Anvisa autoriza estudo clínico da vacina Covaxin no Brasil

Adnan Abidi/Reuters
Adnan Abidi/Reuters

No final de março, a Anvisa rejeitou um pedido de importação da Covaxin feito pelo Ministério da Saúde

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou hoje (13) a realização de estudo clínico no Brasil da vacina indiana contra Covid-19 Covaxin.

Em comunicado, a agência disse que o pedido de estudo da vacina produzida pelo laboratório Bharat Biothec International Limited foi apresentado pela empresa brasileira Precisa Farmacêutica.

LEIA MAIS: Precisa Medicamentos pede autorização para uso emergencial da Covaxin no Brasil

O estudo de fase 3 – a última antes da autorização para uso – será realizado em 4.500 voluntários no Brasil e prevê a aplicação de duas doses, com 28 dias de intervalo.

No final de março, a Anvisa rejeitou um pedido de importação da Covaxin feito pelo Ministério da Saúde. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).