Governo corta tarifa de importação de videogames e prorroga redução para produtos médicos

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


BRASÍLIA (Reuters) – A Câmara de Comércio Exterior (Camex) cortou tarifas de importação sobre videogames e prorrogou a redução do imposto cobrado sobre uma lista de produtos relacionados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19, informou o Ministério da Economia nesta sexta-feira.

No caso de consoles e máquinas de videogame, a alíquota cairá de 16% para 12%. Os videogames com tela incorporada terão tarifa zerada –hoje são cobrados 16%.

Para a chamada “lista Covid”, as reduções que vigorariam até 30 de junho serão prorrogadas até o fim deste ano. A lista tem insumos para combate à pandemia e agora incluirá mais 13 novos itens farmacêuticos e medicamentos.

“Como resultado, continuará zerada a alíquota de uma ampla lista, composta por 645 produtos, que inclui medicamentos, equipamentos hospitalares, itens de higiene pessoal e outros insumos utilizados no enfrentamento à Covid-19”, disse a pasta.

(Por Bernardo Caram; edição de José de Castro)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: