Bosch e Basf criam joint venture global para a agricultura digital

Chamada de Bosch Basf Smart Farming, a nova unidade reúne tecnologias agronômicas com as soluções de inteligência artificial .

Redação
Compartilhe esta publicação:
lamyai/Gettyimages
lamyai/Gettyimages

Cultivo da soja é um dos principais alvos das tecnologias destinadas às fazendas inteligentes

Acessibilidade


A joint venture entre a Bosch e a Basf Digital Farming, para distribuir e comercializar globalmente tecnologias agrícolas inteligentes, recebeu a aprovação de todas as autoridades de controle de fusões relevantes. Denominada BBSF (Bosch Basf Smart Farming), o anúncio do alcance global das operações foi realizado hoje (29). No ano passado, apenas a divisão de soluções para agricultura da Basf, uma das maiores multinacionais químicas do mundo, faturou € 7,7 bilhões. No grupo Bosch, voltado para IoT (Internet das coisas, tecnologias e serviços), a receita total foi de € 71,5 bilhões.

Com sede em Colônia, na Alemanha, e com participação paritária entre Bosch e Basf, a BBSF passa a ter como diretores executivos Florian Gwosdz e Silvia Cifre Wibrow, respectivamente. “Atingimos outro marco importante com a aprovação da joint venture pelas autoridades de controle de fusões, além de um progresso considerável nos últimos meses. Construímos a nova empresa juntos, montamos a nova equipe e continuamos testando nossos produtos com sucesso em nossos clientes, usando maquinários de diferentes fabricantes e sob condições climáticas e regiões distintas”, diz Gwosdz.

LEIA TAMBÉM: Açaí Concept faz parceria com aceleradora de franquias para expandir os negócios da fruta

Entre as tecnologias que já fazem parte do pacote está, por exemplo, uma plataforma digital de plantio inteligente (smart planting solution) disponível no Brasil e Argentina, chamada xarvio e de domínio da Basf. Outra ferramenta é uma solução de pulverização inteligente (smart spraying), já reunindo as tecnologias das duas empresas, que está sendo desenvolvida e testada para os mercados da América do Norte, América do Sul e Europa, inicialmente.

A tecnologia se destina ao manejo automatizado de plantas daninhas em tempo real e somente onde necessário, na qual sensores de câmera de alta tecnologia e software da Bosch e unem à inteligência agronômica da xarvio. “A capacidade única do smart spraying de visualizar, decidir e pulverizar, orientado por inteligência agronômica, contribui para a sustentabilidade ambiental e do negócio dos agricultores”, diz Silvia. O pré-lançamento de smart spraying está previsto até o final deste ano.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: