Muito além das compras

Shopping Eldorado investe em iniciativas ESG rumo à meta de lixo zero

BrandVoice Shopping Eldorado
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Telhado verde: legumes e verduras sem agrotóxicos, adubados com resíduos orgânicos da praça de alimentação do Shopping Eldorado

Acessibilidade


“Nascemos com o objetivo de alimentar o consumo, sempre repensando nossas ações e mostrando para a sociedade que podemos fazer muito mais além de ser um espaço para compras e entretenimento.” A frase é de Sérgio Nagai, superintendente do Shopping Eldorado, sobre o investimento da empresa em iniciativas ligadas à pauta da sustentabilidade e ESG. Desde 2012, quando deu início a uma série de ações, o Eldorado reduziu quase 85% da destinação de lixo a aterros sanitários.

Terceiro shopping da cidade de São Paulo, inaugurado em 1981, o Eldorado foi pioneiro ao criar, naquele ano de 2012, um dos primeiros telhados verdes da cidade para dar destino a 164 toneladas de lixo orgânico geradas mensalmente em sua praça de alimentação. Com lixeiras de coleta seletiva espalhadas pelos corredores e ilhas de separação na praça de alimentação, o shopping conta com uma equipe que organiza a separação dos materiais recicláveis e orgânicos. Os recicláveis são separados por uma equipe da Cooper Viva Bem e vendidos como forma de renda para 80 famílias da cooperativa. Para resíduos como eletrônicos, pilhas e baterias, disponibiliza um contêiner sinalizado onde todos podem fazer o descarte. Desde 2017, 25 toneladas de e-lixo já foram corretamente descartadas.

O Eldorado produz diariamente cerca de 300 mil litros de água de reúso, totalizando até 9 mil metros cúbicos por mês – 40% de toda a água usada. O tratamento é feito internamente por uma estação que capta o esgoto proveniente do shopping e o trata por meio de um sistema biológico. A água de reúso é utilizada nos vasos sanitários, nas torres de resfriamento do sistema de ar condicionado, na rega dos jardins e na limpeza de pisos.

Outra iniciativa importante é a coleta de óleo de cozinha usado para a produção do sabão utilizado na limpeza de lixeiras, corrimãos e demais áreas com metais inox. O sabão excedente é doado aos funcionários.

Projetos sociais

Há 20 anos, o Eldorado mantém o projeto Feliz Idade para pessoas acima de 55 anos. A iniciativa oferece aulas gratuitas de coral, flauta, cavaquinho, teatro, dança, artesanato, ioga, ginástica funcional, além de caminhada em grupo. As atividades ocorrem todos os dias em horários alternados, e os alunos dispõem de estacionamento gratuito. Além disso, o estabelecimento apoia, desde 2005, o Hospital do Graacc, referência no tratamento de casos de alta complexidade de câncer infantojuvenil.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Prêmios

Em 2014, o telhado verde ganhou o prêmio de sustentabilidade da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers) e, em 2015, o prêmio de Grande Empresa da Federação do Comércio de São Paulo e ICSC Global Awards Latin America. Em 2016, conquistou mais uma vez um prêmio de sustentabilidade da Abrasce com os impactos do projeto na vida dos colaboradores, além dos prêmios ADVB Top de Sustentabilidade e Lide Varejo na categoria Sustentabilidade, em 2017. “São sete prêmios no quesito sustentabilidade que nos mostram que estamos no caminho certo”, completa Nagai.

  • Divulgação

    Terceiro shopping da cidade de São Paulo, inaugurado em 1981, o Eldorado foi pioneiro ao criar um dos primeiros telhados verdes da cidade

  • Divulgação

    Desde 2012, quando deu início a uma série de ações, o Eldorado reduziu quase 85% da destinação de lixo a aterros sanitários

  • Divulgação

    Da horta saem produz legumes e verduras sem agrotóxicos, adubados com resíduos orgânicos da praça de alimentação do Shopping Eldorado

  • Divulgação

    A produção é distribuída entre os funcionários do shopping

  • Divulgação

    Em 2014, o telhado verde ganhou o prêmio de sustentabilidade da Abrasce

Divulgação

Terceiro shopping da cidade de São Paulo, inaugurado em 1981, o Eldorado foi pioneiro ao criar um dos primeiros telhados verdes da cidade

*BrandVoice é de responsabilidade exclusiva dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião da FORBES Brasil e de seus editores.

Telhado verde: legumes e verduras sem agrotóxicos, adubados com resíduos orgânicos da praça de alimentação

Compartilhe esta publicação: