BTS é a boy band mais bem paga do mundo

Reprodução Forbes/Getty Images
O grupo é o único representante do gênero musical k-pop na lista Celebrity 100

Resumo:

  • O supergrupo de pop coreano acumulou US$ 57 milhões em receitas, sem o desconto de impostos;
  • Os integrantes Suga, J-Hope, Jimin, V, RM, Jin e Jungkook se apresentaram duas vezes no Brasil, durante a turnê “Love Yourself: Speak Yourself”, em maio;
  • “BTS World” é a aposta do grupo de k-pop no mercado de jogos para celular.

O supergrupo sul-coreano BTS faz sua estreia na lista Forbes Celebrity 100. Ocupando o 43º lugar, os cantores acumularam US$ 57 milhões em receita bruta. O conjunto formado por sete membros (Suga, J-Hope, Jimin, V, RM, Jin e Jungkook) é a única banda de K-Pop e a única boy band na lista deste ano.

LEIA MAIS: Taylor Swift lidera ranking das Celebridades Mais Bem Pagas do Mundo

Uma grande parcela da renda do grupo vem da gigantesca turnê mundial da trilogia “Love Yourself”, composta pelos discos “Her”, “Tear” e “Answer”, e sua extensão com shows que passaram por estádios.

Após o sucesso da primeira passagem do BTS na América do Norte, Europa e Ásia, as organizações adicionaram novas datas e passaram de arenas para locais maiores. A partir de maio, o novo calendário incluiu dois shows no Soldier Field, no MetLife Stadium e no Rose Bowl. Em 2019, no Brasil, a boy band se apresentou duas vezes no Allianz Parque, em São Paulo. As seis primeiras apresentações da banda nos EUA arrecadaram US$ 44 milhões e venderam pouco menos de 300 mil ingressos, com média de pouco mais de US$ 7 milhões por noite, de acordo com a Billboard Boxscore.

O lançamento de dois longas-metragens dos shows também impulsionou o fluxo de caixa do grupo, em novembro de 2018. “Burn the Stage: the Movie”, registrou US$ 18,5 milhões em todo o mundo, e “BTS World Tour: Love Yourself em Seul”, um filme sobre a turnê mundial, registrou US$ 11,7 milhões em todo o mundo (excluindo a Coreia) a partir de janeiro.

As vendas de músicas impulsionadas pela série de álbuns “Love Yourself” e o mais recente lançamento nº 1 da BTS, “Map of the Soul: Persona”, preenchem os cofres da banda. Os acordos de patrocínio com marcas como Hyundai e Coca Cola também adicionaram milhões.

Em junho deste ano, o grupo revelou seu mais novo empreendimento comercial: o jogo mobile “BTS World, que permite que os fãs gerenciem a carreira da boy band. A aplicativo foi lançado após o período de análise para formular o ranking Celebrity 100, mas alcançou o primeiro lugar nas lojas de aplicativos no mundo todo. Isso é um bom sinal para uma nova presença na lista do próximo ano.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).