Agrivalle e Ecoagro anunciam CRA para Goplan no valor de R$ 47 milhões

Parceria visa ampliar acesso ao crédito para a aquisição de bioinsumos destinados ao manejo de pragas nas lavouras.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Gettyimages_Zhangyuangeng
Gettyimages_Zhangyuangeng

Bioinsumos podem ser compostos por fungos, entre eles o Beauveria bassiana, que na foto acima ataca um inseto

Acessibilidade


Em parceria, a Agrivalle, empresa do segmento de bioinsumos que nasceu da fusão da Supra Fertilizantes e da Agri Haus, juntamente com a Ecoagro, companhia que estrutura operações financeiras entre o agronegócio e o mercado de capitais, anunciaram hoje (1) que estão colocando recursos na franqueadora Goplan Agronegócio, sediada em Campinas (SP). Fundada em 2020, ela oferece assessoria na construção de operações de barter, com um portfólio voltado a soluções nas áreas de nutrição, produtos químicos e biológicos.  

Por meio da emissão de um CRA (Cédula de Recebíveis do Agronegócio), com valor de R$ 47 milhões, os clientes da Goplan passarão a ter acesso a uma linha de crédito para aquisição de produtos produzidos  pela Agrivalle. “Essa parceria vem ao encontro dos anseios estratégicos da Goplan no que tange ao crescimento da linha de bioinsumos e de práticas sustentáveis”, diz Carlos Renato Brega, CEO da Goplan. “A Agrivalle é uma empresa reconhecida no mercado pela qualidade de seus produtos e serviços prestados por sua equipe de venda, especialmente na sua linha de biológicos.”

LEIA TAMBÉM: Novos consumidores: excedente da safra de arroz vai bem no prato do porco e do frango

Atualmente, a Agrivalle possui mais de 700 cepas próprias que lhe permitem a criação de soluções para ativação, proteção, potencialização da cultura e de regeneração do solo a mercados nacionais e internacionais. Entre eles fungos, como a Beauveria bassiana, habitante de solos em todo o mundo e um dos mais eficientes inseticidas biológicos no controle de diversas pragas. Já a franqueadora beneficiada conta com 21 revendas que atendem cerca de 60 milhões de hectares nas regiões Sudeste, Centro-Oeste, Norte e Nordeste.

Divulgação

Danilo_Brigatti, um dos diretores da Agrivalle, diz que a empresa está preparada para crescer

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O mercado de bioinsumos, defensivos agrícolas biológicos e bioinoculantes, tem potencial para chegar a US$ 2 bilhões em 2025,  representando cerca de 20% dos produtos utilizados na proteção de cultivos.  A Agrivalle, que tem sede em Salto (SP), foi comprada em 202o pela Tarpon Capital, gestora de capital aberto, com investimento inicial da ordem de R$ 160 milhões, na época o maior aporte realizado no país no segmento de bioinsumos. “A Agrivalle tem como ambição se tornar nos próximos anos a plataforma de bioinsumos mais valiosa do mundo, agregando a nossos clientes soluções transformadoras e sustentáveis para uma vida melhor”, acredita Danilo Brigatti, diretor comercial da empresa.  

“Para a Ecoagro foi um privilégio poder estruturar a primeira operação de CRA da Goplan, em parceria com a Agrivalle, reforçando o nosso compromisso de democratizar o acesso ao crédito e levar o conceito de uma agricultura sustentável ao campo”, comenta Milton Menten, sócio executivo da Ecoagro e um dos responsáveis pela emissão do CRA.

Compartilhe esta publicação: