Reserva X: uma nova marca de moda para o metaverso

Para explorar novas tecnologias da Web3, Reserva lança Reserva X e anuncia sua nova coleção de NFTs.

BrandVoice Reserva
Compartilhe esta publicação:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O pica-pau da Reserva ganhou uma versão artsy

Acessibilidade


A Reserva, parte do grupo AR&Co (criado após a fusão com a Arezzo&Co), anunciou sua entrada no metaverso com a Reserva X. Desenvolvida especialmente para experimentação na Web3 – conceito que envolve equilibrar o melhor das duas fases anteriores da internet com base na descentralização –, a nova marca nasce trazendo sua primeira coleção (drop) de NFTs. Nela, o famoso pica-pau da Reserva aparece em versões artsy – um toy-art virtual apelidado de Pistol Bird (ou “pica-pau invocado”, em tradução livre).

De acordo com a empresa, o lançamento ocorre depois de mais de um ano de estudos sobre as possibilidades trazidas por novas tecnologias baseadas em blockchain. No período, também foi possível acompanhar a experiência com ativos virtuais em outros países.

“Para o nosso primeiro drop de NFT, estreitamos laços com a comunidade e abrimos antecipadamente um canal no Discord [aplicativo de bate-papo] com o objetivo de entender e dialogar com esse público, construindo projetos que fizessem sentido para a comunidade e gerassem valor”, diz Pedro Cardoso, diretor de marketing digital e head de UX/UI da Reserva. “Compreendemos o NFT não como um ativo financeiro para especuladores digitais, mas como uma nova forma de vínculo e relacionamento com fãs da marca, tendo o nosso cliente no centro de tudo.”

Criada em parceria com a Lumx Studios, primeira startup brasileira focada em desenvolver experiências no metaverso, a coleção da Reserva X conta com 12 artes divididas em três categorias de acordo com os benefícios embutidos e a raridade. O público poderá conhecer as novidades em duas fases. Na primeira, Drop 1, serão seis artes com 81 NFTs, totalizando 486 tokens, cada um com cinco benefícios. Na segunda fase, Drop 2, entram NFTs com mais benefícios e valor mais elevado.

Os benefícios permitem acesso a oportunidades únicas. Alguns destaques: acesso à coleção Pistol Birds exclusiva para holders, acesso antecipado a collabs e lançamentos, além de ganhar um hoodie com o Pistol Bird do seu NFT. Mais informações podem ser obtidas em: instagram.com/usereservax/.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Reserva X, marca da Reserva para o metaverso

Parte da venda dos NFTs será direcionada à ONG Banco de Alimentos, que há 23 anos combate a fome e o desperdício de alimentos e doa refeições à população em situação de insegurança alimentar e vulnerabilidade social. Parceira de longa data da Reserva, a organização vai receber royalties na venda primária e também na secundária (quando o público negocia entre si os NFTs) e uma doação extra a cada 25% da venda do estoque de NFTs.

A Reserva também fará a compensação de carbono de toda a venda de seus NFTs, em uma operação conjunta com a Moss, empresa certificada que presta esse serviço a quem deseja neutralizar suas emissões.

*BrandVoice é de responsabilidade exclusiva dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião da FORBES Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: