Modelo de negócio é o principal critério para investimentos em startup

Pesquisa do CapTable aponta falta de informação como entrave para que investidores aportem .

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:

Para 77,77% dos investidores é extremamente importante ou muito importante poder participar e ajudar as startups que investem (Crédito: Getty Images)

Acessibilidade


Dentre os elementos relevantes na hora de decidir por investir em uma startup, modelo de negócio é o mais importante. A constatação é do estudo “Perfil do Investidor em Startups 2021”, realizado pelo CapTable, hub de investimento em startups. De acordo com o levantamento, 88% dos investidores participantes apontam que conhecer a estrutura em detalhes do negócio é fato preponderante na tomada de decisão.

“O empreendedor precisa mostrar, mais do que nunca, que seu negócio tem um modelo que funciona e que é inovador para o mercado. Os investidores estão dispostos a investir, mas precisam sentir firmeza no modelo de negócio da startup. Traçar planos e metas dentro da realidade fazem toda a diferença na hora do investidor decidir ou não aportar seu capital naquele negócio”, explica Guilherme Enck, cofundador da CapTable.

LEIA TAMBÉM:  Investimento em startups brasileiras já é três vezes maior que em 2020

Os dados da pesquisa, coletados em novembro deste ano, se propõem a entender melhor o que influencia a tomada de decisão de cada investidor que tem startups como uma das variedades na sua carteira de investimentos. Para 77,77% dos investidores é extremamente importante ou muito importante poder participar e ajudar as startups que investem. Quando a pergunta é sobre dúvida e receios ao investir, 55,2% destacam falta de informação seguido por startup pouco qualificada, 45%, risco de perder capital, 42% e falta de liquidez, 39%.

Compartilhe esta publicação: