5 dicas para conseguir o melhor assento no avião

Getty Images
Não é preciso escolher um lugar na executiva para ter um voo confortável

A maioria das pessoas não gosta de voos longos. Não é difícil entender o motivo: assentos pequenos e desconfortáveis durante muitas e muitas horas. Mas todos os voos têm uns assentos melhores do que outros. E isso não vale somente para os da classe executiva e para os localizados na saída de emergência, variando de acordo com o voo e o avião.

LEIA MAIS: Os 17 maiores incômodos em uma viagem de avião

Veja, na galeria de fotos abaixo, 5 dicas para encontrar o melhor assento possível no avião:

  • 1. Faça uma pesquisa no site “SeatGuru”

    O site é o lugar certo para começar a busca, e, na maioria dos casos, já ajuda em 80% do processo. O “SeatGuru” pergunta o número e o dia do seu voo e disponibiliza uma ferramenta com os assentos do avião indicando os melhores lugares com um código de cores. Cada assento tem uma explicação do porquê teve uma avaliação boa ou ruim. A ferramenta também está disponível como aplicativo para Android e iOS.

  • 2. Mude o dia ou o horário do voo

    Já que o site ajuda a encontrar o melhor assento em um avião, que tal ter alguma flexibilidade? Claro, o assento que você está procurando pode estar disponível em um outro dia, mas também vale pensar se há a possibilidade de viajar em outro avião.

    A maioria das linhas aéreas utiliza o mesmo avião para uma rota ou um horário específico, mas um avião maior ou menor (ou com assentos dispostos de uma forma diferente) pode ser utilizado em um horário diferente ou em um dia diferente. Confira mais detalhes no “SeatGuru” ou no site das companhias aéreas.

    O Boeing 777, por exemplo, pode ter assentos dispostos em 3-4-3 ou em 3-3-3 (com assentos mais largos). Ou seja, o mesmo avião pode ter disposições diferentes no interior.

  • 3. Escolha um lugar na frente ou nas laterais

    A dianteira do avião, o mais longe possível dos motores, é uma parte mais silenciosa do que a traseira. No entanto, os assentos nas laterais, perto das asas do avião, são os mais confortáveis para um voo suave. Em ambos os casos, a diferença não é massiva, mas, se você não gosta de turbulência ou está querendo tirar uma soneca, vale a pena considerar as laterais. Além disso, voos pela manhã têm a tendência de serem mais tranquilos.

  • 4. Leve em consideração o assento da divisória

    A maioria dos aviões tem um pouco mais de espaço para as pernas nos assentos de divisória, ou seja, os primeiros assentos da classe econômica, depois da classe executiva.

    No entanto, vale considerar: a divisória na frente desses assentos, apesar de estar mais longe do que um assento comum estaria, é uma parede. Isso significa que não dá para esticar as pernas. Em alguns casos, esse assento pode ser menos confortável do que um comum. Tem gente que gosta porque dá pra colocar os pés em cima da parede. Pode ser que você não queira, ou que não seja possível, fazer isso com os pés, então tome cuidado.

    Outro detalhe é que a bandeja fica no apoio para o braço, então eles são um pouco mais estreitos do que os outros da classe econômica. Vale lembrar que, às vezes, as linhas aéreas também colocam crianças de colo nesses assentos.

  • 5. Escolha a fileira da saída de emergência

    As fileiras da saída de emergência costumam ter os melhores assentos da classe econômica, mas não para por aí. Em muitos aviões, essa fileira tem mais espaço para as pernas, mas existem algumas ressalvas.

    A maioria das linhas aéreas não permite que você guarde itens pessoas no assento à frente. O lugar da janela tem saliências da porta de emergência no espaço para as pernas. Outra coisa: o assento da janela é sempre mais frio do que as outras partes do avião.

    Também é preciso lembrar que nem todas as fileiras de saída de emergência são iguais. Alguns aviões têm duas fileiras seguidas, em ambos os lados da aeronave. Neste caso, pode ser que não seja possível reclinar o assento da fileira da frente.

    Por último, mas não menos importante: você precisa saber falar a língua nativa da linha aérea para sentar nessas fileiras. Por exemplo: se você estiver voando com a Copa para a América do Sul, é preciso falar espanhol para sentar perto da saída de emergência (por razões de segurança).

1. Faça uma pesquisa no site “SeatGuru”

O site é o lugar certo para começar a busca, e, na maioria dos casos, já ajuda em 80% do processo. O “SeatGuru” pergunta o número e o dia do seu voo e disponibiliza uma ferramenta com os assentos do avião indicando os melhores lugares com um código de cores. Cada assento tem uma explicação do porquê teve uma avaliação boa ou ruim. A ferramenta também está disponível como aplicativo para Android e iOS.

Já está disponível no aplicativo ForbesBrasil a edição 64 com a lista Under30.
Baixe o app na Play Store ou na App Store.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).