Confraria de vinhos de Adolar Hermann, fundador da Decanter, une bons rótulos e ótimas histórias

Divulgação
Divulgação

Adolar Hermann fundou a Decanter Importadora em 1997. Hoje, a companhia oferece um catálogo composto por 120 produtores de 15 países

A paixão de Adolar Leo Hermann pelos vinhos não é de hoje. Há mais de 45 anos, ele adota a prática de beber ao menos uma taça por dia e viaja o mundo para conhecer e apreciar regiões que se dedicam ao setor. Com o tempo, o hobby se transformou em profissão, e levou o entusiasta a cocriar a SBAV (Sociedade Brasileira Amigos do Vinho), em 1980. “Meu contato com a bebida era cada vez mais intenso, e aconteceu de forma natural”, diz o empresário.

Em 1997, ao perceber uma forte demanda no mercado brasileiro por rótulos internacionais, o enófilo decidiu levar o mercado para um outro patamar e, com um pé no empreendedorismo, fundou a Decanter Importadora. Localizada em Blumenau (SC), a companhia oferece um catálogo composto por 120 produtores de 15 países, cujas marcas incluem Luigi Bosca, Las Moras, Ferrari, Pio Cesare, Paul Mas e Rocca Delle Macie. São mais de 3.000 clientes em todo o país, entre restaurantes, bares e varejo, além das 23 lojas Enoteca Decanter distribuídas pelo Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

LEIA MAIS: Alta nos preços faz Grupo Locale adaptar cardápio

“Ao longo da minha trajetória, conheci muitas pessoas que também eram fanáticas por vinho. Por isso, decidi criar uma confraria, para apoiar a enocultura e oferecer informações corretas sobre os produtos”, explica. A sociedade convida, a cada dois meses, sommeliers e jornalistas especializados do setor a se reunirem – inicialmente de forma online – para degustar e trocar impressões sobre os diferentes rótulos. “Nossa ideia é que, futuramente, o projeto seja ampliado para receber clientes e consumidores finais que gostem não só de tomar vinho, mas também de discutir sobre suas características.”

Participamos de um dos encontros virtuais recentemente, com uma degustação de malbecs argentinos, vindos de terroirs do norte ao sul do país. Além da seleção primorosa, que contou com um safra 2018 do já reconhecido Finca Los Nobles Malbec Verdot (R$ 568,10), da Luigi Bosca, e o surpreendente La Linterna Malbec Gualtallary 2013 (R$ 862,90), da Bemberg, entre outros, a degustação teve as divertidas anedotas de Hermann no universo vitivinícola.

Ancorada na cuidadosa seleção dos vinhos e no relacionamento honesto com o cliente, a Decanter conta com o apoio do premiado sommelier Tiago Locatelli. “Temos orgulho do nosso catálogo ser reconhecido como um dos melhores do Brasil, porque dedicamos muito tempo, pesquisa e cuidado para formar o portfólio”, diz Hermann.

Veja na galeria a seguir outros destaques do mundo gastronômico:

  • Black Sushi oferece pétalas de ouro comestíveis em novo combinado

    O japonês Black Sushi lançou um combinado especial de itens selecionados pelo chef Mário Tucillo – incluindo pétalas de ouro 23k comestível. Intitulado “Black Gold”, o menu é composto por 28 peças luxuosas, incluindo foie gras, ovas black, salsa de trufas, vieira e flor de sal. Segundo o restaurante, o objetivo da degustação é ser uma experiência inusitada e digna do metal mais precioso do mundo. Ele é encontrado somente nas plataformas de delivery (Ifood, Rappi e Uber Eats) e sai por R$ 180.

    Divulgação
  • Grupo FIT inaugura Rokkon em São Paulo

    O Rokkon, conhecida casa japonesa em Minas, ganhará um endereço na zona sul de São Paulo a partir do dia 9 de agosto. O investimento de R$ 5 milhões partiu do Grupo FIT, que além da marca também encabeça as operações da The CoffeeShop Nescafé, Bar Aurora e AMATA, entre outros. O restaurante contemplará um prédio de quatro andares e mais de 1.000 metros quadrados, com cozinha capaz de efetuar mais de 20 mil pedidos por mês. Além da novidade, uma possível expansão do Rokkon para Guarulhos (SP) e Confins (BH) também está sendo negociada.

    Divulgação
  • Maremonti apresenta novo chef e estreia cardápio

    Agora sob o comando do estrelado chef Simone Brunelli, a tratoria Maremonti acaba de lançar um novo cardápio. O menu traz com exclusividade as criações do cozinheiro italiano, incluindo as lulinhas com verduras em tempurá (R$ 59), a lasagna alla bolognesa (R$ 68), feita com ragu cozido por horas (ao mesmo estilo das mamas do Piemonte), e o polipo maremonti (R$ 115), polvo puxado no azeite com ervas e guarnecido de batata e cogumelos. A rede já conta com dez unidades na capital paulistana e interior.

    Renato Ayache

Black Sushi oferece pétalas de ouro comestíveis em novo combinado

O japonês Black Sushi lançou um combinado especial de itens selecionados pelo chef Mário Tucillo – incluindo pétalas de ouro 23k comestível. Intitulado “Black Gold”, o menu é composto por 28 peças luxuosas, incluindo foie gras, ovas black, salsa de trufas, vieira e flor de sal. Segundo o restaurante, o objetivo da degustação é ser uma experiência inusitada e digna do metal mais precioso do mundo. Ele é encontrado somente nas plataformas de delivery (Ifood, Rappi e Uber Eats) e sai por R$ 180.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).