Como limpar seu iPhone sem estragar

GettyImages/ NurPhoto / Colaborador
GettyImages/ NurPhoto / Colaborador

Seu iPhone pode ser um local usado como esconderijo para germes, aprenda como limpá-lo adequadamente

Com a maneira como as coisas estão agora, você pode achar que mergulhar seu iPhone em um balde de água sanitária seria a melhor saída. Mas antes de recorrer a táticas extremas, tente este método simples para desinfetar seu iPhone:

Retire seu celular da capa

Eu sei, eu sei, a sua capa única e especial é seu orgulho e alegria, mas provavelmente está tão suja quanto o seu telefone, se não mais. O primeiro passo em qualquer limpeza profunda é remover o iPhone da proteção.

LEIA MAIS: Ministro de Minas e Energia testa positivo para coronavírus

Se você tiver algo mais no seu aparelho, como um Otterbox Defender, consulte o site oficial para um guia de como removê-lo. Tentar retirar o telefone como uma ostra de uma concha resultará na quebra da capa, do iPhone ou de ambos.

Se você tiver adesivos ou algo semelhante, infelizmente não há como removê-los sem destruí-los. Uma limpeza leve será boa (muitas vezes eu toco meu iPhone com as mãos molhadas e não vejo problemas), mas se você estiver sendo especialmente cauteloso, talvez seja necessário mudar para uma capa padrão até que tudo acabe.

Se você tem um protetor de tela instalado, deve reconsiderar também. O espaço entre o vidro e a tela do seu iPhone é o principal território para os germes se esconderem. E até a Otterbox lançar seus novos protetores de vidro Amplify no próximo mês, não há uma boa opção antimicrobiana totalmente em vidro no mercado.

Coloque sua capa de lado quando retirá-la. Lidaremos com isso em uma etapa posterior.

Limpe-o

Antes de desinfetar, pegue um pano especial de microfibra para limpar a superfície do seu iPhone. Não use toalhas de papel. Elas são muito abrasivas. Também não use papel higiênico. Além de deixar toneladas de fiapos, um pacote de papel higiênico vale atualmente mais do que um iPhone Pro Max no eBay.

Ao limpá-lo, verifique se o iPhone não está conectado, pois o lixo se acumula ao redor do cabo de carregamento. E verifique se o pano está seco. Mesmo que seu iPhone seja à prova d’água, adicionar líquido à superfície do iPhone quase certamente resultará em empurrar sujeira para fendas profundas, como a porta de carregamento ou a tela do alto-falante.

Acima de tudo: não use ar comprimido! O ar comprimido irá empurrar tudo para dentro das fendas. E nós definitivamente não precisamos disso.

Limpe-o (mais)

Agora você pode pegar um limpador e realmente trabalhar na limpeza de seu iPhone. Mas não use qualquer limpador à base de aerossol. O mesmo vale para água sanitária ou qualquer tipo de limpador abrasivo. Você pode pensar que o limpador de azulejos do banheiro faz um trabalho incrível de desinfetar o banheiro, e está certo! Mas se você aplicá-lo no seu iPhone, destruirá os revestimentos de superfície e acabará com um dispositivo completamente destruído.

LEIA TAMBÉM: OMS afirma que testes devem ser “espinha dorsal” da resposta ao coronavírus

Em vez disso, use um pacote de lenços com álcool isopropílico a 70% recomendado pela Apple ou lenços desinfetantes Clorox (se você puder encontrar). Use isso para limpar o iPhone e a proteção (se ela for de plástico duro). Tente não deixar o dispositivo ficar muito úmido e, definitivamente, não esfregue em torno de aberturas onde você possa introduzir fiapos ou acúmulo de umidade

Jogue fora a capa de proteção

OK, talvez você não precise jogar fora a sua capa de proteção, mas se ela tiver mais de um mês ou dois, é provável que tenha desenvolvido algum tipo de rachadura e desgaste. E esse é o território principal para vírus desagradáveis ​​se esconderem dos lenços desinfetantes (que é o que você usará para limpar sua capa também).

Se ela for feita de couro ou tecido, não use lenços à base de álcool, eles apenas destruirão a superfície. A Apple recomenda o uso de água limpa e sabão neutro para limpar suavemente a superfície antes de secar com um pano de microfibra. Mesmo assim, é provável que você acabe descolorindo a superfície.

Algo a considerar é que a maioria dos coronavírus não sobrevive mais de duas semanas em uma superfície dura. Portanto, se você estiver realmente preocupado com o fato da sua capa estar abrigando mais do que apenas a sujeira comum do uso diário, retire, limpe e não use de novo até que tudo acabe.

E TAMBÉM: Droga japonesa contra a gripe é “eficaz” contra o coronavírus em ensaios clínicos, dizem autoridades chinesas

Enquanto isso, use uma capa de plástico rígido que possa resistir a lenços desinfetantes. Se você precisar de mais do que apenas proteção básica, as capas Otterbox Defender têm um agente microbiano embutido no plástico que se defende contra muitos germes comuns. Pensando nisso e na limpeza regular, você pode proteger seu telefone sem precisar se preocupar com a propagação de germes.

Repita frequentemente

Assim como lavar as mãos sempre que chega em casa (algo que você deveria fazer), você precisa limpar o iPhone regularmente. É por isso que é importante usar os limpadores certos, porque se você usar algo muito forte, a lavagem frequente acabará danificando o dispositivo que você está tentando desinfetar.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).