La Liga. Ao longo de seus 21 anos no único time em que atuou, Messi marcou 672 gols e fez 268 assistências para conquistar 35 títulos e 78 prêmios (incluindo um recorde de seis troféus Ballon d’Or para o melhor jogador de futebol). Ele também embolsou US$ 875 milhões em salários e bônus e outros US$ 350 milhões em patrocínios, totalizando mais de US$ 1 bilhão ao longo de sua carreira. O seu novo salário no PSG sofreu uma redução do que teria ganho se pudesse ter ficado no Barça, mas o mantém como o jogador mais bem pago do futebol em campo, juntamente com Neymar, com quem se reencontra em Paris depois de ter sido companheiro na equipe espanhola entre 2013 a 2017.

    Tnani Badreddine/Getty Images
  • 1. Cristiano Ronaldo

    Idade: 36
    País: Portugal
    Time: Manchester United
    Ganhos totais: US$ 125 milhões
    Salário: US$ 70 milhões
    Patrocínio: US$ 55 milhões

    Depois que Cristiano Ronaldo terminou a última temporada com a Juventus como artilheiro da Série A e ganhou o prêmio de melhor jogador do Campeonato Europeu, o Manchester United anunciou que ele voltaria para Old Trafford, onde jogou anteriormente de 2003 a 2009, marcando 118 gols em 292 jogos pelo United. Ao longo de sua carreira de 18 anos, ele ganhou 32 troféus importantes, incluindo cinco títulos da Liga dos Campeões da UEFA, o Campeonato Europeu da UEFA para seu país natal, Portugal, e sete títulos da liga na Inglaterra, Espanha e Itália, tornando-se o primeiro jogador a conquistar títulos no três países. No início de setembro, o jogador de 36 anos bateu o recorde de maior artilheiro de todos os tempos no futebol internacional ao marcar pela 110ª vez na vitória de seu país nas eliminatórias da Copa do Mundo contra a Irlanda. O português ganhou mais de US$ 1 bilhão em ganhos na carreira antes dos impostos, o primeiro atleta do esporte coletivo no mundo a atingir esse marco.

    Craig Mercer/Getty Images

10. Eden Hazard

Idade: 30
País: Bélgica
Time: Real Madrid
Ganhos totais: US$ 29 milhões
Salário: US$ 26 milhões
Patrocínio: US$ 3 milhões

Em 2019, o Real Madrid pagou ao Chelsea US$ 118 milhões para assinar um contrato de cinco anos com Hazard, que o coloca no mesmo nível de Gareth Bale com um salário anual de US$ 26 milhões. Mas o belga perdeu 59 jogos nas duas primeiras temporadas no clube. O técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, questionou recentemente sua capacidade de jogar duas partidas consecutivas. Há um boato crescente na mídia de que o clube está tentando negociá-lo, já em janeiro. Fora de campo, Hazard é o garoto-propaganda do McDonald’s na Bélgica, sua terra natal, e tem negócios com a Nike e a Nissan.

 

 

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias .

Compartilhe esta publicação: