Nubank divulga proposta de open banking e realiza webinar

Sasin Paraksa/ Getty Images
Sasin Paraksa/ Getty Images

Open banking promete fomentar a competitividade do sistema financeiro e reduzir custos de serviços para o consumidor

O Nubank divulgou ontem (6) uma proposta técnica sobre o tema da autorregulação do open banking no Brasil. O documento público é baseado nos aprendizados do Reino Unido, onde o modelo está em fase avançada, detalha sugestões de arquitetura com base nos pilares de competição, autonomia aos clientes e segurança da informação.

O conceito de open banking, onde bancos abrem as informações financeiras para outras instituições com a anuência do usuário, visa fomentar a competitividade do sistema financeiro e reduzir custos de serviços para o consumidor. No Brasil, a primeira das quatro fases de introdução do modelo entra em vigor em novembro deste ano, com conclusão prevista para outubro de 2021.

LEIA MAIS: Cliente poderá “desistir” do open banking se não tiver vantagens

Para discutir o tema, o Nubank também está organizando um webinar, que acontece hoje (7). O evento gratuito realizado com a FData, associação internacional de dados financeiros que advoga pelo open banking, tem a participação de Jonas Abreu, líder de engenharia de software do Nubank, Mariana Cunha e Melo, gerente de políticas públicas da fintech, e Bruno Diniz, diretor da FData na América do Sul. O evento será transmitido no canal do YouTube do Nubank.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram
t.me/forbesinsider

Angelica Mari é jornalista especializada em inovação há 18 anos, com uma década de experiência em redações no Reino Unido e Estados Unidos. Colabora em inglês e português para publicações incluindo a FORBES (Estados Unidos e Brasil), BBC e outros.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).