Safra lança carteira de ações ESG de empresas nacionais

Thithawat s/GettyImages
Thithawat s/GettyImages

O portfólio conta com oito empresas e tem como objetivo de retorno superar o ISE B3

O Banco Safra lançou neste mês uma carteira de ações orientada por critérios ESG (Ambiental, Social e de Governança, na sigla em inglês) a fim de acompanhar a demanda dos investidores brasileiros por ativos no segmento. Segundo o Safra, o portfólio ESG inclui oito empresas nacionais que dividem igualmente o peso da carteira, todas com potencial de crescimento e que se destacam por critérios como transparência e comportamento estratégico de investimento em práticas sustentáveis.

A nova carteira tem como objetivo de retorno superar o Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3, conhecido como ISE B3. Podem compor a carteira ainda empresas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3), no Índice Carbono Eficiente (ICO2 B3) e no Índice S&P/B3 Brasil ESG.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Dentre as companhias listadas na carteira, duas são do setor financeiro, o Itaú (ITUB4) e o BTG Pactual (BPAC11); uma do varejo, Magazine Luiza (MGLU3); uma de saúde, a Intermedica (GNDI3); uma de petróleo e gás, PetroRio (PRIO3); uma de locação de automóveis, Movida (MOVI3); e duas de utilidades básicas, a Cemig (CMIG4) e a Neoenergia (NEOE3).

A carteira ESG se soma a outros portfólios no mercado de renda variável que já são publicados regularmente pela Safra Corretora, entre eles o de ações, dividendos, BDRs e fundos imobiliários.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).