Maioria dos brasileiros acredita que epidemia está sem controle e tem medo da Covid-19, mostra Datafolha

Índice de entrevistados que tem essa avaliação cresceu 17 pontos percentuais desde o último levantamento feito em janeiro.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Profissionais de saúde transferem paciente com Covid-19 para leito de UTI em hospital de São Paulo

Acessibilidade


O aumento de casos e mortes pela Covid-19 elevou o medo da doença e 79% dos brasileiros acreditam que a epidemia está fora de controle no país, mostrou pesquisa Datafolha divulgada hoje (19).

De janeiro, quando foi feito o último levantamento, para a pesquisa realizada entre os dias 15 e 16 de março, o índice de entrevistados que tem essa avaliação cresceu 17 pontos percentuais.

LEIA TAMBÉM: Países retomam vacina da AstraZeneca depois de agências dizerem que benefícios superam riscos

Outros 18% responderam que a epidemia no país está “parcialmente controlada”, contra 33% na pesquisa anterior, e apenas 2% responderam que está controlada, ante 3% na sondagem anterior.

O levantamento foi feito por telefone com 2.023 pessoas de todos os Estados do país nos dias 15 e 16 de março e tem margem de erro de 2 pontos percentuais.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O medo de ser contaminado também subiu entre os brasileiros. A pesquisa mostrou que 55% dos entrevistados declarou ter “muito medo” da Covid-19. Em janeiro, eram 44%. Outros 27% dizem ter “um pouco de medo”, eram 33% antes, e 12% dizem não ter medo, contra 16%, enquanto 7% declararam ter tido a doença, mesmo patamar da pesquisa anterior.

Em pesquisa publicada no início desta semana, o Datafolha mostrou também que aumentou entre os brasileiros a crítica à condução do combate à epidemia pelo presidente Jair Bolsonaro. O levantamento mostrou que 54% dos entrevistados consideram o trabalho do presidente na área ruim ou péssimo. Em janeiro, esse índice era de 48%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: