7 restaurantes em Londres para seguir a Dieta Keto

A dieta Keto tem ganhado visibilidade graças à boa avaliação de celebridades e à recomendação de nutricionistas. Com baixo teor de carboidratos, proteína moderada e alto teor de gordura, a Keto induz o corpo a queimar gordura em vez de carboidrato, a fim de produzir energia e levar à perda de peso. Sem carboidratos, o corpo encontra outra forma de produzir energia. Ao entrar em um processo conhecido como “cetose”, o fígado produz energia a partir dos depósitos de gordura — por isso, dietas low carb e de alto teor de proteína são conhecidas como “dietas cetogênicas”, caso da Keto, da Paleo, da South Beach ou da Atkins. Logo, o segredo é treinar o corpo para queimar gorduras.

LEIA MAIS: Dicas para planejar sua dieta ao longo do dia

A dieta Keto atrai pela praticidade, pois não é preciso pesar alimentos ou adotar sistemas rigorosos para comer. A lista de alimentos liberados inclui óleos, como óleo de coco e azeite, manteiga, abacate, carnes, aves, peixes, laticínios, nozes e sementes, qualquer vegetal cultivado acima do solo e bagas, apesar de frutas em geral não se adequarem ao regime. É recomendado também evitar açúcar de qualquer tipo, e grãos.

Halle Berry, Alicia Vikander, Mick Jagger, Jessica Biel, Vanessa Hudgens e Robin Wright são algumas das celebridades que seguem a dieta para se manter “fitness”. Para eles, famosos que muitas vezes contam com cozinheiros particulares, a dieta pode parecer mais fácil. Mas e para nós, pessoas normais? Nós podemos cozinhar por conta própria. E, boa notícia, também frequentar bons restaurantes. AO menos, de Londres, a turismo.

Veja, na galeria abaixo, estabelecimentos londrinos que permitem seguir a dieta Keto:

  • 1. Flat Iron

    A churrascaria popular cresceu bastante nos últimos sete anos, e desde a sua inauguração, já conta com sete filiais. Nós visitamos o restaurante matriz, no Soho, para um almoço em uma terça-feira, e o lugar estava lotado. O proprietário, Charlie Carroll, fez questão de nos servir um filé da mais alta qualidade. E o melhor de tudo: a preço acessível. Após o sucesso de uma versão pop-up — ou seja, temporária — do restaurante, ele abriu em sede permanente, de três andares. Os preços são razoáveis e a comida, excelente. Os pratos assinados como “Flat Iron Steak” são servidos com salada da casa a £ 11. Os pratos acompanham outros bifes do menu, com carnes menos conhecidas, mas não inferiores na qualidade. O “flat iron”, a omoplata da carne, é extremamente macio e saboroso, e pode ser a refeição ideal para qualquer pessoa em dieta Keto. Para os vegetarianos nessa dieta, a berinjela assada com tomate, manjericão e queijo parmesão é uma ótima opção.

  • 2. Sushisamba

    Localizado no Opera Terrace, no topo do edifício histórico Covent Garden Market, este novo restaurante popular asiático se estende ao longo do lado leste do mercado, com uma incrível vista panorâmica. Nos dias mais quentes, é possível sentar no terraço, uma raridade no centro de Londres. Nós fomos ao restaurante para experimentar o novo menu, “Nourish”, criado pelo chef Andreas Bollanos, em parceria com o personal trainer Harry Jameson. Lógico, não comemos nada com arroz ou massa, mas o cardápio oferece várias opções dentro da dieta Keto. Eu não como beterraba, mas o tiradito de salmão curado com beterraba era ótimo, e as sementes de chia e romã deram um sabor excepcional. O prato principal era o ramen de carne, super proteico, com macarrão de courgette em substituição à massa do ramen habitual. Pedaços de bife de ribeye, tofu, shiitake, edame e pedaços de frango e carne faziam daquele um prato saudável e saboroso. Uma opção vegetariana, com legumes assados ​​e caldo de coco-kimchi, também está disponível. O menu especial “Nourish” segue até 31 de março.

  • 3. Lima

    Este restaurante peruano localizado em Fitzrovia foi criado pelos chefs Robert Ortiz e Virgilio Martinez, e ganhou sua primeira estrela Michelin em 2013, tornando-se o primeiro e único restaurante peruano a alcançar o feito. Ceviche, o prato peruano clássico, está dentro da dieta Keto e, em nossa visita, o experimentamos em três versões. Começamos com o clássico ceviche de dourada, servido com abacate, mas dispensamos o acompanhamento de batata-doce. O atum nikkei ceviche, com pimenta, samphire e rabanete foi a nossa segunda escolha, e recomendamos, assim como o ceviche de camarão e abacate aromatizado com gengibre e tamarindo. A carne com molho de aji amarillo, leitão e pato apimentado, gotinhas de laranja e missô com romã também é uma ótima opção do cardápio. Todas as comidas estavam deliciosas, e o ambiente, decorado de forma chique e acolhedora, parece um refúgio ideal para uma noite fria.

  • 4.Yen

    Próximo a Strand, o Yen é um restaurante japonês recém-inaugurado e especializado em macarrão Soba, o que é proibido na dieta Keto. No entanto, a culinária japonesa em geral está dentro do regime, e o Yen se destaca com seus pratos de sashimi, peixe e carne grelhada, e ainda conta com uma ampla variedade de saladas. Além do Soba, prato de trigo sarraceno que é especialidade do local e é servido em uma tradicional cuia de pedra, o Yen oferece tempura, robata e outros pratos tradicionais do ocidente. Em minha opinião, o local tem um dos melhores sashimis de Londres, mas os pratos de entrada também me deixaram chocados pelo sabor, em especial o tofu cremoso misturado com cebolinha e miso. A arquitetura do restaurante também é deslumbrante. O teto alto com mobiliário de madeira escandinava proporciona um ambiente arejado e agradável. Um bar na área do mezanino com mesas exteriores é um ótimo lugar um drinque e comer um lanche depois do expediente. Uma filial parisiense do Yen, na elegante Saint-Germain-des-Prés, em Paris, também agrada clientes há dezenove anos.

  • 5. Gridiron

    Esse restaurante de grelhados que oferece carnes, vegetais e peixes — alguns exóticos — foi criado pelos chefs britânicos Richard Turner, do Hawksmoor, e Colin McSherry, do The Fat Duck e The Ledbury. Os clientes podem assistir aos chefs cozinhando na grelha aberta, na parte de trás da sala de jantar. O cardápio é incrível para alguém que segue a dieta Keto, e inclui lagosta grelhada com ervas marinhas, linguado assado na brasa com manteiga, e costela de carne da Ilha de Mull, na Escócia.

  • 6. The Gilbert Scott

    O estabelecimento de Marcus Wareing está localizado no deslumbrante Hotel St Pancras Renaissance e conta com um cardápio de comida britânica contemporânea, com excelentes opções de dieta Keto. Uma versão britânica da Caesar Salad é composta de Caranguejo Dorset, alface de gema do bebê e molho aioli parmesão. O peixe Pollock Cornish Seared com uma cama de cogumelos Portobello e salsa verde é uma ótima opção de prato principal, assim como como o robalo em amêijoas e samphire.

  • 7. Hix

    Rede de restaurantes com seis unidades, é admirada por seu amplo cardápio de carne bovina de origem britânica. Fomos ao principal restaurante de Mark Hix, na Brewer Street, Soho, um sucesso de público desde que abriu, em 2009. Ali, há muitas opções para seguidores da Keto, incluindo filé e lombo de bife, de Glenarm, na Irlanda do Norte. A carne premiada fica por 28 dias em uma câmara de sal do Himalaia, resultando em um sabor incrível. Mark Hix é colecionador de arte contemporânea e todos os restaurantes da rede contam com uma mini-exposição. A filial, localizada no Soho, se parece com as churrascarias de Nova York, com painéis de madeira de carvalho escuro, pisos e banquetas de couro cravejadas, e paredes e teto repletos de peças exclusivas de artistas britânicos como Damien Hirst, Sarah Lucas e Mat Collishaw.

1. Flat Iron

A churrascaria popular cresceu bastante nos últimos sete anos, e desde a sua inauguração, já conta com sete filiais. Nós visitamos o restaurante matriz, no Soho, para um almoço em uma terça-feira, e o lugar estava lotado. O proprietário, Charlie Carroll, fez questão de nos servir um filé da mais alta qualidade. E o melhor de tudo: a preço acessível. Após o sucesso de uma versão pop-up — ou seja, temporária — do restaurante, ele abriu em sede permanente, de três andares. Os preços são razoáveis e a comida, excelente. Os pratos assinados como “Flat Iron Steak” são servidos com salada da casa a £ 11. Os pratos acompanham outros bifes do menu, com carnes menos conhecidas, mas não inferiores na qualidade. O “flat iron”, a omoplata da carne, é extremamente macio e saboroso, e pode ser a refeição ideal para qualquer pessoa em dieta Keto. Para os vegetarianos nessa dieta, a berinjela assada com tomate, manjericão e queijo parmesão é uma ótima opção.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).