Conheça o bilionário e fundador da Coupang, a Amazon sul-coreana

Divulgação
Divulgação

IPO nos EUA pode avaliar a gigante do e-commerce em mais de US$ 50 bilhões

A Coupang está se preparando para uma listagem nos EUA que pode levar a avaliação da gigante de e-commerce para mais de US$ 50 bilhões. Mais um marco para o bilionário de 42 anos e fundador da companhia, Bom Kim, que lidera a empresa desde 2010.

Apelidada de “Amazon da Coreia do Sul”, a Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês) da Coupang pode ser a maior listagem de uma empresa estrangeira nos EUA desde a estreia do Alibaba em 2014.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A Coupang cresceu cortando preços e acelerando as entregas de produtos. Mantimentos e mercadorias são entregues no mesmo dia da compra ou com um dia útil de espera, enquanto o Coupang Eats realiza as entregas de refeições e o Coupang Play oferece serviços de streaming de vídeo.

No final de 2018, a companhia levantou US$ 2 bilhões do SoftBank Vision Fund, do bilionário japonês Masayoshi Son. O investimento avaliou a empresa em US$ 9 bilhões, tornando-a a startup mais valiosa da Coréia do Sul. “Não queremos crescer apenas 5% ou 10%, queremos crescer exponencialmente”, disse Kim à Forbes em 2018. Outros investidores de Coupang incluem BlackRock, Sequoia Capital e o investidor bilionário William Ackman.

Kim fundou o Coupang após abandonar a Harvard Business School. “Eu sabia que queria começar algo no comércio [na Coréia]”, afirmou à Forbes em uma entrevista de 2016. Antes disso, Kim, levantou em 2006 US$ 4 milhões para uma revista de ex-alunos de Harvard chamada 02138, que faliu dois anos depois durante a crise financeira de 2008.

A empresa de Kim se destacou entre os e-commerces por focar esforços na Coreia do Sul, enquanto seus rivais, como Amazon e Alibaba, se concentraram em outros países, diz Sandy Shen, diretor de pesquisa de comércio digital da Gartner em Xangai.

O mercado de comércio eletrônico da Coreia do Sul ocupou a posição de sexto maior do mundo em 2019, com receita de US$ 61 bilhões, afirma o site de análises eCommerceDB.

Para crescer em outros países, a Coupang precisaria encontrar mercados sem grandes players consolidados “Se eles fossem para os Estados Unidos, eles encontrariam a Amazon em todo o mercado”, explica Shen.

A Coupang tem escritórios atualmente em Pequim, Xangai, Los Angeles, Seattle e Cingapura, além de sua sede em Seul.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).