CEO da Boeing vê impacto duradouro da pandemia de coronavírus no setor

Reuters
Presidente da Boeing disse que a pandemia de coronavírus terá um impacto duradouro na indústria aeroespacial

O presidente-executivo da Boeing, Dave Calhoun, disse hoje (2) que a pandemia de coronavírus terá um impacto duradouro na indústria aeroespacial global, e delineou as etapas para um plano de demissão voluntária de funcionários.

“Vai levar tempo para a indústria aeroespacial se recuperar da crise”, disse Calhoun em um memorando.

LEIA MAIS: Companhias aéreas globais encaram emergência e precisam de resgate urgente, diz IATA

Dave Calhoun acrescentou que a Boeing “precisará equilibrar a oferta e a demanda de acordo com o processo de recuperação da indústria nos próximos anos”.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).