Anglo American pede 90 dias para inspecionar vazamento

Empresa afirma que problema em mineroduto entre Minas Gerais e Rio de Janeiro não foi grave.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:

A empresa disse que o vazamento de polpa de minério de ferro não perigosa foi interrompido em oito minutos

Acessibilidade


A Anglo American Plc precisará de cerca de 90 dias para concluir a inspeção em um mineroduto no Brasil que está com as operações suspensas por determinação do Ibama após um vazamento, informou a empresa hoje (03).

LEIA MAIS: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

A Anglo American interrompeu as operações depois que um vazamento foi descoberto em 29 de março em mineroduto que transporta minério de ferro em forma de lama da mina para um terminal de exportação.

A empresa disse que o vazamento de polpa de minério de ferro não perigosa foi interrompido em oito minutos e não causou interrupção no suprimento de água local, além de não ter causado feridos.

Um vazamento prévio levou a Anglo a suspender as operações do mineroduto de 12 a 27 de março que leva o minério da mina e da usina de beneficiamento, em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas (MG) até o Porto do Açu, em São João da Barra (RJ), ao longo de um mineroduto de 529 quilômetros, que atravessa 33 municípios mineiros e fluminenses.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: