Eletrobras prevê agora privatização até maio de 2022

Antes, a companhia previa mudança ainda no primeiro trimestre.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Pilar Olivares/Reuters
Pilar Olivares/Reuters

Antes, a Eletrobras previa a privatização para o primeiro trimestre de 2022

Acessibilidade


A Eletrobras atualizou o cronograma para a sua capitalização, prevendo agora que a operação de “follow-on” ocorra até maio do próximo ano, apontou hoje (17) o presidente da estatal, Rodrigo Limp.

Antes, a companhia previa para o primeiro trimestre de 2022 a oferta de ações que deverá diluir a participação da União na empresa.

LEIA TAMBÉM: Ministério da Economia piora projeção para PIB e inflação

A atualização, segundo o executivo, ocorreu após decisão de realizar a operação com base nos dados do quarto trimestre de 2021, o que gera um prazo de até 134 dias para que ela ocorra.

Limp pontuou ainda que a empresa deve finalizar em novembro a contratação do sindicato de bancos para estruturação da operação de “follow-on” e de distribuição do volume de ações a ser emitido pela companhia, em meio ao processo de desestatização.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em agosto, o executivo havia ponderado que o cronograma que previa o “follow-on” em fevereiro era “desafiador”. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: