Samsung lança novo Galaxy Note para enfrentar Huawei e Apple

Divulgação
Divulgação

O novo Note 20 possui tela maior e conectividade 5G, além de recursos avançados de escrita com a caneta S-Pen

A Samsung Electronics lançou hoje (5) novo modelo do Galaxy Note, na esperança de recuperar terreno contra as rivais Huawei e Apple.

A celular premium anterior da Samsung foi o S20, lançado em fevereiro, mas desde então a companhia perdeu a liderança no mercado de smartphones para a Huawei, já que as pessoas estão optando por aparelhos mais baratos diante da queda da renda causada pelo isolamento social.

LEIA MAIS: Conheça o novo smartphone chinês que bate iPhone e Samsung Galaxy em design

O novo Note 20 possui tela maior e conectividade 5G, além de recursos avançados de escrita com a caneta S-Pen e acesso a mais de 100 jogos de consoles e computador através de uma conexão com serviço de nuvem do Xbox, da Microsoft.

O aparelho começa a ser vendido em 21 de agosto em cerca de 70 países, com a versão básica custando US$ 999, em comparação aos US$ 949 de seu antecessor.

“É um momento incerto para lançar um novo dispositivo premium, considerando os ambientes competitivos e econômicos desafiadores”, disse Paolo Pescatore, analista da PP Foresight Tech. Ele acrescentou que o preço alto pode ser um obstáculo para alguns consumidores.

É pouco provável que usuários da Apple mudem para o novo modelo da Samsung, já que o iPhone 5G será lançado ainda este ano, dizem analistas.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

A Samsung teve queda anual de 29% nas vendas de smartphones no segundo trimestre, a maior retração entre as principais empresas do setor, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado IDC. A Apple, que lançou o iPhone SE no período, teve alta de 11% nas vendas no ano, enquanto a Huawei teve queda de 5%.

O mercado global de smartphones encolheu cerca de 16% em relação ao ano anterior no segundo trimestre devido às medidas de isolamento social e cautela dos consumidores, uma contração maior do que a registrada no primeiro trimestre. Segundo a IDC, uma leve recuperação pode ocorrer neste semestre. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).